Rating: ★★★★★ “1841. Solomon Northup (Chiwetel Ejiofor) é um escravo liberto, que vive em paz ao lado da esposa e filhos. Um dia, após aceitar um trabalho que o leva a outra cidade, ele é sequestrado e acorrentado. Vendido como se fosse um escravo, Solomon precisa superar humilhações físicas e emocionais para sobreviver. Ao longo de doze anos ele passa por dois senhores, Ford (Benedict Cumberbatch) e Edwin Epps (Michael Fassbender), que, cada um à sua maneira, exploram seus serviços.”

Não sei se foi a TPM ou se foi o filme, mas como eu chorei. Com cenas fortes de tortura, “12 anos” faz pensar, sofrer e sentir com Solomon cada dificuldade e momento ruim que ele passou. Imagine você, na sua vida normal e do nada ser um escravo? Situação terrível e triste demais pra acreditar que foi real. Só me fez pensar em como o ser humano é um bicho tão pequeno, mesquinho e babaca. Já sabia, mas vendo tanto sofrimento e pensando que aquilo não é nem metade do que encontramos até hoje, dá meio que nojo da raça humana. Só eu fiquei assim?

Fora isso, a trilha, as atuações, tudo lindo. Lupita, te amamos. Um filme que faz sentir tantas coisas, não poderia ter sido desprezado mesmo.

Sinopse do Adoro Cinema.

Você também pode gostar desses

2 Comments on 12 Anos de Escravidão

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *