Esse é mais um dos temas difíceis de se escrever que passam pelo Rotaroots. É muito fácil falar aquilo que sua mãe falou e você fez, mas esse eu acho complicado. Vamos coçar a memória e tentar tirar algo?

eu_bebe

“Para de estudar”
Lembro de quando eu estava no cursinho, eu coloquei na cabeça que tinha que estudar 10h por dia. Ficava na secretaria da escola da minha mãe resolvendo problemas e mais problemas de física e matemática, fazia resumos e resolvia provas. Minha mãe chegava em alguns dias e falava “para de estudar um pouco vai”, e muitas vezes eu não parava, até terminar um determinado exercício, muitas vezes continuava em casa.

“Come sim!”
Depois que saí de casa, alguns hábitos alimentares meus mudaram e por incrível que pareça pra melhor, por exemplo, não costumava beber muita água, hoje já cumpro os 2 litros diários. Mas uma coisa que diminuiu muito, foram os doces. Minha mãe é uma formiguinha em forma de pessoa, vira e mexe arremessa um bombom, uma bala de goma pra gente lá em casa. Confesso que em algumas vezes eu como, mas hoje em dia reduzi muito a quantidade de doces.

“Compra sim!”
As vezes vejo coisas legais em lojas e não compro, mas quando estou com minha mãe ela fica “compra vai, leva!”, aí está mais uma coisa que não faço: não compro. Passo vontade mesmo, porque o mundo de hoje é feito pra gente querer comprar tudo, o segredo está em não comprar e guardar. Não ser muquirana, mas saber ter um equilíbrio.

Acho que essas são as que consegui lembrar, porque o casaco e o guarda-chuva eu sempre carrego, realmente é sábio carregar essas coisas =D. Cozinhar eu me viro muito bem e a casa está sempre limpinha.

Você também pode gostar desses

1 Comment on BC: Conselhos que minha mãe me deu e eu nunca segui

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *