doar_sangue_1

E finalmente eu risquei mais um ítem da minha lista de coisas que eu queria fazer no ano: doei sangue!
Muito tranquilo, rapidinho, não dói nada e ainda sei que estou até 3 pessoas. Sim! Com sua doação você pode salvar até três vidas, não é legal?

Mas uma coisa me chamou muito a atenção. Quando você chega pra doar o sangue você responde algumas perguntas que vão servir pra saber se você pode doar ou não, como por exemplo se você fez tatuagem ou piercing (só pode doar depois de 1 ano se você fez), se passou por alguma cirurgia, colonoscopia ou endoscopia (tem que esperar até seis meses depois desses), se usou drogas, se teve vários parceiros sexuais, se teve Hepatite, e por aí vão as perguntas. Depois delas você recebe um termo de auto-exclusão, que é um termo em que você concorda em deixar seu sangue ser utilizado em transfusões ou então se você quer descartar a bolsa da doação. Perguntei pra moça que atendia o porque daquilo e ela me respondeu que muita gente vai lá sem poder doar, faz todo o procedimento e pede pra descartar a bolsa, tudo pra poder ganhar o atestado médico de um dia. Acreditam nisso?

doar_sangue_2

Reparei também que a maioria das pessoas que estavam alí estavam doando para pacientes específicos, o que não é ruim, mas doar apenas para ajudar alguém também é tão legal! Vi em uma pesquisa que apenas 1,8% das pessoas doam sangue no país, um índice tão baixinho e que não custa nada ajudar. O ideal seria ter 3% de doadores, nada extravagante.

Sempre quis fazer isso, mas o que sempre pegou foi a preguiça, não nego não. Então resolvi que eu era a única pessoa que podia mudar isso e fui. Além disso divulguei pra todo mundo da empresa que trabalho e consegui arrecadar mais uma doadora pra ir lá. Engraçado como as pessoas tem tanto medo disso. Bem, agora estou feliz por poder ter ajudado alguém.

Procure o hemocentro da sua cidade e doe também =D