Princesa Weiyoung

A História

Este dorama chinês é uma história de época que fala obre vingança. Li Weiyoung (Tiffany Tang) nasceu como a princesa Feng Xin Er, a filha do rei de Liang Anterior. No entanto, o pai de Xin Er, um leal súdito da dinastia Wei, é acusado falsamente de traição e assassinato pelo maligno general Chiyun e por Li Minfeng. A família e o reino Xin Er são aniquilados. Escapando com vida, mas agora órfã, Xin Er acidentalmente entra no território inimigo. Lá, ela é salva por Li Weiyoung, a filha do primeiro-ministro da Dinastia Wei que, embora seja nobre, é obrigada pela família a viver no interior por ter nascido num dia de azar. O que Xin Er não sabe é que salvadora dela também é meia-irmã de Li Mingfeng. Cheia de ódio pelo inimigo que destruiu a casa dela, Xin Er assume a identidade de Li Weiyoung depois que ela é assassinada.

Agora como Weiyoung, ela acaba aprendendo a canalizar o ódio contra quem merece e se torna uma pessoa gentil. É exatamente a inteligência e a humanidade dela que atraem dois homens muito diferentes. Tuoba Jun (Luo Jin) é o amado, bem-educado e gentil príncipe, que é o favorito de todos, inclusive do rei, e que se apaixona por Weiyoung. E competindo com ele está seu tio, Tuoba Yu (Vanness Wu), o frio, ameaçador e emocionalmente assustador príncipe que quer governar o império, e vê a inteligente Weiyoung como ferramenta para isso e o sobrinho como rival. Weiyoung, no entanto, só pensa em uma coisa: ela não conseguiu salvar o povo dela. Entre planos destes dois homens e vivendo em território inimigo, será que Weiyoung conseguirá vingar a família dela?

A história é baseada no romance The Bastard Daughter is Poisonous de Qin Jian e foi ao ar na Dragon TV e Beijing TV em 11 de novembro de 2016, e tem 52 episódios.

Princesa Weiyoung

Sobre o dorama

No começo foi bem estranho pra mim assisti algo em chinês, pois parecia que todas as cenas eram dubladas e a sincronia estava toda errada, mas com o tempo fui acostumando. Também demorei um pouco para guardar o rosto dos personagens, mas como a série é bem longa, isso se resolveu lá pelo episódio 10.

No geral a história é boa e faz você querer saber o que irá acontecer com Xin Er, mesmo a abertura monstruosa de 3 minutos te mostrando flashes da temporada toda e você tendo uma ideia de tudo. Apesar disso achei que por ter mais de cinquenta episódios algumas situações poderiam muito bem ser cortadas. A coitada da Xin Er cai em tantas armações que começa a cansar de ver ela se safando de todas, se tivessem deixado 30 episódios e algumas armações a menos acho que tudo teria sido mais agradável.

Princesa Weiyoung

O dorama conta com muitas intrigas, pois se passa no palácio e com os familiares do imperador, o que sempre gera uma treta básica se levarmos em consideração outros do tipo, já que tem toda a coisa de linhagem e quem vai substituí-lo, então é um puxando o tapete do outro a todo momento e Xin Er no meio do fogo cruzado pensando na vingança dela.

Alguns efeitos especiais bem fraquinhos e umas perucas mal colocadas chegaram a me incomodar, mas os figurinos eram tão, mas tão deslumbrantes que esqueci tudo isso e me joguei com tudo nos episódios e devorei até que bem rápido todos. A trilha não deixa a desejar e as músicas tem letras bem lindas.

Princesa Weiyoung

Um ponto que gostei muito é que em várias ocasiões achei que alguns segredos seriam apenas revelados no fim da história, ou iriam fazer acontecer algo específico, e fui totalmente surpreendida! Nada facilmente previsível e muitas reviravoltas. Indicado pra quem tem paciência pra ver tanto episódio, curte um visual bonito e um romance desses bem legais.

Princesa Weiyoung

Você também pode gostar desses

2 Comments on Assistir: Princesa Weiyoung (2016)

  1. Guria, mais um pra lista de doramas para eu mooooorreeeeer assistindo! No momento estou terminando o Ice Fantasy (chinês também). São 62 episódios. Apesar de tudo a história não é arrastada, tem vários arcos interessantes. Coisas em comum: abertura gigante, efeitos especiais meio bizarros,perucas mal colocadas…e figurinos lindos 😀 Sério, vontade de desenhar todo mundo. Terminando esse já sei a próxima maratona a encarar, hehe. Bjs!

    • “Coisas em comum: abertura gigante, efeitos especiais meio bizarros,perucas mal colocadas” uahauhaua
      Eu to desanimada de ver Chineses, demora mtooooo!!!! ahuahauhau e me consome a vida

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *