desenho animado

Lanterna Verde – Cavaleiros Esmeralda (2011)

Aproveitar que estamos numa safra de filmes de super-heróis nos cinemas, por aqui hora de comentar sobre o fime animado do Lanterna Verde.

O Lanterna nunca foi um dos meus super-heróis favoritos, mas também não significa que não goste dele.Só não é tudo aquilo para mim, com é para outros. Mas com qualquer personagem assim, isso acontece.
Nessa aventura animada, conhemos um pouco da rica mitologia do universo do Lanterna Verde, acho que foi isso que, justamente, me fez querer assistir. O filme se compõe de 6 histórias menoraes interligadas num arco maior. O Lanterna mais conhecido – pelo menos pra mim – Hal Jordan, tem uma nova recruta, Arisia, para treinar. Porém, acabam tendo que entrentar um grande inimgo dos Guardiões do Universo, um ser de anti-matéria: Krona.


Logo, até o momento da batalha, Hal começa a contar as histórias de outros membros do Exército dos Lanternas Verdes, em suas primeiras missões, para confortar a aprendiz. A ação é muito boa, assim como o roteiro, assinado pelos aclamados escritores Geff Johns, Alan Burnett e Dave Gibbons.


Temos início com a origem do porquê os anéis terem sido forjados, e focando no personagem Avra, que era um escrivão e tornou-se um dos Lanternas; noutro momento, conhecemos a história do grandalhão Kilowog, mostrando como foi seu treinamento inicial; a terceira história é da brava Laira, apresentando como foi sua primeira missão solo; após, comentam sobre o tímido Mogo, que apesar disso nunca havia sido derrotado e seu confronto contra o implacável Bolphunga; e a 5ª história fica sendo a luta de Abin Sur e Sinestro contra o vilão Atrocitus, que na derrota tenta destruir uma das baterias. A trama principal, é a última história que concluí-se muito bem.


Não conhecia muito sobre o que viria a ser esse longa metragem, tanto que uma das minhas surpresas foi o fato do próprio Hal Jordan não participar tão intensivamente dele. Contudo, achei legal o fato de focarem nos personagens secundários, como disse no início desse post, acho que o fato de não conhecer a mitologia do herói que me atraiu para esse longa. A qualidade dessa produção da DC Universe + Warner Bros, esta elogiavel, tanto que até deu aquela vontade de assistir de novo “Liga da Justiça (Sem Limites)” e “Young Justice”.


De Extras, o dvd trás trailer do game do filme e um material sobre as animações do “Batman – Ano Um” e “Superman All Stars”, ambas a serem lançadas, ainda. Bem bacana, mas poderia ter muito mais. Sobre o filme live-action, bom, não assisti, o fato de ter um ator de comédias-românticas interpretando o herói no filme de ação não conseguiu me animar. A expectativa, para mim, fica por conta da série de animação em 3D, que será lançada com esse personagem tendo 26 episódios. Vamos ver…


Por hoje é só pessoal, logo mais tem mais.
Ateh. o/

Eu curti: Chowder

Nesses dias de molho em casa eu fiquei totalmente dependente desta coisa chamada TV. Mas aqui em Minas a minha casa tem TV a cabo e pude desfrutar de programas que eu descobri que adoro. Uma dessas descobertas foi o desenho Chowder, com desenhos feiozinhos, cheio de texturas e com histórias nonsenses e cheias de coisas malucas e criativas! Uma explosão de maluquisse! Eu AMEI!

Chowder

“Chowder é uma série de desenho animado estadunidense produzida e exibida pelo Cartoon Network e criada por C. H. Greenblatt que fez o storyboard para as séries Bob Esponja Calça Quadrada e As Terríveis Aventuras de Billy e Mandy.” Wiki

Meus personagens prediletos são o Chowder, óbvio, um aprendiz de chef de cozinha, curioso e mega desastrado. Não se sabe que bicho ele é, mas eu morro de rir com ele. O outro é o Schnitzel, ajudante de Mung Daal (o chef de cozinha que dá aulas para Chowder), ele só fala “rada-rada” e por isso eu caio na risada mais ainda!

Todos os personagens tem nome de comida, como o Kiwi, Castanha, Patê, Kimchi e Gorgonzola, e a maioria dos episódios se trata de comida, ou algo relacionado. O que me chamou atenção foi realmente a quantidade de texturas aplicadas na animação. E tem horas que fotografias são utilizadas, não sei se isso tem nome, mas aparece muito em Bob Esponja e em Adolepeixes, achei super legal essa mistura.

Nesta animação encontramos apelos nonsense e humor negro. Um episódio legal é um que eles implicam com o símbolo do Cartoon que fica no canto da tela, adorei!

Chowder
Schnitzel, Mung, Chowder e Trufa

O que são o nome dos personagens? Achei na Wikipédia:

Chowder – sopa grossa de mariscos, servida fria e que pode ter peixe.
Mung (Mung Daal) – feijão verde chinês usado em sopas e doces.
Schnitzel – Costeleta de vitela austríaca, também usado para dizer Bife em alemão.
Trufa – famoso chocolate com recheios variados e também é cogumelo subterrâneo comido por javalis.
Kimchi – prato coreano de legumes, semelhante a um Ratatouille.
Gazpacho – sopa espanhola de hortaliças, fria ou quente, as vezes, uma sopa de tomate fria.
Endivia – um legume semelhante a uma folha roxa.
Panini – sanduíche italiano prensado ou um pão de queijo prensado.
Cinamini – junção de Cina para Cinnamon (canela em inglês) e mini para pequeno (referente ao efeito de quando se joga a substância sobre alguma coisa e ela encolhe).
Gorgonzola – queijo italiano usado em sanduiches.
Marzipã – doce árabe.
Escargot – Comida francesa com caracóis ao vapor.
Ceviche – Comida peruana que leva legumes e camarões.