Tatuagens Pequenas e Delicadas

Tatuagem em tengwar
Foto do meu ensaio feito pela Gio Coppi.

Eu sempre quis ter tatuagens e piercings. Eram coisas que me chamavam atenção desde mais nova e eu sempre adorei ver a dos outros. Tatuagens me passam a ideia de pessoas decididas, confiantes, destemidas e seguras de si, se isso é verdade não sei, mas é coisa que eu tenho comigo e por isso sempre ficava imaginando quais eu teria.

A Primeira – Tatuagem Nerd

Meus pais nunca deixaram, por isso esperei até trabalhar e ganhar meu suado dinheirinho – já que não achava justo usar dinheiro de quem não aprova – para fazer minha primeira: meu nome escrito em Tengwar, a língua dos elfos criada por J.R.R. Tolkien. No dia fomos eu e duas amigas muito queridas, e uma até fez junto comigo a tatuagem – com o nome dela claro. Estudei alguns meses para ter certeza dos escritos e fiz nossos nomes. O tatuador copiou minhas letras e pronto, quase sem dor. O ano era 2010 e eu estava no meu penúltimo ano da faculdade.


Michelli em Tengwar, a língua dos elfos.

A Segunda – Tatuagem Motivacional

A minha segunda fiz este ano, depois de uma epifania. Estava assistindo ao dorama Scarlet Heart e depois do final resolvi que queria escrever uma das últimas frases do personagem de Lee Joon Gi em coreano. Este dorama pra mim é um dos que mais gostei até hoje e a frase iria sempre me acompanhar e me lembraria sempre de dar meu melhor nas coisas e aproveitar ao máximo a vida.

Felizmente a maravilhosa da Loma me ajudou com o coreano e ficou tudo certinho! Escolhi a tipografia no computador e fui no estúdio da fofíssima Talita Sakamoto, que fica aqui em São José dos Campos, para ela fazer o trabalho. Escolhi uma fonte fofinha e pedi para o ponto final ser um coração, afinal, amor nunca é demais, né? Ela foi super atenciosa e batemos um papo muito legal enquanto ela me coloria, indicadíssima!


“A vida é efêmera”.

Eu sei que tatuagens não têm que ter significados, mas pra mim todas tem e terão, afinal tô vendo mais algumas pra fazer já. Eu gosto de fazer em lugares que não vejo com frequência, porque sou muito de enjoar das coisas, por isso uma na nuca e uma do lado de fora do meu braço, quase não vejo as coitadas. E o que eu gosto é ter número par de tatuagens, pois sou muito mais números pares que ímpares, vai entender.

E vocês, curtiram as tatoos? Querem fazer? Tem mais? Quero ver, me mostra!

Página do Facebook da Talita | Instagram da Talita