trilhas

As playlists mais marotas do momento

Playlists diferentes pra você descobrir

Playlists marotas

Ah… a música

Quem é que não adora música? Claro que cada um no seu jeitinho de ouvir, mas viajar, faxinar, andar de ônibus… essas tarefas seriam tão mais enfadonhas se a gente não tivesse uma caixa de som ou um fone de ouvido pra deixar a gente mais feliz, não seriam?

Eu e a música

Eu não lembro muito bem quando comecei a me interessar pela música, só lembro de discos da Xuxa e da Eliana em casa quando pequena, mas a gente ignora a música um pouco em uma certa idade, até que tudo começa a aflorar.

Leia também a TAG Viciados em Música

Minha mãe adorava as divas: Mariah, Celine, Whitney, e sempre estavam tocando em casa. Músicas românticas, pop nacional, sertanejo antigo, Michael Jackson, e o que mais bombava em casa: trilhas de novela. Imagine uma novela, a trilha internacional e PÁ! Lá estava minha mãe com um CDzinho, sempre atrás das novidades pra passar para os alunos dela nas aulas de inglês. Com isso a gente sempre estava abastecido.

Com a chegada do computador e da internet, eu e o meu irmão começamos a descobrir músicas e estilos diferentes e nos tornamos ratinhos de download de músicas. Algumas vezes eu juntava meus trocadinhos de mesada para comprar trilhas sonoras originais de filmes – a minha paixão – e em outras eu baixava mixtapes ótimas prontinhas pela internet. Até hoje sinto saudade das da Irena.

A chegada do streaming

Foi só mais velha que o streaming chegou pra abalar as estruturas da sociedade e pude começar a ouvir legalmente minhas músicas. Pago com gosto o Spotify desde que ele chegou no Brasil e tenho tanta música que chego a ficar maluca. Cada dia, cada clima e cada sentimento pede uma música e por isso eu tenho um passatempo que ninguém conhece que é: criar e alimentar playlists.

lista de playlists
Minhas playlists arrumadinhas!

Playlists

Eu coloco um mood, uma descoberta da semana e conforme vou gostando, as playlists vão engordando. Tem pra vários gostos, do instrumental, k-pop, trilhas românticas, até reggae e rock! Eu tento escutar um pouco de cada coisa, algumas acho divertidas, outras me fazem focar, algumas me incentivam, então se você estiver procurando uma playlist no dia de hoje, é seu dia de sorte!

Me segue no Spotify! Tenho tanta playlist que acho difícil você não encontrar uma que você goste.

Tag: Viciados em Música

tag_musica

A fofinha da Ana Carô me indicou pra esse meme musical e eu tive que fazer porque música é uma coisa que me move. Quando coloco meu fone no ouvido e saio pra rua é como se o mundo tivesse mais cor e fosse um filme passando na minha cabeça. Viagem? Maluquisse? Sei lá, mas me sinto feliz demais e queria dar parabéns pra primeira pessoa que batucou em alguma madeira e achou que dava barato fazer aquilo.

Solta o play e pode ler o post!

1. Uma música romântica: Because You Loved Me – Celine Dion. É melosa sim, mas é uma música com uma letra tão maravilhosa que tinha que colocá-la aqui. Fora que Celine é diva maior, com uma voz linda e nem careta ela faz pra cantar, sai assim fácil que nem respiração.

“Por todas as vezes que você ficou ao me lado | Por todas as verdades que você me fez ver | Por toda alegria que você trouxe para minha vida | Por todos os erros que você fez tornarem-se certos | Por todos os sonhos que você fez tornarem-se reais | Por todo amor que encontrei em você | Eu serei eternamente grata, baby.”

2. Uma música que te define: Defying Gravity – Idina Menzel. Foi sofrimento demais escolher essa, mas acho que ela combina comigo, principalmente no momento que estou agora. Além de ser maravilhosamente interpretada por Idina Menzel e ser parte de um musical que sonho em ver: “Wicked”.

“É hora de tentar | Desafiando a gravidade | Dê-me um beijo de adeus | Eu estou desafiando a gravidade | Acho que vou tentar | Desafiando a gravidade | E você não vai me derrubar”

3. Que música não sai da sua cabeça? Part of Your World – Alan Menken e Howard Ashman.Sim, é Pequena Sereia e sim, eu cantarolo SEMPRE. Seja em inglês ou português, sempre estou lembrando dela. Acho que é nesse momento que Ariel coloca seus sonhos pra fora, se sente motivada e empoderada, diz muito da personagem e me faz pensar nos meus sonhos.

“Durante a noite | Durante o dia | Lá eles andam com alegria | Tudo eu faria | Eu só queria | Ser desse mundo.”

4. Uma música que quando você ouve, você chora: I Don’t Wanna Miss a Thing do Aerosmith. Não adianta, eu tentei achar outra, mas meu espírito de viciada em trilhas sonoras não me deixou. Quando namorava à distância era só ouvir ela e era batata começar a chorar, e fiz isso até no meio da rua uma certa vez. A letra é bonita, cheia de sentimento e é rock dos bons.

“Não quero fechar meus olhos | Não quero pegar no sono | Porque eu sentiria a sua falta, baby | E eu não quero perder nada | Porque mesmo quando eu sonho com você | O sonho mais doce nunca vai ser suficiente | Eu ainda sentiria a sua falta, baby | E eu não quero perder nada.”

5. Qual é sua música predileta no momento? Delilah – Florence and The Machine. Porque é Florence, ela é linda, as músicas novas estão me fazendo amar mais ainda ela.

“É um tipo diferente de perigo | E meus pés estão girando por aí | Nunca soube que era uma dançarina | Até que Dalila me ensinou”

6. Que música você não consegue gostar? Sertanejos e Funks muito cheios de letras malucas. “Você me beijou e eu voltei do espaço com poeira da Lua no sapato”, mas se você beija alguém você não deveria IR pra lá e não voltar? Tipo… eu questiono as letras de algumas músicas sim e morro de rir com elas. Funk muito cheio de p*taria pra mim também é demais, a Ludmila faz uns tão legais, porque o povo não se inspira? Mas essa sou eu.

7. Cite um trecho de sua música predileta: Shake it out – Florence and The Machine. Foi a que lembrei aqui porque eu acho legal a letra por me fazer pensar em esquecer o que tem de ruim e seguir em frente.

“Shake it out, shake it out, shake it out, shake it out | And it’s hard to dance with a devil on your back | So shake him off”

8. Sua música predileta brasileira: Como Eu Quero – Kid Abelha. Me desculpem se sou muito romântica e melosa, mas tô aqui pra provar que quem é de câncer consegue ser bem grudento, né? Então como eu escuto pouca coisa nacional, não me orgulhando muito disso, essa é uma daquelas que começa a cantar e eu sigo junto felizona.

“Diz pra eu ficar muda faz cara de mistério | Tira essa bermuda que eu quero você sério | Tramas do sucesso mundo particular | Solos de guitarra não vão me conquistar”

9. Abra seu player em modo aleatório e diga qual é a 5ª música a tocar: Eye of The Tiger – Survivor. Olha minha playlist nunca me desapontando nessa vida! Adoro trilhas, adoro Rocky, adoro exercícios e essa música dá um gás inexplicável!

10. Tagueie 5 blogs: E as escolhidas são a Cris, a Re, a Stephanie, a Babee e a Thais.

E ai? Gostaram?

Trilhas do Meu MP3 : Tuatha de Danann

Banda mineira, de Varginha, que começou a carreira em 1995 e mescla Heavy Metal com música celta e medieval. A banda utiliza instrumentos pouco comuns em bandas de rock, como violinos, craviolas, flautas, gaitas de fole, harmônicas etc.

Esta banda foi apresentada à mim por uma amiga, que colocou pra tocar a música “Finganforn” e me fez surtar quando ouvi. Se você curte música celta e medieval não pode perder, se você nunca ouviu, então trate de procurar um vídeo no YouTube e ouça, porque é lindo!

O último lançamento da banda foi o DVD Tuatha de Danann Acoustic Live, show gravado em São Paulo com o melhor do Folk Metal da banda. A maioria das músicas são cantadas em inglês e o ritmo celta me faz batucar em todos os lugares que estou ouvindo, simplesmente uma delícia, e um agrado pros meus ouvidos.

As músicas estão perfeitas! Dou cinco estrelinha pra todas!

Lista de músicas

Intro – Trova di Danú

Celtia

Si Beag Si Mor

Believe Its True  – Behold The Horned King – Tingaralatingadun

Imrahma

Us

Tir nan Og [Land Of Youth]

The Dance Of The Little Ones

Tan Pinga Ra Tan – Finganfor

The Last Words

Abracadabra

The Oghma’s Reel

The Wheel

Para mais informações, visite o site da banda

Glee


Exibida pela FOX desde Novembro no Brasil, Glee é uma série do gênero comédia musical que me conquistou de primeira. Porque eu amo séries e pricipalmente musicais. Eles cantam todo tipo de música e isso que faz a série tão legal.

“O professor Will Schuester tem como objetivo reerguer o Glee Club (o coral da escola McKinley), mas isso não vai ser nada fácil, devido à baixa reputação que ele teve após alguns incidentes do passado. Por isso, ele vai precisar de toda a ajuda possível, e é aí que entram Rachel e Finn, dois estudantes muito populares e praticamente opostos, mas que vão conseguir fazer com que o coral seja um sucesso.”

O cartaz da série mostra os personagens fazendo a letra L com a mão, o que pode ser entendido como um símbolo para losers, ou perdedores, que no exterior são os nerds, os góticos, os gordinhos, homosexuais e justamente o grupo de pessoas que começa a participar do Glee Club para ver se suas vidas mudam.

Eles vão enfrentar a ira da professora de educação física que quer que suas Cheerleaders sejam as únicas estrelas do colégio, assim como quer manter seus benefícios, como o de lavar roupas a seco na Europa. E sempre tem algo acontecendo de ruim neste grupo, mas eles nunca desistem e sempre apresentam músicas lindas de maneira diferente e divertida!

Até agora a série tem me agradando bastante e recomento a todos que curtem musicais. Algumas situações são hilárias, como quando o personagem Kurt joga futebol americano dançando “Single Ladies”. Assistam que a diversão é certa!

Imagens: Glee Brasil e Folha On-Line