europa

Turismo em Edimburgo: South Queensferry

Turismo em Edimbugo: South Queensferry e as pontes da cidade

Turismo em Edimburgo: Forth Bridge vista de longe
Forth Bridge

Sobre South Queensferry

É um distrito de Edimburgo situado a 10 km a oeste do centro da cidade, ali é o estuário do rio Forth que deságua no Mar do Norte, e podemos ver várias pontes por lá, como a Forth Road Bridge (2.512 km), Queensferry Crossing (2.133 km) e Forth Bridge (2.467 km).

O passeio

O noivo queria me mostrar um lugar que ele foi e que achou bacana, para ver umas paisagens diferentes do que estávamos vendo até então. Edimburgo é uma cidade costeira da Escócia e ele queria me mostrar alguma paisagem com água e com um visual bacana, afinal, somos totalmente vendidos para visuais bacanas por aqui. Então pegamos um ônibus e fomos para esse distrito fofucho de Edimburgo.

Rua de South Queensferry
Rua do distrito de South Queensferry

Rua de South Queensferry
Eu apaixonada na paisagem de South Queensferry

De cara apaixonei das ruazinhas do lugar. A cidade é toda voltada para o estuário e a maioria das casas são pequenas e super fofinhas, de pedra e com flores coloridas nas janelas, me senti em um cenário de filme, mesmo com tanto frio que estava por lá. Deu pra perceber várias lojinhas de artesanato e arte feita por pessoas ali da cidade mesmo. Muita coisa diferente pra decoração, feitos até com coisas que vem do rio mesmo.


Panorâmica do lugar

Além de ruas e casas lindas, a vista das pontes é bem legal. Só ali são três delas, sendo a Forth Bridge – vermelha – a mais linda de todas. Ela é considerada ícone da cidade, foi votada em 2016 como a maior maravilha da Escócia feita pelo homem e é considerada um patrimônio mundial da UNESCO. Sua construção começou em 1882 e foi inaugurada em março de 1890.

Forth Bridge e lavandas na frente
Forth Bridge

Andamos por lá, tiramos várias fotos e compramos um meal deal para almoçar de frente para o rio. O sol resolveu dar uma leve aparecida e conseguimos esquentar um pouquinho os espíritos antes de voltar para a cidade.

Eu e Forth Bridge

Como chegar?

Saímos do centro de Edimburgo com um ônibus para Queensferry que pegamos na Princess Street.
Valor: £4,50 (Day Ticket de ônibus) + £2 para o trajeto maior. O passeio por lá é a pé mesmo, portanto, de graça.
Tempo de Passeio: Fomos na parte da manhã e ficamos até o almoço. O ônibus demora uns 40 minutos para chegar até lá.

Eu e o noivo com a ponte ao fundo

Viagem: Paris – Transporte, Hospedagem e Impressões

pont_des_artsPont des Arts

Há algum tempo terminei as postagens de Paris e falei sobre os lugares que visitamos por lá, mas ai me toquei que não tinha feito um apanhado de tudo, mapinha, hospedagem e locomoção, assim como fiz de Londres, então pra não me perder e fechar bem estes posts internacionais, hoje vim fechar o ciclo, afinal quem tem ansiedade precisa fechar ciclos.

champs_elyseChamps-Élysées

Hospedagem
Em Paris nós não precisamos nos preocupar com hotel, pois meu irmão mora lá e podemos ficar na casa dele, porém pessoas que conheço foram pra lá e ficaram no Ibis de Montmartre, simples porém bacana pra se jogar na cama gostosa no fim de um dia de caminhada.

moulin_rougeMoulin Rouge

paris_2Placa divertida | Place de La Concorde

Musée-de-l'OrangerieMusée de l’Orangerie, pequeno, mas com a obra Les Nymphéas de Monet. Vi no filme “Meia Noite em Paris” e fiz questão de ir lá. Foto do site do museu, pois não pode tirar fotos.

Transporte
Pudemos tirar um cartão que permitiu metrô e ônibus à vontade por 7 dias por um valor de €25,00, se não me engano. Tivemos direito a ele por ter pessoas conhecidas na cidade, porém o Navigo (nome do cartão) funciona de forma bem parecida do Oyster de Londres, para entender melhor, achei este post ótimo do site Viaje na Viagem. Com este cartão em mãos, o céu era o limite, e como meu irmão e a namorada dele moram lá, ainda ensinaram a gente a pegar ônibus, que preferimos pra poder curtir a vista da cidade enquanto andávamos de um lado pro outro.

trocaderoFoto em Trocadéro

ghibliEu e Ponyo na exposição de originais dos Studio Ghibli, dica maravilhosa do Andres Ramos. Vontade de chorar lá dentro.

Impressões

* Depois de me acostumar com as libras, tive que entender o Euro, mas foi mais tranquilo pois se parece bastante com o real.

* Fomos no mês de outubro/novembro e não achamos franceses fedidos, porém tenho relatos do verão e que a coisa fica tensa no metrô, que por sinal tem algumas estações bem fedidas de xixi.

* Se você passar pela École Militaire vai reparar vários furos na fachada, são marcas de tiros que estão lá desde a Segunda Guerra.

* As farmácias de Paris tem uma cruz verde que pisca de maneira maluca. Não importa onde você vá, você acha uma psicodélica.

* Vinhos bons são EXTREMAMENTE baratos no supermercado! Por €3 você compra um bom vinho. Sem contar queijos deliciosos por preços igualmente em conta. Coma um brie, só te digo isso.

* Os banheiros públicos são diferentíssimos. As portas abrem, você entra e quando sai ele se auto-higieniza para a próxima pessoa que entrar.

* Se seu sonho é comprar uma torrinha e deixar na sua estante, você pode comprar qualquer uma por €1 nas proximidades da torre, mas aconselho a falar “merci” e sair dos ambulantes que são MUITOS e ficam bem irritados se você ignora eles ou se não compra.

* Se você é nerd corra para a loja Album Comics perto da Sorbonne e do Jardim de Luxemburgo, são três lojas pertinho uma da outra e que tem de tudo que você imaginar.

Roteiro de passeios por Paris
Se você gostou e está preparando uma viagem para Paris, deixo aqui o mapa com a maioria dos pontos que conhecemos na Cidade Luz, um lugar que com certeza quero voltar um dia.