gorda safada

Panettones e Chocottones 2015

panettone_chocottone_1

Quem me conhece e segue o blog há algum tempo deve se lembrar que meu bloguinho se chamava Chocottone até alguns meses atrás. Poisé e não é por mera coincidência. Eu tenho uma paixão por estes pães maravilhosos que ninguém consegue explicar. Já fiz post com história do panettone da Bauducco e com a história desta receita que me faz ficar felizinha sempre que começa a pipocar nas prateleiras dos supermercados, então este ano não poderia ser diferente, tive que vir aqui fazer meu post de “Ode aos Panettones” e mostrar o que tem este ano de gostoso por aí.

Vale avisar que nenhuma marca me pagou pra aparecer aqui, o que é uma pena porque eu seria uma garota propaganda maravilhosa, ainda mais se resolvessem me vestir com pedaços de panetone DE VERDADE e pudesse levar pra casa comigo. *sonho*

Vamos parar os devaneios e começar pelos produtos da Bauducco. Este ano eles trazem este maravilhoso Pandoro de novo, pra você suspirar a cada mordida. Uma vez me mandaram um em um press kit e posso dizer que fica maravilhoso com requeijão e com geleia. Aí tem também os tradicionais Panettones e Chocottones, maravilhosos como sempre, mas este ano tem a novidade dos Especiais! Eu tô namorando eles desde que vi nas bancas do supermercado, parecem ser deliciosos ao cubo, fora que damasco é bom sozinho, imagina no meio de uma massa de panettone?

panettones_chocottones

Outros que são super gostosos pra comprar nesta época são os da Cacau Show. Super fofinhos e recheados eles são a loucura do fim de ano e isso a gente prova com dia 24 não conseguindo entrar nas lojas. Comi uma vez na casa de alguém e fiquei apaixonada com a maravilhosidade que é. Os sabores são bem diferentes, e como toda boa loja de chocolate, eles fazem os bichinhos recheados como se fossem trufas! É pra largar a dieta sim!

panetones_chocotones_cacau_show

E por aqui? Mais alguém maluco por esses pães? Eu sou doida e podem me dar de presente sempre uma caixa desas delícias!

Being Red: Mandando bem na cozinha

being_red_1

Sabe a Red? Esta mulher russa linda que é personagem de “Orange is The New Black”? Então. Inspirada nessa diva da cozinha carcerária moderna, eu resolvi fazer um post com dicas pra você que quer se aventurar no mundo das panelas e talheres da cozinha da sua casa. Quando fui morar fora da casa de mamãe uma das primeiras preocupações foi: “COMÉ QUE EU VÔ CUMÊ?”. Desde então tenho me descoberto uma leve apreciadora da arte da gastronomia e sempre acho bacana aprender algo novo na cozinha. Não sou nenhuma chef, não sei servir pratos maravilhosos, mas pelo menos com o noivo e pessoas que vieram aqui em casa as comidinhas fazem sucesso e me considero hoje uma pessoa com um bom repertório culinário. Então pra você, amiguinho ou amiguinha que quer começar a cozinhar e fazer coisas gostosas na sua casa, aí vão algumas lições.

red_1

Comece pelo básico

Este conselho pode parecer óbvio pra alguns, mas deve ser seguido. Comece aprendendo a cortar uma cebola, quebrar um ovo, separar uma gema… habilidades que vão ser úteis quando você for cozinhar. Saiba que entender o que cada tempero faz, já é meio passo pra você saber cozinhar. Temperatura de forno e fogo também são importantes! Por exemplo, forno muito quente é bom para gratinar, mas dependendo do que for você pode ser que você queime por fora e deixe cru por dentro.

Crie Repertório

Use a internet e programas de TV para achar receitas legais que você goste e faça as que você se sentir confortável. Fazendo receitas você aprende o que fica bom com o quê, como misturar ingredientes e aos poucos cria intimidade com os instrumentos da cozinha e com os ingredientes. Lembro de querer descascar as coisas com a facilidade que minha mãe faz, e isso a gente só atinge com muita prática.

Erros acontecem

Ninguém está ileso a errar alguma receita. Até miojo eu já queimei (na verdade coloquei ele na panela e não coloquei água, mas ok). Não desanime! Use o poder da persuasão pra continuar tentando!

red_3

Observar e aprender

Muita coisa eu aprendi olhando pessoas cozinharem. Pães e roscas eu aprendi com as avós, arroz com a mãe, feijão com a amiga, fazer molho branco com um amigo e assim foi indo. Olhar as pessoas na cozinha ajuda e muito a aprender coisas novas! Pergunte também o porque das coisas, isso pode te trazer ensinamentos valiosos.

Pães, massas, saladas, carnes… o que você mais gosta?

É engraçado, mas conforme fui aprendendo comecei a me interessar por um tipo específicos de comida. Eu gosto de fazer molhos para massas e ADORO fazer pães e biscoitinhos! Amassar a massa é como uma grande brincadeira de massinha de gente grande pra mim. Minha mãe já gosta de cozinhar pratos doces, enquanto minha avó materna prefere os salgados. Cada um meio que desenvolve um gosto especial em preparar algum tipo de coisa na cozinha, por isso é tão bacana experimentar e se encontrar. Quando isso acontece a cozinha vira uma pequena terapia.

Desperdício Zero

É aqui que você ganha o selinho “RED” de cozinheiro bacana da casa. Quando você consegue olhar para o que tem na geladeira e inventar uma refeição inteira com o que tem lá dentro usando seus dotes culinários adquiridos com o tempo, você pode se considerar um bom cozinheiro. É este momento que sua barrinha de cook do The Sims chega ao máximo.

red_2

Lembrando que essas dicas eu criei pra quem quer cozinhar legalzinho, ter um almoço gostoso fim de semana com amigos e um dia ser uma avó que sabe cozinhar para seus netos. São coisas que fiz desde que sai de casa e que me ajudaram a cozinhar melhor e fazer comidinhas gostosas pra eu poder comer. Não sou profissional, não pretendo ser, mas nem por isso tenho que comer coisas ruins, né? =D

E ai pessoal? Gostaram do post? Quem vai se arriscar na cozinha?