felicidade

Texto: Ser Feliz de Segunda à Segunda

equilibrio

Há algum tempo atrás assisti a este vídeo da Fernanda Pineda falando sobre “textos que falam pra você largar tudo e ser feliz, como se você tivesse uma vida de merda”. Ela ainda fala que as pessoas que fazem isso devem ter sangue azul ou ganhado na mega sena, que isso não funciona pra todo mundo e que as pessoas querem fazer só o que amam. Que isso é uma grande utopia e que isso deixa ela infeliz. Mas será?

Como comentei por lá, esse tipo de texto de gente que largou tudo pra fazer o que ama é o tipo de coisa que me move em direção ao meu sonho e ao que eu acredito. Não, eu não tenho sangue azul e muito menos ganhei na Mega Sena, eu tenho 27 anos, estudei em escola pública desde a adolescência, com muito custo fizeram esforço pra que eu fizesse um cursinho e consegui bolsa de estudo na faculdade que pude escolher fazer. Me formei e desde então trabalhava em agências de publicidade que sugaram minha saúde mental e física. Qual o problema de eu querer tentar fazer algo que me dê mais prazer?

Uma utopia dizer que fazer o que ama é não ter que trabalhar, isso sim. Eu estou fazendo algo que gosto, mas trabalho é trabalho. Tem muito problema pra resolver e muito imprevisto pra lidar, mas no final do dia eu sei que amo aquilo e deito em paz com a cabeça no travesseiro. Não é ter o lugar perfeito que NUNCA dá problema, e sim ter mais prazer que ódio. Você pode muito bem ser feliz em uma agência de publicidade que faz você trabalhar até altas horas da madrugada e te paga apenas a pizza pra você não morrer de fome. Conheço gente que ama isso e quer mais. Pra mim não deu, sou mimada por isso? Se ser mimada é escolher empreender na própria empresa, correr atrás de aprender administração, gerenciamento de projetos, costura, ilustração, marketing digital, planejamento estratégico e mais sei lá quantas coisas que já corri atrás pra aprender desce que comecei a cuidar da minha empresa, então ok.

Ninguém é obrigado a nada, principalmente a largar tudo, mas e quem quer? E quem aos trancos e barrancos começa algo que lhe traz paixão e brilho nos olhos, isso sendo uma horta orgânica, uma loja, um ateliê… acho linda a coragem dessas pessoas. Dá pra ser feliz de segunda à segunda sim, mas nada vem de graça, tudo vem com muito trabalho e dedicação, e isso sim é pra poucos.

Em busca da felicidade

borboleta

Eu não sei se sou eu sempre a procura de histórias inspiradoras ou se todo mundo começa uma busca pela satisfação pessoal e por mais momentos únicos e especiais. A qualidade de vida começa a ser uma preocupação constante entre as pessoas em uma busca por algo que lhes preencha o coração. Pode ser uma busca utópica, uma bobeira de um coração que tem apenas 25 invernos e ainda tem muita esperança na vida e nas pessoas, mas a cada dia a mais me deparo com projetos gostosos, daqueles que te fazem ter esperança no mundo, na vida e na existência. Projetos fofinhos, quentinhos e que tem até aquele cheiro de bolo de laranja de vó. Quando me deparo com eles é como se minha bateria se recarregasse, como se mundo estivesse em minhas mãos e que eu posso fazer aquilo que eu bem quiser. Aí penso que ainda tenho que achar aquilo que realmente me fará satisfeita comigo mesma. Enquanto esse momento de epifania pessoal não chega, vim trazer pra vocês esses canais e páginas de pessoas que fazem meus dias mais recheados de coisas boas.

AMF – Amo Meu Fazer
Como eles mesmo dizem “uma revista quinzenal sobre pessoas que amam o que fazem”. O layout já é um aconchego gostoso e cheio de fotos lindas das pessoas e seus “fazeres”. Vale a pena fuçar e ler cada historia que alí é contada.

continuecurioso
“Webbsérie documental que retrata experiências de pessoas que se desprenderam de um jeito convencional de levar a vida”. Fofo, inspirador e me fez chorar algumas vezes. Acho que isso acontece quando vemos gente cheia de paixão.

GLÜCK Project
“Uma investigação sobre a felicidade”. Novo, mas nem por isso menos inspirador.

Editado dia 8 de outubro de 2013: Adicionando mais inspirações!

Agora Sim! Dica da Bianca Moraes
“Uma diretora de arte e uma redatora, curiosas para conhecer histórias de quem teve coragem de mudar e, Agora Sim!, é feliz na profissão.”.
Primeiro site de mudança de profissão, é assim que elas falam de coisas pra te inspirar e dar esperança. Sempre é hora!

Eu Faço Porque Amo
“Fazer o que se AMA, encontrar propósito e significado no trabalho é uma busca constante para a maioria das pessoas. Inspire-se conosco e diga com orgulho: #eufaçoporqueamo!”. Sigo a página do Facebook e acho que tem coisas legais pra aproveitar de lá.

Compro de quem faz Dica da Bianca Moraes
“O Compro de Quem Faz nasce para ser um movimento a favor de artesãos e artistas criativos e independentes. É um movimento para incentivar o sustentável e o local, por meio do apoio às pessoas que amam o que fazem.”.