corrida_ilustra

Algum dia desses:

— Nossa. Hoje está tão friozinho, delícia pra ficar em casa e ver um filme comendo pipoca, né?
— Deixa disso, você disse que ia correr hoje.
— Ah, disse né? Mas tá frio… aqui tá confortável…
— NADA DISSO! Troca de roupa já e vai correr!
— Mas… tá tão bom aqui…
— Deixa disso já! Troca de roupa! Isso… põe o top!
— Poxa até não tá ruim olhando no espelho, deixa eu pesar. É, mesmo peso. O médico disse que tô magra, eu tô bem, mas sempre acho que dá pra melhorar. Apesar que sou mais meus chocolates.
— É, vou com essa camiseta aqui. Bem larguinha, sem marcar nada. Eitha o fone! Como corro sem fone?
— É uma avoada mesmo.
— Vamo lá. Play. Começar corrida. Isso. Vamos com calma, no nosso rítmo, né? Respira, inspira, respira, inspira. Ih! Um carro! Valeu por me deixar passar moça!
— Nossa, tô cansando… uff… uff… será que chego até alí na igreja?
— VAIII! Chega sim! Força! uff… uff… uff… tá quase…

“One Kilometer… time…”

— UHU!!! CHEGUEI! Pronto, agora respira um pouco.
— Só 100 metros! Nada de moleza!
— AHHH… já deu 100? Droga!
— CORRE! Força!
— Respira, inspira, respira, inspira.

“Two Kilometers… time…”

— Nossa, foi dois? Tô bem hoje. Vou parar mais pra frente.
— Isso! Assim que é bom!
— Pronto, dois e setecentos. Deixa descansar mais um pouco. Respira, inspira, respira, inspira.
— Deu 100! Vai corre!
— AHHH!!

“Three Kilometers… time…”

— Três!
— Nem pensa em parar! Vai até quatro!
— Será? Depois do três fica dureza credo, pra quê isso? Respira, inspira, respira, inspira. Profundo.
— Vai! Vai que dá!

“Four Kilometers… time…”

— UHU!!!! Foi quatro! Agora deixa respirar.
— Vai, você merece… ó deu 100! Vai tá quase!
— Ai GZUZ, tô cansada, tô morrendo…
— Calma olha ali aquela loja de eletrodomésticos, falta só mais uma quadra!
— Será? Minhas pernas já estão doendo.
— Vai! Tá quase! Não desiste agora!

“Five Kilometers… time…”

— (Insira aqui a trilha de Rocky)
— ISSO AÍ! Tá de parabéns! Missão cumprida!
— UHU!!! Consegui! Mais um treino feito!

E esta sou eu, conversando comigo mesma durante meus treinos de corrida.

Inspirado no vídeo Better For It – Inner Thoughts da Nike. E vocês? Também se auto-incentivam ou sou só eu que sou doida que fica tendo pensamentos internos?

Você também pode gostar desses

4 Comments on Texto: Pensamentos Internos (ou como me incentivo para fazer exercícios)

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *