Design

NDesign Imersão 2010

Quem me segue no Twitter deve ficar se perguntando “que será esse tam “êne design” que ela tanto fala?”, pois bem, explicarei!

NDesign é um encontro nacional, anual, de estudantes de design, etinerante, de cunho científico, acadêmico, político e cultural, sem fins lucrativos, que é realizado pelos próprios estudantes visando a integração dos estudantes de design.

Assim como temos o N, temos os Rs que são os Rdesign regionais.

De forma simples explica o vídeo realizado este ano pelo pessoal de Curitiba, cidade sede do NDesign deste ano, chamado “N Papos com a Vovó”.

O evento dura 7 dias e tem palestras, mesa redonda, exposição de trabalhos, bazar, debates, workshops, discussões e pra quem não é de ferro tem as festas.

Tem muita coisa boa pra ser aproveitada e a cada ano novas coisas são implementadas e adicionadas no evento. Nunca fui em um e este ano será a oportunidade perfeita!

Estou ansiosa pra ver tudo, e as festas prometem!
Temas das festas deste ano
11/07 – Leste Europeu
12/07 – Brasil
13/07 – Festa ROCK
14/07 – Descobrindo os 7 mares
15/07 – Internet (Festa à Fantasia) – e eu ainda não escolhi a roupa.
16/07 – Do It Yourself
17/07 – Apocalipse: Anjos e Demônios

Por causa do N estarei fora da internet entre os dias 10 e 18, que é quando saio e quando retorno à cidade onde moro, mas não se preocupem, posts serão postados normalmente (I S2 WordPress) e assim que der coloco coisas no Twitter ou por aqui mesmo. #beijometwitta

Design pra Ter em Casa: Living Colors Philips

Living Colors

Quem não gosta da casa arrumadinha, cheirozinha toda cuti-cuti? Quem tem sua própria casa, ou pelo menos o próprio quarto sabe, que não tem nada como um lugar como a sua cara, do seu jeito e com coisas que você goste.

Então resolvi começar a colocar por aqui coisas que você pode comprar pra sua casa e que são lindas e funcionais! Resolvi começar por um xodó meu, a luminária Living Colors da Philips.

Living Colours Philips

Acho que seria a escolha perfeita de investimento, pelo menos pra mim, já que sou uma pessoa mutante e odeio as coisas sempre iguais.

“Com tecnologia de ponta, é uma luminária de LEDs que permite mudar com luz as cores da casa, refletindo no ambiente emoções e humor. Com um design inovador, possui dois LEDs vermelhos, um azul e outro verde, que combinados permitem visualizar até 16 milhões de cores. A utilização é simples. Por meio de um controle remoto sensível ao toque é possível ajustar a cor e a intensidade de luz.”

Site da Philips

Fala ai, você também adorou essa idéia de ter o cômodo da casa cada dia de uma cor, né? Infelizmente o brinquedinho é meio caro, mais ou menos uns 500 reais, mas ah, todos seremos grandes profissionais um dia e teremos dinheiro pra essa luminária.hahaha.

Veja a belezinha funcionando e encante-se.

10 Livros em 10 Dias, ou não

Acompanho muitos blogs de blogueiras viciadas em livros, e na maioria deles elas estão fazendo o desafio/meme “10 Livros em 10 Dias”. Achei super interessante a idéia, mas 10 dias é muito tempo pra ficar falando de livros, então resolvi resumir tudo em 1 dia!

1° dia – Livro que você mais gostou;

É tão difícil escolher entre filhos e paixões, eu sou realmente fissurada em livros! Não leio eles com uma rapidez invejável como a Garota It, pois alguns eu prefiro degustar bastante, mas posso dizer que o que eu mais gostei foi “Senhora de Avalon”, um dos livros da Marion Zimmer Bradley que ganhei do namorado de Natal, que é bem rechonchudo(503 páginas) do jeitinho que eu gosto! Foi lido com muita imaginação! Adorei mesmo. Ele é dividido em 3 partes, pelo que me lembro, muitas paixões, guerras, lutas, feitiços… delícia!

2° dia – Livro que você mais odiou;

Esse é fácil!!! Acho que todos que fui obrigada a ler na escola, hahaha. Acho tão maçante os professores passarem esses livros difíceis antes mesmo de incentivar a leitura com coisas mais leves aos alunos! Bem, o pior pra mim é “Vidas Secas” de Graciliano Ramos. Desculpem-me os cults da vida, mas eu odeio história cheia de sofrimento, mortes e realidade.

3° dia – Livro mais barato que você comprou;

Acho que aqui se encaixam os volumes de “Senhor dos Anéis”, “O Hobbit” e “Silmarillion”, de J.R.R. Tolkien, por R$39,90 cinco livros, ou seja, menos de R$8,00 cada livro! Realmente uma coisa de maluco isso. Mas ainda procuro esta brochura linda e pesada(1212 páginas) que eu coloquei pra ilustrar a coleção. ADORO essa ilustração!

4° dia – Livro mais caro que você comprou;

Provavelmente um de Design, andei comprando livros para meu Trabalho de Conclusão de Curso e andei gastando bem. O último foi o “Planejamento Gráfico”, que ficou por R$62,00. O livro mais caro comprado pela minha pessoa. ala basicamente sobre planejamento de projetos gráficos, como revistas, livros, etc. Bem legal pra quem quer começar a entender isso.

5° dia – Livro que mais te fez ter a atenção nele;

Hm… esse é difícil, mas vou escolher o que eu estou lendo agora “A Batalha do Apocalipse” do Eduardo Spohr. Livro brasileiro, gordinho (560 páginas), e que está tirando meu sono, literalmente. Tem dias que fico lendo até 1h da manhã de tão tensa que fico. Muitas histórias legais que percorrem a existência do mundo praticamente, conta sobre dilúvio, torre de Babel, guerra entre anjos, feitiços, espadas, tudo que adoro! Compra apenas na Nerdstore.

6° dia – Livro que menos te fez ter a atenção nele;

Respondo essa? Difícil, já que leio todos com atenção… mas acho que os livros da série “Diário da Princesa” da Meg Cabot requerem um baixo nível de atenção em detalhes e acontecimentos. Você entende eles numa ótima. Mas como tem que escolher um, escolho “Tamanho 42 Não É Gorda”, também da Meg, que eu achei bem fraquinho, mas nem por isso ruim! Conta basicamente a vida de Heather, uma ex-cantora famosa que hoje trabalha em um alojamento pra estudantes em NY, tem um pouco de suspense, mortes, mas… fraco.

7° dia – Livro que você mais recomenda;

Acho que aqui eu colocaria toda a série da Marion, “As Brumas de Avalon” – A Senhora da Magia, A Grande Rainha, O Gamo-Rei e O Prisioneiro da Árvore – livros que eu li uma vez que me emprestaram e eu fiquei facinada! Sempre adorei as histórias sobre Rei Arthur, e essa série simplesmente é ótima, dá pra sentir o cheiro e o gosto das coisas!

8° dia – Livro que você menos recomenda;

Podemos incluir aqui os livros clássicos brasileiros. Sim sou preconceituosa com aqueles clássicos. Dom Casmurro eu li 2 vezes pra ver se ia, mas realmente não dá. Tem, algumas poucas excessões, como o “Noite na Taverna” do Álvares de Azevedo, mas… bem não indicaria “O Segredo” de Rhond Byrne. Sei que foi fenômeno e blás, mas… o filme já é uma droga, o livro me deu sono! Não passei das primeiras 10 páginas. Muita baboseira pro meu gosto.

9° dia – Livro de série você mais gosta;

Esse não vou titubear: “Harry Potter” da J.K. Rowling. Muita gente critica, odeia, mas foi nos livros da “titia” Joane que eu começei a me apaixonar por leitura. Livros deliciosos e que me levaram várias vezes a ficar acordada madrugadas e madrugadas até terminar de ler cada página, e que releio e releio sem piscar.

10° dia – Livro mais velho que você tem ou leu.

Outro fácil, “Diário de Anne Frank”, escrito pela própria Anne. A história é um diário comum de uma adolescente, só que ela é uma judia em meio a Segunda Guerra Mundial. Ela conta relatos do esconderijo onde duas famílias, incluindo a dela, dividem para sobreviver. Ela conta desde a fuga até os últimos dias em que permaneceram no abrigo. Emocionante. E a edição que minha mãe tem é tão velha que nem achei a capa pra colocar aqui. hehe.

Livro- “Introdução a História do Design”

Como já postei por aqui, esse ano é meu ano do TCC, terror na vida de muuuuita gente. Bem, por causa disso estou lendo mais livros sobre o assunto do que eu lia, e um dos primeiros desse ano foi o Introdução a História do Design de Rafael Cardoso Denis, e posso dizer que gostei bastante do livro. Ele conta de forma geral de onde vem o design e como ele foi evoluindo, não só na área de produtos, mas também na área de visual, algumas citações sobre moda e publicidade. O que achei bem confuso é que ele vai pra 1960, volta pra 1920 e vai pra 60 de novo… fiquei bem confusa com as datas, já que ele não segue uma linearidade exata. Tive que ficar la pensando onde ele estava, se voltou se estava pra frente, mas tirando essa confusão o livro no geral é bom. Concordo com algumas idéias dele e acho que vale bem a pena pra quem está começando a fazer o curso, dar uma lida nesse livro. A leitura é fácil e ele é rapidinho de se ler!

%d blogueiros gostam disto: