feriado

Aristogatas (1970)

Bom, como umas semanas atrás fiquei devendo uma sugestão de filme, vamos aproveitar o feriado para colocar tudo em ordem. Então para o Dia da Independência, deixamos a sugestão de um clássico bem old school de Walt Disney, esse vai para aqueles que curtem uns bichanos de animais de estimação, a sugestão de hoje é “Aristogatas”.


Se passando na Paris do início do século passado, em 1910, conhecemos a personagem Duquesa, uma gata refinada que tem seus 3 filhotes Marie, Toulouse e Berlioz. Todos vivem numa bela casa de Madame, seu modormo Edgar e também a égua Fru-Fru e o simpático ratinho Roquefort. Na casa, os felinos recebem um tratamento aristocratico, que é o que intitula o filme, extremamente super cuidados. Devido a isso, durante a visita do advogado da Madame, ela resolve preparar seu testamento deixando todos seus bens e fortuna para os bichanos, fato que faz com que o Edgar se revolte e crie um plano ardiloso para se livrar dos animais de estimação de sua patroa.


Na mesma noite, ele serve no jantar dos gatinhos diversos comprimidos para dormir, e após caírem no sono, leva todos para fora dos arredores da cidade luz. Porém, durante a aplicação de seu plano, ele acaba tendo problemas ao encontrar a dupla de cachorros Napoleon (que possuí uma audição extremamente aguçada) e Lafayette, o qual é mais atrapalhado. Assim, o cesto que estavam os felinos  acaba caíndo próximo a um rio e se perdendo.


No dia seguinte, Duquesa conhece o gato vira-latas, e galanteador, Thomas O’Malley, que em primeiro momento tenta seduzir a bela felina, mas se assusta ao ver os filhotes. Contudo, resolve ajuda-los a voltarem para casa. Ao longo de seu caminho, conhecem diversos outros personagens, como as gêmeas gansas, e a tupre de gatos pilantras que tocam uma das músicas mais legais da trilha sonora “Everybody WantsTo Be A Cat”.


Em Aristogatas, vemos muito do início das produções animadas, em diversas sequências é possível ver os traços esboçados dos personagens, quando ainda era trabalhoso realizar o clean-up, após a finalização. Os cenários, coloridos ainda manualmente, se diferenciam bem dos personagens em movimento, como realmente deve ser um desenho animado. Apesar de ter um ar de “A Dama e o Vagabundo”, o longa metragem foi muito bem recebido na Europa, principalmente, na França. O ritmo do filme é um pouco parado até a sequência do sequestro, depois tem outra dinâmica, e as músicas compostas com uma graça francesa deixam muito bonito o conjunto apresentado. Sendo o último trabalho do músico Maurice Chevalier, o qual já havia se aposentado, mas ao ouvir a demo enviada por Robert & Richard Sherman, aceitou fazer mais esse trabalho pra música tema do filme.
Não apenas isso, vale ressaltar a participação da atriz Eva Gabor, na voz da gata Duquesa, e dentre os extras, a apresentação de fotos do co-diretor dirigindo encenações de pessoas reais que serviram de referencia aos ilustradores.


Nesses, aproximados, 79 minutos podemos colocar em pauta a questão da extensão de tantos desenhos a serem feitos para uma produção desse porte, e ao mesmo tempo, pensar que é um tempo adequado para a aventura se desenrolar e não ser cansativo para as crianças. Deixamos essa recomendação para se divertir com a família sem muitas pretenções e bastante alegria com o balanço musical e a amizade entre os personagens.


Ficamos por aqui, bom feriado a todos!
Logo mais tem mais.
Ateh! o/

Fugindo do Carnaval

Ah… Carnaval. Época de folia, curtição, muito confete, serpentina e espuminha. Coisas que algumas pessoas não curtem, como eu.

Bailes de carnaval eu ainda gosto, com musiquinhas de axé, marchinhas, chiquitas bacanas, isso é divertido se você vai com amigos e fica lá pulando. Mas confete? O negócio entra em lugares indesejados, e os marmanjos sem graça insistem em jogar no seu olho. Serpentina é legal, pra quem sabe jogar. As espuminhas são o terror da garotada! Ainda bem que está proibida em ações “infanto-terroristas”. O bom messssmo desse feriado é: FERIADO! Não se trabalha, só se fica em casa, curte uma piscininha, toma sorvete…

Se você não curte muito o Carnaval, aí vão dicas pra você fazer algo:

* Leia – sempre aproveito pra andar mais algumas páginas em alguma aventura,romance,ação que estou lendo;

* Vá ao Cinema -Tem muito filme bom em cartaz! Como Avatar, 500 Dias com Ela, Amor sem Escalas, aproveite e aumente seus números no Filmow;

* Marque uma “Sessão Pipoca Retrô”- quem disse que só filmes novos merecem ser assistidos? Marque com amigos (eu já marquei com minhas amigas!) e assista filmes antigos como Casablanca, Cães de Aluguel, Dançando na Chuva, Noviça Rebelde…

* Fique Pró em Games – Aproveite para treinar seu Hendrix que vive dentro de você em um Guitar Hero, ou então treine seus Hadoukens!

* Exorcise essa cor “branco escritório” – vá pra praia/piscina. Eu não gosto do Sol, prefiro a água. Nesse calor só ajuda e alivia! Mas muito protetor solar, ninguém quer descascar ou ganhar queimaduras!

Aproveite o feriado da maneira que você mais desejar! Afinal, feriado é pra descansar! Mas se você vai curtir, curta com responsabilidade!

Feriadão em Fotos

Olá lindas pessoas que acompanham meu bloguito! Desculpem o sumiço, mas é que semana passada passei mal aqui no Vale e tive que ir pra Minas fazer exames e passar por um médico para ele me passar um remédio caro e constatar uma gastrite. Mas tirando enjoos e dores de cabeça eu fiz coisas boas, como conhecer a fofa da Cris, (descobri que ela teve aula com minha mãe e tomamos um sorvetinho no Emecí Donáudis) e pude comer muuuuito doce (vide fotos abaixo). Bem, para mais detalhes, temos fotos! O Halloween tava uma delícia, esse ano tivemos menos gente mas esteve bom! Teve até Jack O’Lantern Michael Jackson!

Unha pronta pra festinha de sábado.

Alguém quer doce?

Onde foram parar os doces? 20 chapéus de bruxa cheinhos de doce!

Nham… que fome

Jack’O Lantern Neon