Eu quando era pequena tinha meu brinquedo predileto: minha caixa de LEGO(que amo, e tenho até hoje). Ele permite que você monte o que quizer e com ele eu e meu irmão viajávamos o mundo, explorando o fundo do mar, voando pelos continentes ou apenas abrindo um negócio próprio. Eu acho que é um brinquedo que estimula demais a criatividade, e eu acho que muito do que faço hoje deve ter frutos aí. 

Em 1916 um mestre carpinteiro dinamarquês chamado Ole Kirk Christiansen adquiriu uma loja de artigos de madeira. Em 24 sua oficina se incendeia, acidente causado por seus dois filhos, mas ele vê ai a oportunidade de ampliar sua oficina. Logo depois veio a Crise de 29 e para cortar gastos, ele começou a produzir seus produtos em escala menor, a partir daí ele se inspirou em produzir brinquedos, e em 1932 os brinquedos de madeira começaram a sermanufaturados e comercializados por Ole Kirk, entre os brinquedos estavam carrinhos de puxar, cofrinhos de porquinho, carrinhos e caminhões. Só em meados dos anos 50 que nossas amadas peçinhas de montar surgiram! 
Alguns nomes que Ole Kirk considerava possíveis para o nome da marca: Legio (no sentido de uma “legião” de brinquedos) e Lego, uma expressão criada a partir da frase em dinamarquês leg godt, com o significado de “brincar bem”. 

O fotógrafo Mike Stimpson é um cara que é viciadinho em Lego, e curte tirar fotos recriando cenas famosas em Lego. Para visitar o Flickr do rapaz, clique aqui

Você também pode gostar desses

0 comment on LEGO

  1. nossa, fui viciadinha em Lego também! guardo minha caixa ainda, bem cheinha, no momento ela tá dando uma bandan pela casa da minha vó, que dá pros meus priminhos quando vão lá (e, pegando a caixa, deixam de pentelhar ela um pouco iuheuiheuiheiu) Adorei o post, vou falar de Lego lá no meu também *-* bjs flor :*

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *