planejamento

Foto de Shanice Garcia.

Há algum tempo atrás fiz um post com dicas pra mandar bem na cozinha da sua casa e uma das dicas foi evitar o desperdício. Acontece que algumas amigas e conhecidas vieram me perguntar como eu consigo desperdiçar o mínimo possível aqui em casa e saber quantidade de comida que deve ser comprada e feita. Pra gente isso já é meio que automático, mas para contar um pouco disso e tentar ajudar quem ainda está se acostumando, resolvi contar como fazemos aqui em casa.

Escolha o dia das compras.
Até hoje minha avó conta como ela faz “compra de mês” e “comprinha da semana”. O hábito dos brasileiros fazerem compra de mês se deve aos altos níveis de inflação dos anos 80, quando ir no supermercado um dia depois poderia fazer toda a diferença. Hoje em dia temos uma economia mais estabilizada, apesar de tudo ter aumentado de preço, mas mesmo assim não é algo absurdo como nossos pais vivenciaram, então aqui em casa adotamos as compras semanais. Escolhemos o dia em que chegam as frutas e verduras em melhor estado e um dia que aparecem bastante promoções, a quarta-feira. Assim temos nosso dia certo de compras.

Escolha o cardápio.
Sabendo que toda quarta vamos comprar comida, temos que programar o que vamos comer até a próxima semana. Aqui em casa alguns pratos duram 2, outros 3 dias (você tá loko se acha que vou cozinhar TODO dia) então com base nisso a gente escolhe o que será feito para almoço e para a “janta” (entre aspas porque a gente prefere um lanche mesmo), e pensamos também no que já temos costume de comer nas outras refeições do dia, por exemplo:

cardapio

Faça uma lista e faça as contas.
Com base no que escolhemos já vamos para o supermercado com a lista pronta do que vamos comprar, além de levar uma calculadora na mão e ir somando o que estamos comprando. Isso evita aquelas escapulidas nas prateleiras e além de economizar no dinheiro ajuda também pessoas que estejam em uma reeducação alimentar, por exemplo, a não sair do foco. Pra quem não gosta de ir no supermercado, isso ajuda a ir mais rápido nas compras.

Congelar e conquistar.
Aqui em casa congelamos muitos alimentos para não perder, utilizar eles uma segunda vez ou deixar mais prático. Por exemplo: o feijão é cozinhado uma vez por mês em grande quantidade e congelado em potes com a quantidade para três dias. Se fazemos mandioca cozida, geralmente a porção dá para ser dividida em duas e congelamos a segunda para comer na próxima semana, isso vale para couve, abóbora, brócolis e várias outras comidas. Não perca tempo picando temperos sempre, congele salsinha, cebolinha e cebola picadinhos, quando for usar é só soltar com um garfo. Utilize o freezer ou congelador como um amigo para as horas de aperto na cozinha.

planejamento_2

Foto de Brooke Cagle

Cozinha é matemática.
Preste atenção na quantidade que você faz, isso vale para todas as comidas. Por exemplo, eu sei que dois copos de arroz aqui em casa funcionam para mim e para o noivo para dois dias e meio/três, então sei que não haverá risco dele estragar e que provavelmente no terceiro dia terei que fazer arroz de novo. Não estou falando para fazer a comida contadinha, faça o que deixe todo mundo feliz e possa repetir se ficar tudo gostoso e a fome for maior, mas tenha em mente o quanto vocês consomem, isso impede comida de ir para o lixo.

A arte da improvisação.
Tem um resto de pimentão na geladeira e hoje vou fazer um omelete de noite, pico ele e misturo tudo. Tem uma cenoura que vai estragar, vou picar em cubinhos e jogar no arroz. Preste atenção nessas coisinhas que vão sobrando na geladeira e aproveite elas em outros pratos, nisso você pode dar um toque diferente em algumas comidas que você nem imaginava e evita jogar coisas fora.

Fui aprendendo essas coisas quando me mudei para fazer faculdade fora e aos poucos me acostumando com essa vida de cozinha. Por mais preguiçosa que a gente seja, alguma coisa terá que ser feita, não é? Então dá pra organizar e comprar o que você quiser. Baixe aqui seu cardápio da semana pra você poder completá-lo com seus pratos e suas preferências, comece a planejar suas refeições e economize tempo e dinheiro. Que tal?

Ícones de Miguel C Balandrano do Noun Project.

Você também pode gostar desses

9 Comments on Planejamento Semanal de Refeições

  1. Cara, eu acabei de me mudar e tô morando com uma amiga, e a gente tá pensando muito em adotar essa história de cardápio semanal. É prático, a gente passa menos tempo na cozinha e ainda economiza na hora de comprar. Tudo muito mais fácil!

  2. Miche, que post sensacional!
    Esse ano quero começar a cozinhar todo o cardápio da semana no final de semana e congelar, pra ser mais prático. Seu arquivo do cardápio vai me ajudar muito!

1Pingbacks & Trackbacks on Planejamento Semanal de Refeições

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *