A Dança dos Dragões

Ilustração da capa do livro, onde um dração enorme e negro encara a pequena Daenerys em meio a um mar de pessoas que assiste da arquibancada

Sinopse

O Norte jaz devastado e num completo vazio de poder. A Patrulha da Noite, abalada pelas perdas sofridas para lá da Muralha e com uma grande falta de homens, está nas mãos de Jon Snow, que tenta afirmar-se no comando tomando decisões difíceis respeitantes ao autoritário Rei Stannis, aos selvagens e aos próprios homens que comanda. Para lá da Muralha, a viagem de Bran prossegue. Mas outras viagens convergem para a Baía dos Escravos, onde as cidades dos esclavagistas sangram e Daenerys Targaryen descobre que é mais fácil conquistar uma cidade que substituir de um dia para o outro todo um sistema político e económico. Conseguirá ela enfrentar as intrigas e ódios que se avolumam enquanto os seus dragões crescem para se tornarem nas criaturas temíveis que um dia conquistarão os Sete Reinos?

Sou de câncer, sou dramática

Eu já havia lido os outros volumes d’As Crônicas de Gelo e Fogo havia um bom tempo. Lembro de carregar esses livros enormes pra lá e pra cá quando comecei a trabalhar logo depois de formada. Gramatura horrenda mesmo, que deixa o livro gigante e pesado de se carregar, aliás.

Pra resolver o problema, arrumei um e-book deste quinto volume para ficar mais fácil o que não adiantou muito, já que demorei mais de dois anos pra terminá-lo. Achei que era algum tipo de maldição, praga, carma, qualquer azaração possível porque eu não conseguia engrenar na leitura dele. Li até outros livros no meio do caminho, mas ele sempre ficava pra trás. Então resolvi que esse ano eu tinha que terminar! Nem que fosse de outra maneira. E pá! Foi lembrar da existência de audiobooks e fui salva.

Achei um link na internet com o livro todo em áudio e colocava o bendito pra tocar enquanto estudava desenho. Foi minha salvação. Em pouco mais de uma semana terminei o livro, que só ficou interessante mesmo lá pro final.

O que achei

Capa do livroTive que reler o começo várias vezes, e como ele é arrastado. A gente vai passando pela vida em Westeros, Muralha… e nada parece que vai acontecer. Quando acontece você está lá pro final do livro, mais especificamente lá para a página 800 e qualquer coisa e então o circo começa a pegar fogo! Se você viu a última temporada da série, sabe o que eu tô falando.

Não sei se foi por conta de ter ouvido a passagem, mas a cena de Cersei Lannister respondendo pelos pecados dela foi emocionante, forte, bem como me lembrava na série, mas como temos os pensamentos dela descritos no livro a coisa fica melhor a cada passo que ela dá. Pra mim a melhor passagem deste volume.

No todo vemos todo o tabuleiro se mexendo para quem sabe coisas mais emocionantes num próximo livro. Diz a lenda que serão sete, então imagino o sexto sendo mais enrolado ainda ao me ver, principalmente se for tão grande. Fiquei na dúvida se o sexto livro vai seguir a mesma linha da série, que aliás seria bem interessante, pois alguns personagens tem os destinos mudados, e eu acho que a solução da HBO foi bem legal.

No geral, apesar de achar o começo bem massante, a historia me prendeu novamente e eu fiquei realmente desejando o próximo livro. Enquanto o sexto livro não sai, para meu alívio, já que demorei tanto esse, vou aproveitar e devorar vários!

Você já teve um livro desse, encantado, que você nunca acaba? Já leu este? Conta aí nos comentários!

Sinopse do Skoob.

Você também pode gostar desses

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *