Leituras

Aquele livro de cabeceira, o mangá que coleciono ou o quadrinho que resolvi ler.

Livro- “Introdução a História do Design”

Como já postei por aqui, esse ano é meu ano do TCC, terror na vida de muuuuita gente. Bem, por causa disso estou lendo mais livros sobre o assunto do que eu lia, e um dos primeiros desse ano foi o Introdução a História do Design de Rafael Cardoso Denis, e posso dizer que gostei bastante do livro. Ele conta de forma geral de onde vem o design e como ele foi evoluindo, não só na área de produtos, mas também na área de visual, algumas citações sobre moda e publicidade. O que achei bem confuso é que ele vai pra 1960, volta pra 1920 e vai pra 60 de novo… fiquei bem confusa com as datas, já que ele não segue uma linearidade exata. Tive que ficar la pensando onde ele estava, se voltou se estava pra frente, mas tirando essa confusão o livro no geral é bom. Concordo com algumas idéias dele e acho que vale bem a pena pra quem está começando a fazer o curso, dar uma lida nesse livro. A leitura é fácil e ele é rapidinho de se ler!

HQ: Origem – Wolverine

Depois que eu descobri pelo Twitter do @izzynobre que o Wolverine, meu personagem predileto dos X-Men, não se chama nem Wolverine, nem muito menos Logan eu entrei em desespero pra descobrir qual o nome dele. Felizmente tenho professores que conhecem minhas “paixões nerds” e um deles, @darwinmotta, um cara super gente fina, me emprestou a série de 3 HQs da origem do Wolverine. Claro que eu tive que comê-las em poucos instantes.


A história é mais contada pela visão da garota Rose, que vai trabalhar na casa dos Howlett com 12 anos para fazer companhia a Jack, filho de um rico empresário. Lá eles crescem e vêem como tudo ao redor deles também vai mudando, e pra pior. Ela conta como Jack Howlett era quando criança, sempre doente e impossibilitado de fazer várias coisas, como sua mãe era sempre distante e como cresceu até descobrir seus dons e a verdade sobre Thomas Logan.

Os desenhos são bem suaves, se eu comparar com a série X-Men que eu estava colecionando e que tinha traços mais pesados e sombras bem escuras, uma das poucas HQs que resolvi comprar e começar a colecionar. As perspectivas e ângulos são muito bons assim como a coloração que também dá um show de leveza.

Agora eu sei que a história de garras de osso é sim verdade. Pra quem ficou gritando quando saiu o filme, sim minha gente, não é mentira e não adianta xingar o diretor.

Ótimo quadrinho!

Livro: Princesa Para Sempre – Meg Cabot

“Finalmente Mia chegou ao último ano do ensino médio. Agora, é entregar seu trabalho final, escolher em qual universidade ela vai estudar, e decidir como será seu futuro com o perfeito J.P. Mas quando Michael, seu ex-namorado, volta à Nova York — agora rico, bem-sucedido e mais lindo do que nunca —, ela terá que decidir com quem está seu coração… Será que a princesa vai conseguir o seu “felizes para sempre”?”

E lá se vai mais uma coleção de livros que eu adorei ler. E vou comprar todos pra reler. Afinal eu devorei esses livros, posso dizer que esta foi a coleção que li mais rápido, quase um livro por dia. Não dá vontade de parar!

No último livro Mia está mais madura, e isso nota-se pelas “encafifações” dela que se tormam menos bobas. Elaagora pensa diferente e age diferente também, e é bem divertido ver como ela cresceu dos outros livros pra esse. Agora ela tem que decidir em qual universidade entrar, como irá divulgar seu livro, e com qual namorado vai ficar, o atual ou o seu ex. Sempre com situações hilárias, divertidas e apaixonantes! Meg Cabot Rules!

Resenha e venda na Saraiva

Redes sociais diferentes

Três coisas que eu adoro e que me fazem ficar longe da TV aberta: livros, filmes e séries. Mas não tem quem não goste de um bom filme debaixo das cobertas em um dia de chuva, uma leitura ao pôr do sol em uma rede ou uma série de tirar o fôlego no lugar da novela. Duvida? Então você pode arrumar amigos interessados nessas mesmas coisas que você gosta, utilizando de redes sociais que te conectam por meio de gostos em comum.

Já há algum tempo eu havia postado sobre o Skoob (ambigrama de bookS), um site sobre livros, onde você marca os livros que quer ler, que já leu, os que já tem e os que quer ganhar. Além disso é possível fazer uma resenha sobre o livro o que é bem interessante já que muitas vezes que fui ler um livro recorri ao Skoob pra ver o que o pessoal falava sobre ele. Eu já tenho 82 livros lidos and UP!

Mas se você acha que sua vida é mais um filme do que um livro de 500 páginas, que tal entrar no Filmow? Lá a gente pode fazer as mesmas coisas do Skoob, mas com filmes. Aí marca-se os que já viu, os que quer ver, os que nem quer ver, os favoritos, quantas vezes já assistiu… tudo pra cinéfilo nenhum colocar defeito! E o melhor é que a interface é prática, fácil de usar e rapidinho você já está cheio de filmes na sua lista. Como vocês podem notar no meu perfil, em um dia já adicionei mais de 650 filmes vistos, e olha que eu fiz hoje minha conta…

Mas se você, além de um bom filme, não larga as séries… tem um site que é pra você: Orangotag. Nele você marca, não só as séries, mas os episódios que você já viu. Pode comentar sobre eles, descobrir a ordem de episódios e ler sinopses. Eu não tenho muitas, mas ainda vou lembrar de tudo que já assisti!

Mas o mais divertido dessas redes sociais é que em todas elas é mostrado o grau de compatibilidade que você e a outra pessoa tem, ou seja, os gostos batem ou não? Assim você pode, ou descobrir coisas novas com quem tem o gosto pouco parecido ou descobrir amigos que curtem o que você curte.
Essas redes são bem velhinhas, levando em consideração o tempo que as coisas levam pra se espalhar pela rede de computadores, mas por incrível que pareça eu não conhecia as duas últimas. Adora só me falta achar um site que eu possa dividir meus gostos de doramas!