Bonequinha de Luxo (Breakfast at Tiffany`s)“Adaptação da obra de Truman Capote, “Bonequinha de Luxo” é um dos clássicos da cinematografia mundial. Protagonizado por Audrey Hepburn, conta a história de Holly Golightly, uma jovem que tem vida social agitada, e parece nunca cansar de festas, drinks e novos conhecidos. Com uma vida totalmente confusa, ela vê sua máscara cair com a chegada de um vizinho novo, Paul Varjak. Aos poucos, Varjak perceberá que aquela moça que parece ser totalmente independente e decidida esconde um lado frágil e doce.”

Filme de 1961 e super conhecido e aclamado, é um filme antigo que estava na minha lista fazia tempos! Depois que assinei Netflix, vi o bendito aparecer sempre nas sugestões, então ontem decidi assistir! Achei que seria massante assisti-lo, já que muitos filmes de época, ainda mais romances, eu sempre acho que está tudo acontecendo muito devagar, mas não! Achei muito divertido, diferente e gostoso de se ver. Holly ou melhor, Audrey dá um baile de interpretação, principalmente na hora que ela está bêbada, eu ri muito. Delícia de personagem e é realmente impossível não se apaixonar pelo jeito de Lula Mae! Recomendo muito!

The Secret Worls of Arriety (Karigurashi no Arrietty)“A obra é a adaptação ao cinema do livro de “The Borrowers”, da britânica May Norton, que conta a história de uma família de gente pequenina que sobrevive “pegando emprestado” as coisas dos humanos de tamanho normal.”

Sei que esta animação não foi lançada no Brasil, mas como faz mais de ano que ela existe no Japão, baixei o lindo com ajuda da Marcela, que comentou aqui no blog e aproveitei o feriado pra curtir a animação. Não sei nem como descrever como esse desenho é fofo. A riqueza de detalhes, o modo como os pequeninos se adaptam com as coisas grandes, as casinhas, tudo é tão lindo! Como sempre a natureza exuberante sempre presente nos filmes do Studio Ghibli. A amizade sincera e pura e aquele final que te faz querer mais e mais. Trilha sonora PERFEITA da Cécile Corbel que eu não canso de ouvir.

Sinopse por Cinema com Rapadura