Lenda das Bruxas

Como expliquei no post de quinta-feira, resolvi criar uma tag que tivesse mais conteúdo aqui no blog, e decidi criar a “Semana em Série”, falando durante uma semana sobre algum assunto. Esta semana escolhi o tema BRUXAS, por estarmos em outubro, o mês dessas criaturas tão mistificadas.

Introdução

A palavra bruxa vem do sâncrito e significa “mulher sábia”. Uma das teorias do “surgimento” das bruxas, vem da idade média, quando qualquer mulher que conseguisse poder passava a ser considerada bruxa. Elas também conheciam as ervas e onde deviam ser empregadas, e utilizavam este conhecimento nos vilarejos onde moravam. Porém com a chegada do Cristianismo e com a sociedade se tornando patriarcal, a mulher foi colocada em segundo plano tendo que se tornar cada vez mais submissa. Algumas mulheres se rebelaram e começaram a lutar para conseguir reconhecimento, incomodando o poder religioso. Assim bastava uma mulher acordar mais tarde que o marido já a acusava de estar sonhando com demônios, e chamava-a de bruxa.
A segunda teoria vem dos tempos neolíticos, quando eram realizados rituais simbólicos. Desenhos em pedras mostram adoração as Deusas da fertilidade dos povos primitivos. E não há sinais de rituais que envolviam sacrifício, como é observado na cidade suméria de Ur, onde cortejos acompanhavam o rei para a morte, mas estes relatos já são do tempo patriarcal.

A Lenda

Dizem que quando um casal tem sete filhas (sem que haja algum menino nascido entre elas) a primeira ou a última será uma bruxa. Para evitar isso a primeira deve ser madrinha da última, quando esta for batizada.
Dizem que bruxas tem pacto com o demônio, lançam mau-olhado, acarretam enfermidades etc. Costumam transformar-se em mariposas e penetram nas casas pelo buraco da fechadura. Tem por hábito chupar o sangue das crianças ou mesmo de pessoas adultas, fazendo-as adormecer profundamente. A marca do chupão deixado na pele, chama o vulgo de “melancolia”.

Fonte: JBruxas e Rosane Volpatto

Você também pode gostar desses

7 Comments on As Lendas e As Bruxas

  1. Nossa , nossa! Eu conheci uma parte dessa história na graduação de Enfermagem , já que todo e qualquer conhecimento médico era privativo da nobreza masculina e qualquer mulher que conhecesse um pouquinho era nomeada de bruxa. Mesmo as parteiras , sabia? Eram chamadas bruxas as primeiras.. hahaa
    No livro da Inquisição , Index , tem um tópico que fala que a mulher é inferior por procriar e menstruar. Absurdo. Já que eram inferiores ,logo nao tinham direito a qualquer que fosse o conhecimento que escapava ao que a Igreja considerasse seguro.
    Muito legal sua idéia! Continue , por favor!
    Beijinho

  2. Noooossa, minha mae tem 5 irmas e UM irmao!!! foi quase! q pena hahahaha pior q a minha mae eh a + nova, poxa, queria ser filha de bruxa rsrs

  3. Aloha!

    Li a série inteira de trás pra frente, hehehe!
    Adorei sua ideia de escrever sobre Bruxas, até porque ainda há muita gente (inclusive na net) que ainda tem preconceito conosco…
    Parabéns!

    Aloha!

  4. Ou seja, nada passa de machismo a um nível tal de maluquice que inventaram as Bruxas para os homens sempre serem os maiorais… Afff!
    Sorte que hoje as mulheres tem voz ativa e quereres!!!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *