A partir do dia 07 de agosto fica proibido o fumo em lugares fechados no estado de São Paulo. E sabe o que EU tenho a dizer? OBRIGADA!

Todo mundo sabe que o cigarro faz mal, não apenas para o fumande ativo, mas como pessoas como eu, que fumam passivamente. Eu tenho bronquite e asma e não pedi pra nascer com elas, por isso quando alguém acende um cigarro perto de mim minha primeira reação é sair correndo. Primeiro que sinto uma queimação enorme no peito, e segundo, ODEIO feder a cigarro, sim feder, porque aquilo não cheira bem e nem nunca cheirou.

O problema é que nem todas as pessoas do mundo tem consciência que quem não fuma não quer aquele cheiro na roupa e nem ferrar a sua vida com aquilo. Já diria Danilo Gentili: “a fumaça do cigarro é praticamente um estupro, mas no estado gasoso”. E tem fumantes que ainda acham que tem razão (caso de minhas tias por exemplo), e que EU sou a fresca. Se elas não sentem cheiro, o que eu posso fazer? Meu nariz continua sentindo cheiros, minha língua tem o paladar de sempre e quero que eles continuem assim, sem serem queimados e derretidos, mas também quero liberdade pra não sentir o cheiro de quem fuma. Por que eles impõe o fedor à nós que não fumamos e nós não podemos impor a eles que não fumem? Acho que eu tenho mais razões, já que minha “não-fumaça” não mata ninguém, não faz ninguém ficar impotente…

No site da Lei Antifumo, tem informações sobre os lugares que o fumo será o permitido(ruas, calçadas, lugares abertos) e proibido. Espero que esta lei se estenda por todo país, assim poderei frequentar lugares legais, sem sair no meio passando mal.

E pra descontrair…

Você também pode gostar desses

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *