Diário de Anne FrankAnne Frank

Se ele é não-ficcional seria baseado em fatos reais, né? Bem, acho que um dos poucos que li assim e que gostei foi o “Diário de Anne Frank”.

“12 de junho de 1942 – 1° de agosto de 1944. Ao longo deste período, a jovem Anne Frank escreveu em seu diário toda a tensão que a família Frank sofreu durante a Segunda Guerra Mundial. Ao fim de muitos dias de silêncio e medo aterrorizante, eles foram descobertos pelos nazistas e deportados para campos de concentração. Anne inicialmente segui para Auschwitz e mais tarde para Bergen-belsen.”

Esconderijo Anne Frank
Entrada do esconderijo da Anne Frank

Pra quem não conhece, Anne Frank era uma judia em plena 2ª Guerra Mundial, que se escondeu junto com sua família em um sótão durante todo o tempo que escreveu no seu diário para fugir dos nazistas. A família de Anne sobrevivia com ajuda do patrão do pai dela, que mandava o que podia de suprimentos para eles.

A narrativa dela é a visão de uma menina de toda a situação, mas podemos sentir o medo deles enquanto lemos. Realmente uma história muito triste.

Você também pode gostar desses

16 Comments on Dia 14 – Um livro não-ficcional

  1. já li este livro, muito bom, me emocionei no final. Adoro histórias que se passam na 2° guerra mundial.
    não tinha visto essa foto da entrada do esconerijo.
    bjo

    • @Paloma,

      Mais uma viciada em Guerras. hahaha eu também sou chegada em história de guerras, são tristes, mas sempre mostram alguma mensagem bonita!

  2. Ameii o novo visual!!! Liindo!

    O diário de Anne Frank é um dos meus livros favoritos. Anne era uma ótima escritora, e muito sábia tb. Fiquei impressionada com a facilidade que ela tinha, em descrever seus sentimentos.

  3. Oii mii .. eu ando trabalhando dmais por isso nao tenho comentado tanto em blogs , mas obviamente q nao esqueci de ngm e visito qdo posso !

    eu qro mtoo ler um livro mas ultimamente esta dificil , esse nunca li… quem sabe ! bjoo

  4. Não tinha ouvido falar sobre esse livro não. Apesar que nos ultimos tempos, só tenho lido livro da literatura que estudo. Sem tempo algum =/ Mas gostei da dica, qdo tiver um tempo quem sabe não leio? rs
    Beijos

    • @Millena,

      Tem versão com censura e sem. O pai da Anne proibiu a publicação de algumas partes quando lançaram as primeiras versões. Parece que ela implicava com a mãe, algo assim. Nunca li, mas procure esse ^.^

      =*

  5. Sou uma pessoa que fica tão triste com os fatos que aconteceram nessa época que não vejo filme nem livros sobre o assunto, acredita?
    Mas parece ser interessante!

  6. Ai, eu sou louca pra ler esse livro… minha visinha comprou e já leu, mas não consigo emprestar, sempre vai alguém e empresta na minha frente.
    Parece ser muito emocionante mesmo!

    bjoo
    ;**

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *