passeio

Jump Park – Cama elástica para adultos e crianças

Cama elástica para adultos e crianças em São José dos Campos

Cama elástica para adultos

Como foi?

Eu queria muito brincar nesses parques de cama elástica, tipo MUITO, então o dia que eu descobri que aqui na cidade tinha um lugar pra poder me jogar – literalmente – eu fiquei bem animada. Marquei com o noivo e um amigo nosso de irmos lá e não poderia ter sido mais divertido! Saímos depois de uma hora de pulação esgotados e pingando suor, uma atividade física deliciosa.

Eu pulando na cama elástica para adultos
O que é um pontinho rosa pulando?

O lugar

Tentamos ir em um momento lá no Jump Park, mas estava cheio de crianças, aí ficamos com receio de entrar e acabar machucando alguma e não entramos. A responsável pelo lugar, uma graça ela inclusive, disse que quando tem muita criança, adulto não entra e vice-versa. Pena que não ter um lugar separado, mas depois fomos em um dia de semana mais tranquilo e praticamente ficamos sozinhos por lá virando piruetas de todos os jeitos. O que dá pra fazer pra resolver isso é marcar com um grupo de pessoas, amigos, parentes e reservar o lugar só pra vocês, eles também fazem aniversários por lá.

Para entrar pagamos pagamos meia hora (R$28) e ficamos uma inteira por conta de uma promoção, mas pra entrar você tem que ter a meia antiderrapante e pode ser comprada no local(R$10) se você não tiver. O lugar conta com 200 metros quadrados de cama elástica, uma parte com cestas de basquete, bolas e um outro com espumas pra virar mortais e piruetas no ar.

Para mais informações visite a página do Facebook do Jump Park e visite eles no Shopping Colinas.

Passeio: Templo Zulai – Cotia/SP

Templo Zulai

Em Cotia, cidade que fica pertinho da capital de São Paulo, encontra-se um espacinho do oriente, e em fevereiro tive a oportunidade de conhecer este lugar. No dia 5 de fevereiro aconteceu por lá a comemoração do Ano Novo Chinês do galo, que pela cultura oriental é comemorado com base nas fases da lua e na posição do sol, diferenciando assim todo ano a data deste acontecimento. No dia de festa você encontra por lá muitas barraquinhas de comida, apresentações de música, leão chinês, kung fu (AMO) e MUITA GENTE!

O Templo Zulai possui uma edificação de 10 mil m2 de área construída, em uma área total de 150.000 m2. O projeto arquitetônico foi inspirado no estilo oriental dos palácios da Dinastia Tang e foi desenvolvido por arquitetos chineses, taiwaneses, japoneses e brasileiros. As obras foram concluídas em outubro de 2003, fazendo surgir, assim, a “Terra Pura” do Budismo Humanista na América do Sul.

Templo Zulai

Templo Zulai

Sobre o passeio

O dia estava bem quente, mas por lá foi fácil encontrar lugares pra se esconder do sol. As comidas das barraquinhas tinham preços tranquilo, variando entre R$5 e R$10, dependendo do que você queria comer. Lembrando que todas as comidas dentro do templo são vegetarianas.

Quero muito voltar lá com mais tempo, curtir melhor o lugar e os jardins, pois no dia estava tudo lotado demais. Se você quer ver as apresentações chegue cedo e fique já no seu lugar, pois não consegui ver nada, já que tudo é feito no pátio e não em um lugar mais alto, então quem fica na parte de cima do lugar só vê algo se realmente sentar e não sair. As apresentações acontecem a tarde toda e são feitas por pessoas que participam dos projetos feitos pelo templo. Apesar do tumulto, o lugar é lindo! Vale muito a visita e se você tiver paciência, vá na comemoração do Ano Novo, porque é bem legal.

Templo Zulai

Templo Zulai

Como chegar?

O templo fica na Estrada Fernando Nobre, 1461 (Acesso pelo Km 28,5 da Rodovia Raposo Tavares), e você vê placas indicativas na rodovia, acesso bem fácil. Porém em dias de evento recomenda-se chegar BEM cedo, pois fica tudo lotado, principalmente estacionamentos.

Quanto? Entrada gratuita, até nos dias de evento.

Quer saber mais?
Visite o site do templo: http://www.templozulai.org.br

Passeio: Trilha da Praia de Fora – Ubatuba/SP

Eu já tinha postado aqui falando sobre o passeio de snorkeling na Ilha das Couves, ai agora vim completar as postagens da viagem contando sobre uma trilha que fizemos no dia seguinte, que foi a Trilha da Praia de Fora em Ubatuba.

O passeio

Saímos da praia de manhã, porém com atraso. Novamente ficamos mais de uma hora esperando o pessoal chegar de São José dos Campos, como ocorreu no dia anterior por conta do grande fluxo de pessoas. Fica então novamente a dica de não fazer nada nesta época de alta temporada se você não quiser tumultos e atrasos. O que é ruim é que, por isso, ficamos pouco tempo na Praia de Fora pois havia horário de retorno pra gente, já que a trilha demora na média uma hora, mas passou.

Saímos da Enseada e fomos direto para a praia do Godói, praia linda, porém de mar bravo e cheia de pedras. Os guias falaram para não arriscar nadar ali, então descansamos um pouco e logo retomamos a trilha para chegar na Praia de Fora. Chegando lá ela estava praticamente deserta, livre pra gente. O mar estava uma delícia e conseguimos aproveitar a nossa uma hora e meia ali de maneira bem gostosa. Os guias foram super atenciosos e a todo momento iam falando sobre fatos do lugar onde estávamos, isso foi muito legal.

No horário marcado, levantamos acampamento e voltamos para a Enseada novamente. Chegando lá conseguimos uma ducha doce pra tirar o sal e trocamos de roupa para enfrentar 4 horas de carro voltando pra São José.

Praia da Enseada.

A trilha

Eu e o noivo estamos meio acostumados com trilhas, já contei aqui sobre a Pedra da Macela (Cunha-SP), Pico das Agulhas Negras (Itatiaia/RJ) e a Pedra da Onça (São Francisco Xavier/SP), então achamos a trilha muuuuuito tranquila. Meu irmão nunca tinha feito nada do tipo e foi de boa. Teve até gente que fez a trilha de chinelo, acredite, mesmo as dicas sendo pra fazer de tênis.

Primeira parada – Praia do Godói.

Praia de Fora.

Como fizemos

Mais uma vez contratamos o serviço da EcovaleTur, empresa aqui do vale que é especializada em turismo ecológico. O passeio saiu por R$50 por pessoa, encontrando em Ubatuba, com 2 guias e mais pessoal de suporte, e a empresa ainda faz seguro individual pra cada um. Achei muito legal a maneira como trabalham, principalmente porque contratam os guias da própria cidade, valorizando o trabalho de quem é da região.

Praia de Fora.

Curtiu o passeio? Faria algo assim? Já fez? conta pra mim!

Quer saber de mais passeios da EcovaleTur?
Siga eles no Facebook ou entre no site.

Wishlist: 5 Coisas Pra Ver no Mundo

O mundo é lindo e cheio de coisas pra gente explorar, viajar e fazer turismo. Felizmente hoje em dia é bem mais fácil se chegar a lugares diferentes e, apesar de caras, as passagens ainda são possíveis de serem compradas, se a gente ralar muito e juntar cada centavo. Eu ainda quero ver vários lugares desse globo, mas hoje vim contar algumas coisas que eu adoraria ver de perto e tirar muitas e muitas fotos.

neveFoto: Diego Azubel/EFE/EPA

Neve

Taí uma coisa que muita gente diz que só é legal só no primeiro dia, mas que eu adoraria vivenciar. tenho um desejo de pegar floquinhos com a boca que denuncia minha idade mental. Eu sei que neve existe em vários lugares, mas alguns ficam particularmente lindos quando fica tudo branquinho ou quando ficam com aquele ar de inverno. Dá pra saber mais sobre destinos pra passar friozinho no Portal do inverno.

Onde ver?
* Nova York (Para ver o Central Park)
* Moscou (Para ver esculturas de gelo)
* China (Para ver esculturas de gelo)
* Edimburgo (Para me sentir em Hogwarts)

tailandia_1aFoto

Templos Budistas

Eu sou bem fã do budismo e tenho lido cada vez mais sobre, por isso onde quer que tenha um templo, lá estou eu entrando. Um dos países com mais templos budistas lindos pra se visitar é a Tailândia, que além disso ainda tem paisagens maravilhosas e praias paradisíacas. Só penso em como fazer mergulho por lá deve ser maravilhoso.

Onde mais existem templos?
* Camboja
* Japão
* Ilha de Java
* Tibete

auroraFoto

Aurora Boreal ou Austral

Este fenômeno ótico ocorre nos polos do planeta quando partículas de vento solar se chocam com a alta atmosfera da Terra e causam fachos de luz nas cores verde, azul, roxo e rosa. Eu tenho paixão por esse efeito e desde pequena quando via as enciclopédias ilustradas eu me imaginava vendo isso ocorrer. Sei que é bem difícil, tem que ter toda uma paciência, tem época certa e tudo, mas quem sabe um dia.

Onde ver?
* Noruega
* Islândia
* Finlândia
* Ushuaia
* Antártida
* Alaska

cerejeirasFoto

Cerejeiras em Flor

Como uma boa apaixonada em cultura oriental, eu não podia deixar de colocar aqui este acontecimento que me faz suspirar. Aqui no Brasil temos alguns lugares com as cerejeiras, como Campos do Jordão em São Paulo, mas acho que a experiência em outros países vem mais carregada de significados. A programação tem que ser bem feita para ver essas florzinhas, já que elas duram apenas 15 dias por ano, mas o Japão todo para para celebrar o hanami (contemplação das flores).

Onde ver as flores?
* Tóquio (Parque Uno e Chidorigafuchi)
* Quioto (Parque Maruynama, o Santuário Heian, Arashiyama e Kamogawa)

vessalhesPalácio de Versalhes

Castelos

Ver construções enormes e pensar que pessoas realmente habitaram ali um dia é algo que eu acho fascinante! Já visitei alguns, como o Palácio de Versalhes, mas visitaria de novo, pois são tão enormes que em um dia você não é capaz de ver tudo.

Onde ver?
*Loir-et-Cher – França (Château de Chambord)
*Ilha de Mancha – França (Monte Saint-Michel)
*Hohenschawangau – Alemanha (Castelo de Neuschwanstein)
*Lisboa – Portugal (Castelo de São Jorge)

E vocês, o que gostariam de ver por ai?

publieditorial