Post Improvável

Quem não gosta de dar boas risadas? EU A-DO-RO!
Por isso o post de hoje é totalmente gargalhadas. Criado, produzido e encenado pela Cia. Barbixas de Humor, que conta com Elidio Sanna, Daniel Nascimento e Anderson Bizzocchini, com participação quase sempre de Rafinha Bastos, o espetáculo IMPROVÁVEL é mais que engraçado. Totamente feito no improviso, o espetáculo conta com participações especiais em cada show, já passaram por lá Oscar Filho, Marcela Leal, Marco Luque, Marianna Armellini, Cristiane Wersom e Márcio Ballas. E como tudo é baseado no improviso, o público sempre verá uma peça diferente e interativa. No You Tube, os vídeos já chegaram a marca de mais de um milhão de acessos por mês. Sou apaixonada nos Barbixas, e a cada vídeo novo que descubro fico feliz, e rio até não parar mais. Confiram os vídeos no canal do YouTube deles. Você provavelmente vai gostar!

Fim do Mundo?

Um brasileiro disputando o campeonato de F1 até a ultima curva, Estados Unidos com um presidente negro, Dercy Gonçalves morreu, Hamilton, o mais jovem a ganhar um título na F1, além de ser negro, (nada contra os negros, ao contrário eles devem comemorar a chegada deles ao topo de tudo, mas infelizmente moramos em um mundo racista.) Vasco sendo rebaixado, Corinthians na segunda divisão, pai matando filha jogando pela janela e a máquina do fim do mundo foi ligada.

É o mundo tá prestes a acabar como diziam os Maias. Será essa a única salvação pro mundo?

DiF 2008


Todo ano a turma do Segundo ano de Desenho Industrial promove um defile de moda com base em um tema dado pelo professor, o DIF, Desenho Industrial Fashion. Este ano o tema será Contrastes. O contraste escolhido pelo meu trio é “Cinema: o Velho e o Novo”, contrastanto não estilos de filmes, mas em como a imagem chega ao público. Escolhemos Charles Chapling, para retratar a época do cinema mudo e preto e branco, e para o cinema atual escolhemos um filme nem tão atual assim, que é “Laranja Mecânica”, pois o filme foi gravado em 71, porém retratando como seria a Inglaterra em 95. A roupa está pronta, a modelo nem tanto, e os preparativos a mil por hora. Aguardem as fotos!

Perdida no mundo

Um dos meus problemas é ser pessimista. Sempre acho que não faço as coisas boas. O pior é que no final sempre me deparo com coisas bem piores.
O outro é uma sede de saber enorme que faz com que eu me perca em tudo. Quero aprender tanta coisa! Aperfeiçoar photoshop, ilustrator, corel, aprender cathia, saber japonês, melhorar meu inglês que está enferrujando, ler livros e mais livros e mais livros sobre tudo que eu for capaz de ler, praticar meus traços, e desenhar melhor, ver meus filmes cult ou não, minhas séries, meus animes. Mas parece que é tanta coisa que não vou ter tempo pra tudo isso, aí… TRAVO. Sou que nem um computador, minha cabeça pensa a mais de 1000 km/h e nisso meu culler falha e minha placa de vídeo faz tudo travar.
Tenho que começar a me organizar, a organizar meus afazeres, pensamentos, idéias e controlar toda essa minha sede. Será que consigo? Faço eu mal por querer ser melhor?