Quando somos crianças adoramos ter bonecos de nossos personagens prediletos, miniaturas e tudo mais, mas os toy art são brinquedos para não brincar, e isto é fato. Estas miniaturas cada vez mais realistas de nossos atores ou personagens prediletos, cada vez mais comuns de se encontrar, são voltadas para o público de mais de 16 anos, na sua maioria são adultos(que acho que é por causa do preço) que gostam de colecionar ou simplesmente por motivo de decoração, por este motivo tem tiragens limitadas, numeradas ou assinadas.

Existem algumas nomenclaturas específicas para os tipos de Toy Art:

Do It Yourself – que são os que vem pra você mesmo montar,pintar, do jeito que você quizer.

Customs – são na maioria das vezes feitos por artistas que criam algo de diferente em personagens já existentes.

Séries – quando um personagem vem de variadas maneiras, ou o mesmo toy em temas diferentes.

Blind Box – Toys que vem em caixas lacradas, e por isso não sabe-se o que se tem dentro. Há o risco de pegar o mesmo toy por exemplo.

Open Box – São os que vem em caixas abertas e pode-se ver o toy que está comprando.

Ratio – é aproporção em que você irá encontrar o toy. Exemplo 2/50, em cada 50 caixas duas serão do determinado toy. Isto determina quão raro é o toy.

Chases – São os secretos, com ratio indeterminado, e muitas vezes desconhecidos até, o que os torna mais raros e caros.

Eu, pessoalmente, adoro os com movimento, action figures, que agente ainda pode mudar pose, trocar partes do corpo e acessórios. Isso sim é brinquedo de gente grande! Como esse “Edward Mãos de Tesoura” que tem 38 pontos de articulação, e o nosso amado MJ, com mãos diversas pra trocar.

Fonte: Wiki.

Imagens: Hot Toys