Futebol
E vamos para o último post sobre futebol! Hoje começa a World Cup na África do Sul, e o que melhor pra encerrar a semana do que com os mascotes das copas? Acho tão divertido personificarem o espírito das copas em um personagem! Mas concordemos que os da copa da Coréia do Sul e do Japão ficaram BEM estranhos. Parecem melequinhas hehe.

Mascotes da Copa
Zakumi Mascote da Copa 2010
Lista de mascotes da Copa do Mundo de Futebol FIFA
Copa do Mundo de 1966 na Inglaterra – Willie, um leão
Copa do Mundo de 1970 no México – Juanito, um menino
Copa do Mundo de 1974 na Alemanha Ocidental – Tip e Tap, dois jovens
Copa do Mundo de 1978 na Argentina – Gauchito, um garoto
Copa do Mundo de 1982 na Espanha – Naranjito, uma laranja
Copa do Mundo de 1986 no México – Pique, uma pimenta
Copa do Mundo de 1990 na Itália – Ciao, um boneco
Copa do Mundo de 1994 nos Estados Unidos – Striker, um cão
Copa do Mundo de 1998 na França – Footix, um galo
Copa do Mundo de 2002 na Coreia do Sul e Japão – Ato, Kaz e Nik, criaturas futurísticas
Copa do Mundo de 2006 na Alemanha – Goleo VI e Pille
Copa do Mundo de 2010 na África do Sul – Zakumi

CURIOSIDADES DAS COPAS

Copa de 1930:

– O primeiro jogador a perder um pênalti foi Carlos Vidal, do Chile. O evento ocorreu em um jogo entre Chile e França;

– Alexandre Villaplane, capitão da seleção francesa, foi fuzilado em 1945, por ter sido acusado de colaboração com a Alemanha Nazista;

– A Argentina precisou colocar um jogador reserva na disputa contra o México porque o titular Manuel Ferreyra tinha prova na faculdade no mesmo horário do jogo;

– No jogo Argentina X EUA, o médico da equipe estadunidense ficou irritado com uma marcação do árbitro. Ele invadiu o campo e derrubou suas coisas, inclusive sua garrafa de clorofórmio, que quebrou. Ficou imerso no produto químico e precisou receber atendimento de outro médico.

Copa de 1934:

– Esse foi o campeonato em que a política exerceu uma força bastante significativa. O país-sede dessa Copa foi a Itália, que também ganhou o campeonato e fortaleceu ainda mais o argumento fascista de Mussolini, de superioridade de sua “raça”;

– Apesar de tentar se afirmar como “raça superior”, a seleção italiana não era tão superior como se pretendia. Utilizaram reforços sul-americanos para compor a equipe, que se naturalizaram a convite de Mussolini. O brasileiro Filó jogou com seu sobrenome Guarisi. Além dele, os argentinos Monti, Guaita e Orsi também compunham o time;

– No jogo entre Áustria e Alemanha, disputa de terceiro lugar do campeonato, os dois países – alvinegros – não levaram camisa reserva. Assim, para evitar confusão, a Áustria usou a camisa do Napoli, clube italiano;

– A primeira prorrogação aconteceu durante esse campeonato, no jogo entre Áustria e França, nas oitavas de final.

Copa de 1938:

– A primeira transmissão mundial da Copa, por meio de rádio, aconteceu nesse ano. Como é esperado de uma tecnologia inovadora (e era para época), muitas vezes o sinal de transmissão falhava, impedindo o acompanhamento total da partida;

– Foi nesse ano que aconteceu o único W.O. da história das Copas. E o responsável foi a Áustria. Nesse ano, a Alemanha nazista incorporou a Áustria ao seu território e reforçou seu time com os jogadores austríacos. O resultado foi que a Áustria não pôde jogar, dando a vitória automática para a Suécia;

– A Espanha não participou desse campeonato, ainda que fosse uma das principais equipes da época. Isso porque estava atravessando uma Guerra Civil, ocorrida entre 1936 e 1939;

– Foi a estreia da camisa azul do Brasil. Naquela época a camisa oficial da seleção era branca. Mas, em jogo contra a Polônia, que também usava camisa branca, o Brasil optou pela camisa de treinamento, que era azul e sem o escudo;

– O jogador brasileiro Leônidas da Silva fez um gol descalço. Suas chuteiras estragaram durante a partida contra a Polônia, em virtude da situação do gramado. Enquanto consertavam as chuteiras, Leônidas jogou descalço e acabou fazendo um gol nessa condição;

– Após o jogo de semifinal entre Itália e Brasil, em que a Itália venceu por 2 X1, o jornal italiano “La Gazzetta dello Sport” saudou a supremacia da raça branca em detrimento da “força bruta dos negros” (representados, nesse caso, pelos brasileiros).

Fonte: Brasil Escola

Você também pode gostar desses

3 Comments on Mascotes das Copas

  1. Agora passarei aqui sempre, rs.

    Adorei o post, mas lógico o mascote da França é o mais lindo, espero que o de 2014 supere.

    bjss

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *