jessica_jones_2

Criação de Brian Michael Bendis e Michael Gaydos, a personagem de Jessica Jones surgiu nos quadrinhos em 2001 na série Marvel Alias que teve 28 edições. Nesta HQ ela se torna uma investigadora particular depois de se aposentar como heroína. Algumas diferenças existem ainda do quadrinho para a série do Netflix, porém tanto na série quanto nos quadrinhos, os super poderes que ela apresenta surgiram depois de um acidente de carro, mas ainda saberemos mais sobre isso na segunda temporada (será?).

Nesta primeira temporada descobrimos quem é Jessica (Krysten Ritter), quais os poderes que ela tem e até um pouco do seu passado, mostrando uma relação extremamente abusiva que deixou traumas permanentes no psicológico dela. O que me fez gostar da série foi a mistura entre ação e investigação, afinal, como uma investigadora muito boa no que faz, Jones faz o melhor estilo “Sherlock” dos personagens da Marvel. Fora que o vilão, Kill Grave (interpretado maravilhosamente por David Tennant) é daqueles que você só pensa “como ela vai se livrar deste cara?”, já que ele tem o poder de mandar qualquer pessoa fazer qualquer coisa, e elas obedecem como em um transe hipnótico.

jessica_jones_1Jessica dos quadrinhos, quem viu essa roupa na série?

Além das “tretas” ainda acompanhamos os dramas pessoais da personagem com sua amiga Patsy (Rachael Taylor), que também tem um passado bem conturbado com a mãe, e o romance com Luke Cage (Mike Colter). Como um easter egg ainda temos a participação de Claire Temple (Rosario Dawson), que faz uma enfermeira na série Demolidor .

A série é muito boa e terminamos ela muito rápido aqui em casa, mais alguém devorou esta série? O que vocês acharam?