Meme

Meme: Epic Reads

epic_read

Sou a maior enrolada pra responder memes, tags e coisas do tipo, mas uma hora nessa vida eu resolvo responder, porque fica guardadinho aqui no meu rascunho. Como faz tempo que não respondo nenhum, peguei este que foi indicado pela Cris e vim aqui correndinho responder esse meme que fala de livros e leituras.

1) Você pode convidar um autor e um personagem para um chá, quem seriam?
Convidaria J.R.R.Tolkien, pra que ele me contasse mais sobre a Terra Média e como as coisas vieram parar na cabeça dele, e adoraria ter também a companhia de Viviane, de “As Brumas de Avalon” pra quem sabe dar uns conselhos.

2) Este autor poderá escrever um prequel para algum personagem, para quem seria?
Acho que tudo que tem que ser contado os autores contam, mas a vida de Daenerys deve ter sido interessante até antes de se casar com Drogo.

3) Crie um bom casal de personagens de livros diferentes.
Daenerys e Eragon? Acho que Dany poderia super aprender muita coisa com Eragon e vice-versa. Afinal, os dois tem que domar dragões né? Mas não sei se Eragon é maduro o suficiente pra Dany. o que acham?

4) Você está numa estação e um escritor está prestes a entrar no ônibus. Qual escritor seria e o que você gritaria pra ele?
Meg Cabot. Gritaria “I love Genovia”, com certeza. Acho as histórias do Diário da Princesa muito divertidas.

5) Qual livro te transformou num leitor?
“Harry Potter e a Câmara Secreta”, porque eu li primeiro esse, como expliquei no vídeo que falei da minha paixão por Harry Potter lá no canal.

6) Está acontecendo um incêndio na sua estante, qual livro você salva primeiro?
Um de contos dos Irmãos Grimm que tenho, capa dura, todo ilustrado. Acho lindo.

7) Em qual universo distópico você viveria e porque?
A pergunta mais difícil deste meme por vários fatores, mas eu viveria muito em Nárnia, com a natureza lindona, bichos que falam e magia.

8) Qual a sua leitura mais épica de todos os tempos?
Diria que foi Senhor dos Anéis, me marcou muito o livro, os filmes, com ele conheci pessoas maravilhosas e até hoje gosto e rever e visitar a Terra Média.

Indicando pra Clay, a Sté e a Tamy, mas fica livre pra quem quiser, e se for responder, me manda o link pra eu ver!

5 Histórias Constrangedoras Sobre Mim

Faz um tempo que fui indicada pela Mari pra responder esta tag e contar histórias constrangedoras sobre mim, mas é tão corrida a vida que só consegui responder agora, olha só! Achei a tag bem divertida, mas foi difícil lembrar as situações, quando a gente conversa com amigos as coisas saem sem a gente perceber, mas ter que lembrar delas pra escrever foi difícil, bem vamos lá:

porre

1. Aquela do Porre – Quem me conhece sabe que bebo quase que nada e por isso fico bêbada super rápido. Acontece que uma vez em uma festa de formatura de um amigo do noivo eles serviam taças de um champanhe muito gostoso e eu achei que a coisa era suco, quando dei por mim já estava do lado de fora da festa colocando toda a bebida pra fora e logo depois estava deitada em um puf da festa com terno do noivo me cobrindo. Os pais do rapaz estavam na festa e eles que tomaram conta de mim enquanto eu dormia. Foi vergonha porque nunca havia acontecido aquilo comigo e eu fiquei toda sem graça depois. O que não impediu que quase o mesmo fato ocorresse mais uma vez anos depois, malditos champanhes!

caindo

2. Aquela do Tombo – Eu havia acabado de me mudar para o Vale do Paraíba e fui na minha primeira festinha em república com um pessoal da faculdade e da república que eu morava. Foi divertido, tinha música, rimos bastante e tudo mais. A festa era a umas cinco casas de distância de onde morávamos e na volta todas resolvemos correr pra casa. Ótima ideia, não? Eu sempre fui um moleque então disparei a correr, porém um fato importante deve ser colocado aqui: eu estava de saia E sandália. Eu sou uma pessoa genial mesmo. Quando dei por mim eu já havia tropeçado e voado alguns metros caindo de joelho e saia pra cima, pra todo mundo da rua ver minha calcinha. Ainda bem que era de madrugada e só as companheiras de república que viram isso. Mas por um tempo fiquei conhecida como “Mi Peixinho”, pelo meu mergulho no asfalto.

falling
3. Aquela do SUPER Tombo – Estava eu numa sexta-feira de trabalho, super ansiosa para encontrar o então namorado em outra cidade. Saí atrasada, pra variar tinha que fechar alguns arquivos, e fui na pressa para pegar um taxi e ir para a rodoviária pois o relógio estava rodando contra mim. Pra ajudar toda a situação, eu cai. Como uma jaca. Esse gif conseguiu demonstrar exatamente o que aconteceu comigo, eu fui e as coisas foram. Tudo que estava carregando foi arremessado pela calçada. Pessoas passavam por ali e devem ter gargalhado por dias. Doeu. MUITO. Levantei correndo, peguei tudo e corri para o taxi e foi só lá dentro que eu chorei de dor. No ônibus eu não conseguia dobrar a perna e só quando cheguei na casa do namorado que vi o estado do coitado: inchado. Isso me rendeu uma vergonha imensa, duas idas ao hospital, vários meses de bolsa de gelo no joelho e semanas mancando.

esmeralda
4. Aquela do Carinha da Escola – Sempre fui uma menina tímida. MUITO. E como toda garota tímida, eu tinha minhas paixões platônicas escolares. Um belo dia alguém que stalkeava minha carteira na sala descobre minha quedinha por um colega de classe e do nada a turma toda começa a se movimentar para tentar unir os pombinhos. Problema: Nunca havia beijado NINGUÉM, o que imediatamente liberou adrenalina doida dentro de mim e me fez travar na vida. O menino disse sim e todo mundo feliz com o possível desfecho de final feliz ficou chateado quando eu falei: “não rola mesmo, desculpaê”, tudo pela vergonha. Fiquei com vergonha de tudo e todos na sala, mas aprendi a ser mais discreta com meus desenhos e devaneios.

kiss
5. Aquela do Primeiro Beijo – Já que falei de beijo que não dei, que tal o beijo que dei? Mais especificamente o primeiro. Lembro como se fosse hoje. Era um carinha da escola, ele não estava muito feliz de saber que eu nunca havia beijado ninguém, pelo menos é o que me falaram, e eu esperei todo mundo sair da sala no fim da aula pra tomar a coragem. Foi rápido, tipo tirar band-aid, mas eu lembro de falar logo depois: “ah, então, minha mãe ta me esperando, tenho que ir” e sai correndo. CORRENDO. Isso mesmo que você leu. Sai.Correndo.Do.Cara. Meu coração ia sair pela boca e eu quase morri de vergonha dele no outro dia porque, o que dizer quando você faz isso? Resultado, eu ainda fiquei com o rapaz mais uma vez, mas nada aconteceu porque eu era muito devagar nessas coisas de romance real com meus 15 anos.

E vocês? Alguma história parecida? Vou aproveitar a oportunidade e indicar a Duds, a Stephanie e a .

Tag: Minhas 7 Sensações Favoritas

Vi este post lá no blog da Taís, achei tão poética e gostosa que resolvi pegar emprestado e fazer por aqui também, que tal? Quando falamos de sensação logo algumas vem na minha cabeça, coisas bobas, mas que podem fazer um dia ser mais feliz apenas por uma delas acontecer. Aqui um aviso importante: pra que as sensações sejam sentidas, elas precisam ser encontradas e muitas vezes um dia ruim, um mau humor pode te impedir de sentí-las, então é importante ficar sempre atento.

sensacao_1

Vento batendo na pele (ou meu lado Pocahontas) – Quando tem um dia com vento mais forte, eu fico deliciada em senti-lo batendo na minha pele. Ele vem pesado e parece que quase conseguimos tocar e pegar. Gosto de ver as folhinhas caídas no chão fazendo movimento circular, como se desenhassem algo.

cheiro_chuva

Cheiro de Chuva – Principalmente agora no calor, um bom cheiro de chuva misturado com o barulhinho que ela faz, ajudam a refrescar a gente de dentro pra fora. Um som que me trás tranquilidade e por isso uso até uma gravação com ele pra meditar.

janelas

Luz entrando num ambiente – Aqui já vai começar a loucura, mas quando o dia está bem lindo e claro gosto de ver como a luz entrar nos ambientes e deixar eles aconchegantes. No meu quarto e na sala eu gosto quando a luz entra na parte da manhã, dá uma vontade de ficar na cama lendo por horas. Meu sonho é uma casa com janelas enormes e portas enormes, pra ser tudo super iluminado.

cebola

Cheiro de cebola e alho sendo refogados – Pra mim não tem nada melhor pra abrir um apetite que este cheirinho delicioso! Lá na casa da minha mãe ela prefere a praticidade da cebola e do alho desidratados, mas eu prefiro ter um pouco mais de trabalho e jogar este cheirinho no ar quando estou na cozinha.

limpeza

Limpeza – Minha parte maluca batendo aqui de novo, mas é que eu adoro quando termino de limpar a casa e sinto que ela está realmente arrumada e cheirosa. Jogo no ar sempre um cheirinho ou acendo um incenso só pra completar toda essa coisa gostosa de saber que ela está pronta pra mais uma semana, assim como eu.

banho

Banho tomado – Depois daquele dia cheio de coisas pra fazer, calor, sol, exercício, cozinha, tudo junto em você, nada melhor que um banho delicioso pra relaxar, e é depois disso que vem aquela sensação gostosa que fica na pele.

viagem

Viagem – Aquela sensação de ansiedade antes de uma viagem, aquela que vem com fazer as malas e o desejo de encontrar e descobrir coisas novas, não tem nada mais gostoso! O legal é que esta sensação te acompanha sempre em uma viagem e perdura por dias.

Ainda poderia colocar algumas a mais aqui, como correr com uma música empolgante, tomar banho depois de uma corrida, acertar um movimento no kung fu, ou até mesmo a boa e velha sensação de dever cumprido. Mas e vocês? Quais as que vocês mais gostam? Quero indicar essa tag pra fofa da Ana Carô, pra Rê Vitrola e pra Lívia.

Fotos do Unsplash : Michael Hull | Mike Kotsch | Ewa Stepkowska | Webvilla | Breather | Joshua Earle

Tag: Geek Girl

geek_girl_1

Depois que vi essa tag no Nerdiva eu fiquei morrendo de vontade de fazer e então resolvi dar uma roubadinha da Thaís e colocar ela aqui pra poder falar um pouco mais desse lado meu que anda ficando meio escondido aqui no blog.

1. Um game que te fez ficar sem dormir.
Atualmente o jogo que me fez ficar até tarde foi o Tomb Raider: Underworld, o nono jogo da série que tem Lara Croft como personagem principal. Ainda estou no começo do jogo, mas é tão bom que se deixar fico e fico e fico… pena que ultimamente tenho pouco tempo pra jogar.

2. Um filme que te fez tremer.
Quem me conhece sabe que não curto filme de “fazer tremer”, então não sou muito base pra isso. “O Chamado” deve ter sido o último de terror que vi, há muito, muuuuuito tempo.

3. Um desenho ou anime que te fez chorar.
Desenho é fácil: Divertidamente me fez ser criança chorona no cinema. Estava numa sessão sozinha, cheia de pais e filhos e chorei bastante. A síndrome de Peter Pan aflorou e meu “eu-criança” se fez presente.

4. Um seriado que te fez gargalhar.
O que me veio agora na cabeça foi Gilmore Girls, que foi renovada pra uma temporada especialíssima no Netflix. Eu amo rever os episódios quando acho no PC, a trilha era ótima e elas eram simplesmente maravilhosas. Torcendo muito pra poder revê-las.

geek_girl_2

5. O melhor super herói.
WOL.VE.RI.NE. Principalmente pela interpretação de Hugh Jackman (S2), mas já era fã do personagem desde o desenho que passava nos anos 90. O humor ácido e a paciência zero me faziam dar altas gargalhadas.

6. O melhor vilão que já existiu
Poxa, eu nunca dou muita bola pra vilões, sou dessas que adora um bom moço/boa moça, mas se tiver que escolher eu fico com Darth Vader pelo grau de significância que ele tem até hoje. Um dos vilões mais pops que temos, amado por crianças e adultos.

7. O crossover geek dos seus sonhos.
Nossa mãe! Esse é o tópico mais difícil dessa tag. Primeiro que nunca parei pra pensar nisso, então tudo fica estranho pra mim quando misturado, mas já que é pra viajar, Ghostbusters com Supernatural? Frozen com a Origem dos Guardiões? Não sei.

8. Classe do seu personagem no RPG.
Nunca joguei o RPG com mestre e tudo mais, pois nunca achei grupos de conhecidos ou algo do tipo, mas sempre pirei na ideia do jogo. Nas histórias do Pônei Saltitante, um grupo de discussão do Yahoo onde criávamos histórias baseadas em coisas nonsenses e Senhor dos Anéis, minha personagem era uma meia-elfa meia-humana, mas não lembro dela ter classe, se tivesse que escolher seria feiticeira.

9. Os 3 sites que você mais acessa.
Tirando redes sociais eu adoro o Cinema com Rapadura pra saber sobre cinema, Jovem Nerd pra saber sobre coisas nerds e o bom e velho UOL pra saber se o mundo acabou ou não.

10. O seu melhor item geek.
Acho que meu iPad. Ganhei da minha mãe há alguns anos e ele me ajuda em muuuuita coisa, principalmente quando viajo e quero continuar a ver fotos e vídeos e postar nas redes sociais do blog e da Alpaka. Além disso estou treinando e aprendendo francês nele.

E ai curtiram? Alguém se identificou? Vou indicar a Cris e a Babee pra continuar essa corrente.