fitness

Corrida: Bravus Race – Etapa Arena – São Paulo

bravus_1
Paredão pra escalar e passar.

Eu só havia participado da Unimed Run aqui em São José dos Campos ano passado, mas o pessoal do kung fu me convenceu e montamos uma equipe bacana pra participar dessa coisa maluca de 3 quilômetros com 10 obstáculos. Então 28 de junho foi o dia de levantar cedo e ir pro Pacaembu, em São Paulo, participar dessa corrida diferente. Dois dias antes descobrimos que não seriam 10 obstáculos, mas sim 15, afinal “ser um Bravus é estar preparado para tudo”.

Preparação: Além dos treinos de kung fu (3 vezes por semana), fizemos treinos extras pra ganhar mais força e eu voltei a correr para ganhar mais velocidade e fôlego, tudo para tentar estar o mais bem preparada possível para a corrida. Mesmo fazendo isso eu tinha receio de não fazer direito as provas e atrapalhar o grupo, ou até mesmo de passar mal na prova.

bravus_2
Desce e sobe com saco de areia.

A prova: Todos fomos com espírito de fazer a prova em equipe e nos divertir, e foi exatamente isso que tivemos. Fizemos o percurso em uma hora e seis minutos, com muita escadaria pelas arquibancadas do estádio, sobe e desce com galão de água e saco de areia nas costas. Precisei parar em alguns momentos pra recuperar o fôlego, mas não foi nada de outro mundo. O medo que eles colocam é maior do que tudo que tem por lá. Minha equipe (formada pelo noivo e três colegas do kung fu) foi linda. Sério. Me ajudaram muito e me incentivaram bastante. Acho que nessas horas isso faz a total diferença e por conta disso dei meu melhor na prova. Fiquei impressionada por conseguir fazer tantas coisas e realmente redefini meus limites. Você termina a prova de alma lavada!

Abaixo, o teaser da prova de domingo no Instagram do evento:

Agora vão acontecer duas outras etapas aqui em São José dos Campos, a Speed (5km + 15 obstáculos) e a Monster (10km + 25 obstáculos). Essa prova vai ser com lama e outros obstáculos malucos, e estamos já pensando em fazer uma delas. Vocês encaram? Olha o vídeo da nossa equipe no YouTube e vê se anima pras próximas etapas!

Para mais informações das Bravus Race, entre no site: http://bravusrace.ativo.com/bravus2015/.
Fotos: Instagram da Bravus e arquivo pessoal.

Experimentando o P90X

 
Nunca tive muito problema com peso, sempre tive uma alimentação boa, minha mãe e meu pai sempre me incentivaram a comer muitas frutas e verduras e devo a eles meu ótimo hábito para comer. Por incrível que pareça: “SIM! EU GOSTO DE SALADAS!”. Por mais maluco que isso possa parecer pra muita gente. Eu como de 3 em 3 horas devido à uma gastrite que me fez prestar atenção nos horários da minha alimentação e como pouco. Resumindo, exercício pra mim é mais uma opção para saúde do corpo. Eu trabalho sentada mais de 12h por dia, isso se reflete em dores nas costas, braços e mãos. Durante a faculdade fiz 2 anos de academia, 3 vezes por semana de localizada, e desde que comecei não consigo ficar mais muito tempo sem exercícios. Mudei de cidade e logo que as dores começaram eu já me inscrevi em uma academia para fazer musculação e yoga. É bem mais pesado o ritmo, mas as três vezes por semana me ajudavam a manter as dores longe. Fiquei meio sem tempo($$) e de uns tempos pra cá estava me sentindo muito inútil e parada, por isso fui correndo na internet ver o que ela podiam fazer por mim. Foi ai que achei o post da Carolina e uma luz se acendeu. Este P90X prometeu me dar um condicionamento físico que eu nunca tive, então, resolvi começar!

 

O que é P90X?

P90X ou Power 90 Extreme, é um programa de treinamento físico para se fazer em casa criado pelo Tony Horton junto a equipe do Beachbody. E que promete resultado em 90 dias. Esse intenso programa de atividades combina entre exercícios de cardio, peso e resistência, yoga, plyometria e rotinas de alongamento para aprimorar a coordenação, flexibilidade e força.

Resumindo, um treino quase que completo. Então comprei uma barra dessas que você prende no batente da porta e resolvi começar! Pra não perder o pique e desanimar, resolvi ir contando pra vocês como estou me saindo nessa jornada de dor exercícios.

Comecei ontem, fiz o primeiro treino de Peito e Costas e tenho que confessar achei que não ia aguentar, mas comecei fazendo no meu ritmo como havia lido em alguns lugares, não peguei pesado e mesmo assim hoje as dores musculares não me deixam, quem manda ficar mais de dois meses sem se exercitar? Abdominais IMPOSSÍVEIS de se fazer, espero conseguir daqui 90 dias.  Mesmo assim hoje fiz o dia 2, Plyometrics. Frenético, maluco e bem aeróbico, pulei alguns, fiz outros com dificuldade, mas não desanimei e amanhã tem mais.

Espero que vocês gostem de acompanhar por aqui a dureza o treino. Fotos apenas daqui 30 dias!

Referências : Treino P90X Brasil,  Mundo Fitness em Casa e Pensando Magro.