being_red_1

Sabe a Red? Esta mulher russa linda que é personagem de “Orange is The New Black”? Então. Inspirada nessa diva da cozinha carcerária moderna, eu resolvi fazer um post com dicas pra você que quer se aventurar no mundo das panelas e talheres da cozinha da sua casa. Quando fui morar fora da casa de mamãe uma das primeiras preocupações foi: “COMÉ QUE EU VÔ CUMÊ?”. Desde então tenho me descoberto uma leve apreciadora da arte da gastronomia e sempre acho bacana aprender algo novo na cozinha. Não sou nenhuma chef, não sei servir pratos maravilhosos, mas pelo menos com o noivo e pessoas que vieram aqui em casa as comidinhas fazem sucesso e me considero hoje uma pessoa com um bom repertório culinário. Então pra você, amiguinho ou amiguinha que quer começar a cozinhar e fazer coisas gostosas na sua casa, aí vão algumas lições.

red_1

Comece pelo básico

Este conselho pode parecer óbvio pra alguns, mas deve ser seguido. Comece aprendendo a cortar uma cebola, quebrar um ovo, separar uma gema… habilidades que vão ser úteis quando você for cozinhar. Saiba que entender o que cada tempero faz, já é meio passo pra você saber cozinhar. Temperatura de forno e fogo também são importantes! Por exemplo, forno muito quente é bom para gratinar, mas dependendo do que for você pode ser que você queime por fora e deixe cru por dentro.

Crie Repertório

Use a internet e programas de TV para achar receitas legais que você goste e faça as que você se sentir confortável. Fazendo receitas você aprende o que fica bom com o quê, como misturar ingredientes e aos poucos cria intimidade com os instrumentos da cozinha e com os ingredientes. Lembro de querer descascar as coisas com a facilidade que minha mãe faz, e isso a gente só atinge com muita prática.

Erros acontecem

Ninguém está ileso a errar alguma receita. Até miojo eu já queimei (na verdade coloquei ele na panela e não coloquei água, mas ok). Não desanime! Use o poder da persuasão pra continuar tentando!

red_3

Observar e aprender

Muita coisa eu aprendi olhando pessoas cozinharem. Pães e roscas eu aprendi com as avós, arroz com a mãe, feijão com a amiga, fazer molho branco com um amigo e assim foi indo. Olhar as pessoas na cozinha ajuda e muito a aprender coisas novas! Pergunte também o porque das coisas, isso pode te trazer ensinamentos valiosos.

Pães, massas, saladas, carnes… o que você mais gosta?

É engraçado, mas conforme fui aprendendo comecei a me interessar por um tipo específicos de comida. Eu gosto de fazer molhos para massas e ADORO fazer pães e biscoitinhos! Amassar a massa é como uma grande brincadeira de massinha de gente grande pra mim. Minha mãe já gosta de cozinhar pratos doces, enquanto minha avó materna prefere os salgados. Cada um meio que desenvolve um gosto especial em preparar algum tipo de coisa na cozinha, por isso é tão bacana experimentar e se encontrar. Quando isso acontece a cozinha vira uma pequena terapia.

Desperdício Zero

É aqui que você ganha o selinho “RED” de cozinheiro bacana da casa. Quando você consegue olhar para o que tem na geladeira e inventar uma refeição inteira com o que tem lá dentro usando seus dotes culinários adquiridos com o tempo, você pode se considerar um bom cozinheiro. É este momento que sua barrinha de cook do The Sims chega ao máximo.

red_2

Lembrando que essas dicas eu criei pra quem quer cozinhar legalzinho, ter um almoço gostoso fim de semana com amigos e um dia ser uma avó que sabe cozinhar para seus netos. São coisas que fiz desde que sai de casa e que me ajudaram a cozinhar melhor e fazer comidinhas gostosas pra eu poder comer. Não sou profissional, não pretendo ser, mas nem por isso tenho que comer coisas ruins, né? =D

E ai pessoal? Gostaram do post? Quem vai se arriscar na cozinha?

Você também pode gostar desses

20 Comments on Being Red: Mandando bem na cozinha

  1. Eu sou um zero à esquerda na cozinha. Ou torro, ou salgo, ou passo do ponto, ou fica cru… sempre acontece alguma coisa D: Meu namorado que cozinha muito melhor que eu! Mas curti o post! Curti as dicas! xD

  2. Ótimas dicas, concordo com todas! Eu não sabia fazer nadaaaa, mas pq almejava muito. Depois que tomei consciência que seria algo gradativo mesmo, não adianta querer manjar logo de cara e já sair campeão do masterchef haha

    Bêjo,
    Re

  3. Quando vim morar na Irlanda também tive que passar a cozinhar com muito mais frequência (em casa no Brasil já fazia arroz, fritava um bife, essas coisas), mas confesso que não fazia nada de mais não. Um macarrão simples, uma salada com umas coisas a mais… agora, quando passei a morar com o namorado o repertório aumentou consideravelmente porque cozinhar pra dois é muito melhor do que pra um só, né? Temos feito várias coisinhas gostosas e todo mês inventamos uma receita nova. Adoro!

    • @Bárbara Hernandes,

      Isso é verdade! Quando o noivo está aqui eu cozinho com muito mais amor, quando estou só eu eu me viro com qualquer coisa hahahahaa

  4. Muito legal suas dicas!! Mesmo que óbvio, é sempre bom lembrar que temos que começar pelo simples, porque ajuda muito pra aprimorar depois.. também não sou nenhuma cheff, mas comparando um tempo atrás com agora, já me sinto orgulhosa da minha comidinha hahaha 😀

    • @Taís,

      Claro que essas dicas são pra pessoas que se interessam pela cozinha, né? Mas muita gente fica triste de errar e desiste, então quem sabe não ajudei alguém hehehe

  5. Eu não sei cozinhar nada, nem miojo eu consigo fazer direito, a cozinha meio que me odeia. Sério, dá até vontade de chorar. O pior que primas minha de 14 anos arrasar na cozinha e eu com 20 anos, não sei fazer nada. Suas dicas ficaram ótimas, tenho que colocar em prática. Qualquer dia desses eu vou tentar me arriscar na cozinha hahahaha
    Beijos,
    http://www.dosedeilusao.com

    • @Fran Oliveira,

      Como está no post: não desista e comece do básico =D mas antes de tuuuuudo isso, você tem que querer também né? uhuahuhaa =D

  6. Concordo com todas essas dicas 🙂 Eu aprendi a cozinhar na casa dos meus pais mesmo porque eu gostava rs Desde pequena eu inventava moda rs Teve uma vez que inventei que queria comer croissant, ai foi eu e uma tia minha fazer, ai outra vez eu inventei que queria fazer salgadinho, ai foi eu e essa minha tia fazer, sempre fui de inventar moda na cozinha rs Tanto que isso de, comece pelo básico, eu nunca segui rs Fiz sempre o que eu tive vontade ou que eu via na tv ou na net hahahahaha Agora, isso de fazer uma refeição com o que tem na geladeira, nossa, ando mestre hahahaha Às vezes acaba as coisas aqui em casa e não dá pra ir no supermercado e eu tenho que me virar hahahaha Já fiz pão sem ovo, sem óleo, entre outras coisas rs Falando em pão, detesto amassar massa XD Gosto da parte de sovar, mas detesto quando fica grudando nas mãos x_x
    Beijos! =**

    • @Cris,

      Se você tem ajuda de alguém facilita demaissss, e se você já observou muita gente cozinhando também vale como aprendizado =D

      Eu não gosto da parte que gruda também, mas depois fica tão bacana uahuahuaha

  7. Ai Chell, to aqui amando esse post. Principalmente porque tem a Red <3
    Acabei de ir morar sozinha e to louca pra aprender a cozinhar algumas coisinhas, porque ninguém aguenta viver só de besteiras.
    Comprei uma panelinha de arroz e já vi que da pra fazer bastante coisa lá hehe
    beijos

    • @cíntia de Melo,

      Oi Cíntia! Ah que bacana você querer cozinhar, esse já é o primeiro grande passo =D
      Eu nem falo nada, que não posso ficar vivendo de besteiras, é só começar que a pele fica uma nhaca, tudo para de funcionar como devia e me sinto mal rsss essas coisas de velha auhauauaha =*

  8. Adorei a publicação!!

    Eu amo pastas!! Criar pastas para comer hahahah
    E assim como você, molhos <3

    Sei que preciso aprender outras coisinhas né? hahah
    Beijos

    • @Jonara Cordova,

      MAGINA! Eu ri queimando o miojo uahauhaua
      Mas ó, brigadeiro NÃO É FÁCIL. Tem que mexer, tem ponto certo, então não fica triste =D

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *