E depois do meu primeiro Rock in Rio, minha paixão por festivais só aumentou e Lolla tava aí com MUSE pra gente poder curtir. Então vim hoje contar como foi a experiência.

lolla_3

SHOWS

Não conhecia muitas bandas que iam tocar, algumas só de ouvir na rádio, mas fui esperando ver Imagine Dragons, Lorde e MUSE. Não consegui ver Imagine, mas Lorde deu um show delícia. Achei que ia ser paradão, mas ela conseguiu me cativar. Não sou fã maluca, mas posso dizer que quem é não se arrependeu de ter ido.
MUSE foi a grande razão de ir ao Lolla, pena que Matt estava dodói e não nos presenteou com seus agudos lindos, mas o cara foi lá e mesmo ferrado tocou MUITO e não me desapontou. Ótimo show! Eles voltam e eu estou esperando pra comprar ingressos desde já para ouvir Supremacy.

lolla_2
Lorde

lolla_4


MUSE

ORGANIZAÇÃO

Demoramos um bocado pra chegar ao local do evento, já que Interlagos fica longe pra lá de longe da cidade de São Paulo, tem apenas uma linha de trem que passa por lá e além de tudo não tinha onde deixar o carro, pra quem perdeu o timing do estacionamento. Saímos 13h de São José dos Campos e só entramos em Interlagos 16h30, por conta de: trem, muita gente e trânsito de Sampa. Imagine Dragons daria pra ver, se o show da Lorde não fosse às 18h30. Era tudo tão longe que desistimos de Imagine para poder comer algo e esperar o show. Os palcos eram distantes DEMAIS uns dos outros e a multidão era tão grande que fazia você demorar muito entre um palco e outro. Quem queria ver tudo não conseguiu, tenho certeza.

Pra ir embora? SUFOCO. Só um caminho pra todo mundo seguir e uma única estação de trem. O show terminou 23h e metrô fechava à 1h, foi sorte conseguir entrar no trem (12:30) e chegar até o Butatã (correndo às 1:05), que é onde largamos o carro. Foi corrida, emoção e muito apertamento. Nunca fui tão esmagada na minha vida pra conseguir entrar em algum lugar e isso vale pro trem, pra estação e pro evento, sempre com trechos que afunilavam a saída das pessoas. Fico pensando que em caso de algum incidente aquilo não ia dar certo. Rock in Rio dando SHOW de organização se considerarmos que haviam 75 mil pessoas alí e no RiR foram 100 mil quando fui. Me senti expremida naquele Autódromo.

lolla_1

INFRAESTRUTURA
Maldita hora que fui pra dois Rock in Rio e ví que aquilo era bom. Banheiros químicos terríveis de fedidos e poucas latas de lixo. Mas pelo menos pra comer não tivemos problemas, principalmente pelo horário, só pegando fila pra trocar fichas. Feliz que tinha pão de queijo e suco, pois nunca me senti tão entendida em um evento. Mas sei que muita gente perdeu show por conta de filas. Também fiquei chateada que na lojinha só tinha camiseta pra comprar, ao valor de 100 dilmas cada. Cadê meu chaveirinho que sempre compro?

E pra constar, muuuuita gente reclamando da falta de sinal no celular. Aí ficou difícil falar com pessoas que marquei de encontrar lá dentro, não dei check-in, nem postei fotos de lá. E não foi só minha operadora não.

RESUMINDO: Os shows foram bons, mas acho que Lolla saiu da minha lista de festivais que eu iria de novo. Só se o show compensar muito.

Você também pode gostar desses

4 Comments on Lollapalooza 2014, eu fui!

  1. Festivais grandes sempre vão ter problemas, isso é foda. A gente faz grandes sacrifícios pra ver os shows. O espaço do Lolla esse ano foi maior, mas era mais longe. Fui nos 2 dias, o 2º foi bem mais tranquilo. Tinha gente demais no 1º dia.

    • @Ramon,

      Ah, eu fui em 2 Rock in Rio já, cansa, tem seus problemas, mas eu continuo voltando e voltaria mais vezes. O Lolla me irritou demais. Muita gente que conheço desistiu do segundo dia por conta do primeiro, acho que isso ajudou rsss

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *