comprar

Patches: Comprando em Viagens

Mochila com patches

Depois da minha última viagem em 2014 eu entrei numa de comprar patches pra colocar na minha mochila. Não é muito fácil encontrar essas belezinhas por aqui no Brasil, principalmente temática de lugares, mas nem por isso a gente encontra mais fácil fora. Eu fui querendo comprar um em cada lugar que ia, mas não deu muito certo. Nem na Disney Paris eu consegui achar um bonitinho com princesa pra colocar na mochila – alow Disney, cadê os patches? – mas foi uma questão de procurar um pouco e pude enfeitar a minha mochila.

mochila com patches

Patches de lugares

Em Edimburgo (Escócia) e no Monte Saint Michel (França) eu encontrei alguns com o nome do lugar e preços bem bacaninha – $2/$3 euros – esses foram os mais fáceis, pois em praticamente quase todas as lojinhas de tranqueiras pra turistas tinham eles. A diferença é que nenhum veio com a cola atrás e tive que costurá-los na mochila. Uma mão de obra, mas achei que assim fica mais fácil de tirar e colocar na próxima mochila quando precisar trocar.

patch novo

Patches divertidos

Se tem um lugar que eu apaixonei foi a lojinha de Edimburgo, Pie in the Sky. Eu entrei procurando tintas coloridas pra cabelo e acabei pirando. Eles tinham uma quantidade imensa de patches divertidos, lindos e de todos os tamanhos. Desde temas de cultura pop até livros e ideologias. Os preços eram mais salgadinhos – $6/$12 libras – mas eu escolhi um e foi super fácil de aplicar. Qualidade ótima!

patches
O último que comprei foi na França, em Paris em uma loja que vende coisas militares. Uniformes, botas, boinas, mochilas, tudo que é indumentária de forças armadas e de vários lugares do mundo. Cada parca maravilhosa com bordados que eu namorei lá dentro! Mas o que achei e gostei mesmo foram os patches. Eram vários, com mapas, bandeiras e coisas relacionadas. Eu tive que pegar um pra mim e acabou sendo um que vai me dar forças em caso de apocalipse zumbi.

Vocês também são fãs de patches? Onde vocês grudam?

Onde comprar patches?

Loja militar em Paris – Doursoux Surplus
3 Passage Alexandre – 75015

Loja fofa em Edimburgo – Pie in the Sky
47 Cockburn St, Edinburgh EH1 1BS

Escolhendo um imóvel para chamar de seu

Comprar um imóvel e escolher um canto pra chamar de seu é ótimo, mas dá um belo de um trabalho quando você resolve começar a procurar. Eu e o noivo estávamos procurando um cantinho desde outubro do ano passado, quase compramos alguns apartamentos e a cada coisa errada a gente se chateava, mas sempre tinha firme que na hora que fosse pra ser nosso, ele seria. Ia bater aquela coisa do comercial do carro sabe? A gente ia olhar um pro outro e dizer: “é esse”. E não é que foi assim?

Por conta das experiências que tivemos resolvi fazer um pequeno guia com algumas dicas que você deve levar em consideração e observar na hora que for comprar um imóvel. Você pode usar algumas delas no caso de locação também, então vamos lá:

comprar um imovel

Localização

A primeira coisa que decidimos foi que queríamos continuar na mesma região que já morávamos. A gente adora morar por aqui, continuaríamos perto do kung fu e eu poderia resolver coisas a pé nos dias que o noivo viaja e eu fico sozinha. Caso precisasse eu contaria com ônibus de fácil acesso, ponto perto e tudo mais.

Vale lembrar que a localização influencia diretamente no preço dos imóveis, bem como no valor dos aluguéis.

O que olhar? Qual tipo de comércio tem por perto, pontos de ônibus, vias de acesso e vizinhança. É bom saber se tem escola, canil, coisas do tipo se você for morar numa casa por exemplo e você quiser um lugar silencioso, ou se você tem crianças é legal saber se existem creches e escolas boas por perto, tudo vai depender do que você busca.

comprar um imovel

Acabamento

Pode parecer besteira, mas é cada coisa que a gente acha quando começa a pesquisar. Algumas das coisas que eu olhava muito nos apartamentos que víamos era a altura do teto. Alguns apartamentos eram tão baixos que o noivo se esticava e conseguia tocar o teto. Eu e o noivo não somos pessoas muito altas, mas eu com meu 1,70 m e ele com o 1,82 m de altura não achamos legal apartamentos baixos demais.

Em um apartamento que achamos até legal, desistimos de qualquer coisa depois de ver que o condomínio era todo largado e desleixado: grades quebradas, churrasqueira faltando pedaço, pinturas antigas e descascadas em toda a área externa, bem zoadinho, importante ver pois isso em algum momento é cobrado no condomínio.

O que olhar? Qualidade das portas e janelas, altura do teto (os banheiros tendem a ser mais baixos que o resto), pisos, azulejos da cozinha e banheiro (eu olhava se era até a metade da parede ou até o teto, que é melhor de acordo com as coisas que mamãe ensinou), acabamento externo do prédio/casa e áreas externas.

foto_2

Acessibilidade

Eu e o noivo moramos longe de toda a nossa família, mas vira e mexe alguém vem nos visitar. Pensando nisso eu tinha a regra de: ou é térreo ou tem que ter elevador. Prédios com mais de 3/4 andares tem que ter elevador, mas por conta disso eles acabam sendo mais caros, assim como o condomínio.

Deixamos várias opções pra trás por não terem elevador, pois avós e tias não teriam como nos visitar e subir lances de escada. Fora que a mudança fica mais cara se o pessoal tem que subir escada, sabia?

O que olhar? Acesso para garagem e entrada do prédio, lances de escada e elevadores.

por-do-sol

Posição do Sol

Você está comprando uma casa que vai ser sua, você vai pagar ela por sei lá quantas décadas as parcelas e vai viver por ali no mínimo uns 10 anos, então uma coisa que precisa ser olhada é onde o Sol bate.

Aqui em casa ele começa o dia pegando na cozinha e no escritório e termina na nossa varanda proporcionando um espetáculo diário, como vocês podem ver na foto. No que isso implica? Humidade nas paredes, roupas secas em menos tempo e luminosidade ($ conta de luz mais barata $).

O que olhar? Onde o Sol se põe e se levanta.

comprar um imovel

O “feeling”

Você pode olhar tudo, luz, acabamento e o que mais for, mas tem que rolar aquela química com o lugar. É engraçado, mas isso realmente acontece. A gente tentou comprar dois antes, tínhamos gostado? Sim, mas nada comparado ao que realmente moramos hoje, foi tipo um estalo na nossa cabeça. Então leve em consideração o sentimento que o lugar te passa, já que você vai morar lá né?

Quero fazer um outro post mais pra frente com detalhes mais técnicos de documentação, mas quero saber se vocês gostaram e se querem saber mais sobre isso, então comentem e perguntem o que mais posso ajudar.

Ilustração de Quinta: Sorria

sorria

Faz tempo que não coloco desenhos meus por aqui, fora os wallpapers de todo mês né? Mas este mês é especial porque fiz mais um desenho para um papel de parede lindo! Eu adorei o resultado final, pois foi a primeira vez que fiz uma mulher negra. Queria explorar as cores da pele e pude brincar com muitos detalhes no turbante, nas joias, deixando o desenho rico e alegre. Você pode baixar o wallpaper de março no Sernaiotto , blog da Lominha.

sorria_2

Se você também gostou, baixou e além de tudo isso gostaria de ter um desenho deste na sua casa, eu escutei seu apelo e coloquei esta arte lá no Colab 55! Dá pra comprar case de celular, almofada, pôster e sketchbook com meu desenho e deixar sua vida mais alegre e divertida! Pra comprar é só entrar na lojinha.

sorria_colab

E ai? Curtiu? Que tipo de desenho vocês gostariam de ver mais por aqui?