como_se_ve

É engraçado como as pessoas enxergam a gente, né? Há um tempo atrás alguém me falou que eu era uma menina delicada. Na hora eu parei, dei um pulo e falei: “EU??”. Tipo, tu tem certeza que é de mim, Michelli, que você ta falando?”. Mas aí comecei a perguntar e meu noivo, minhas amigas, todos acham isso. Engraçado, sempre me senti uma mulher, sem jeito, sem lenço nem documento e sem um pingo de delicadeza. Mas aí olhei pro meu desenho no final do processo de auto-retrato. Meu desenho é delicado, tem flores, cores leves, aquarela… se eu me desenho assim, é porque sou assim.

Eu me acho bem extrovertida, saio falando com as pessoas, não sou muito de ter vergonha de falar e abordar alguém. Adoro conhecer gente diferente de lugares diferentes e que podem contar coisas bacanas e que talvez eu não saiba ou desconheça. Aliás, falar não é um problema pra mim e isso é genético, não adianta, difícil mesmo é manter a boca fechada pra não entrar mosca.

Quando me olho no espelho, me sinto uma pessoa agradável. Não me acho feia, não me acho gorda (apesar de mulher sempre achar que tem que perder alguma gordura na vida), mas aí afirmar que me acho linda e magra é diferente. Mulher é um bicho muito crítico, cruzes!

Este desenho reflete como estou agora. Eu sou colorida mesmo, adoro meu cabelo (apesar de achar que logo mudo de cor), gosto de natureza e atualmente ando em paz e em um momento de descobertas. Estou me descobrindo mais calma do que pareço, mais forte do que imaginava e mais capaz do que nunca. Claro que esta certeza toda vem e vai, mas o importante é ela passar por aqui.

“Este meme e ilustração foram feitos especialmente para o Rotaroots, grupo de blogueiros que querem resgatar a época de ouro dos blogs pessoais, incentivando a produção de conteúdo criativo e autoral, sem ser clichê e principalmente, sem regras, blogando pela diversão e pelo amor.”

Você também pode gostar desses

20 Comments on Meme e Ilustração: Como você se enxerga

  1. Que lindo! E realmente, a gente se retrata da forma como somos por dentro, por mais que conscientemente acreditemos no contrário. 🙂
    Beijos

  2. sabe aquela outra ilustradora, Loish? esses dias vi uma entrevista em que ela dizia achar estranho quando alguém dizia que as ilustrações dela eram parecidas com ela…e por isso, de vez em quando, ela faz autorretratos de si (pra tentar mostrar que é bem diferente de suas ilustrações). Mas de qualquer forma, acho que, de um jeito ou de outro, acabamos nos retratando um pouco, sim, em nossos traços. Afinal, se parar para pensar, o nosso rosto é o que conhecemos de melhor. Ninguém conhece tão bem nossa face, quanto nós mesmos, assim como não conhecemos outra face tão bem. por mais que tu conviva com outra pessoa por muito tempo… eu não conseguiria retratar o meu namorado (que mora comigo há 10 ano) com 100% de fidelidade. Enfim, teu autorretrato ficou uma amor! eu prendo a minha franja (que está um pouco acima da orelha) do mesmo jeito que tu (enrolada)! xD

    Riscos e Rabiscos

    • @bia reys,

      Que bom que você curtiu minha artinha rsss
      e pensando bem, eu também não consigo desenhar meu noivo (12 anos quase com ele rss) é… muito o que aprender nessa vida rs

  3. Gostei muito do seu auto retrato em aquarela, realmente ficou fofo. A primeira impressão que tive, foi que é fofa, também já passei por isso, me achava uma ogra sem jeito, mas todos a minha volta me acham fofa e simpática. Espero que você se descubra cada vez mais, é sempre bom fazer isso, prestar mais atenção na gente mesmo.
    Beijos e adorei o seu blog <3

  4. Pra vc ver com é as coisas hahaha eu não te conheço, mas quando leio suas publicações e vejo suas ilustrações, tbm vem uma imagem de Delicada na minha cabeça >.<

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *