Experimenta

Comidas, bebidas, sorvetes e restaurantes pra você se deliciar!

Passeio: Eataly | São Paulo

Eataly, pra comer muito bem em São Paulo

Fachada Eataly São Paulo

No começo do ano eu e o marido fomos assistir a peça “A Pequena Sereia” com a maravilhosa Fabi Bang no papel de Ariel. Este desenho era meu preferido quando criança, então não poderia perder a apresentação que estava acontecendo em São Paulo. Mas antes de aproveitar a peça, que foi maravilhosa, resolvemos visitar o famoso Eataly.

Eataly São Paulo

Sobre o Eataly

O nome Eataly nasce da fusão de duas palavras: EAT, comer, e ITALY, Itália,em inglês. A ideia por trás do Eataly é muito simples: reunir todos os alimentos italianos de qualidade sob o mesmo teto, um lugar onde você pode comer, comprar e aprender. O conceito do Eataly foi criado em 2004 e, depois de 3 anos de pesquisa e planejamento, o Eataly abriu sua primeira loja em Turim, na Itália. Existem 38 lojas do Eataly espalhadas por 4 continentes.

Você também pode gostar de: Lugares para visitar em São Paulo.

Eataly São Paulo

O que achamos

Se você estiver procurando por ingredientes diferentes e de ótima qualidade, está aqui um lugar para comprar tudo que deseja! Vinhos, azeites, massas, molhos, chocolates, frutas e até utilitários pra cozinha, com certeza vai adorar o passeio. Porém, além de um empório maravilhoso, o que atrai muitas pessoas para o Eataly são os restaurantes, e era por isso que estávamos ali. Pedimos um ravioli de queijo ao molho de manteiga e pistache e uma sobremesa de baunilha que acho que saíram do céu.

Nunca imaginei que comeria um prato tão gostoso assim. Sonho com ele até hoje! O preço é um pouco além do que estamos acostumados (pra duas pessoas com a sobremesa saiu R$200), mas para uma vez ou outra (beeeem vez ou outra) vale cada centavo. Não é a toa que saimos falando muito bem do lugar e indicamos muito pra todo mundo.

Para evitar tumultos, a dica é chegar cedo para pegar o lugar tranquilo e não pegar filas. Como chegamos por volta das 11:30, estava começado a chegar gente e almoçamos bem tranquilinhos, mas na saída pudemos perceber como a coisa pode ficar cheia.

Ravioli e Mousse de baunilha

ONDE FICA?
Av. Pres.Juscelino Kubitschek, 1489 – São Paulo
De Domingo a Quinta das 8h às 23h, Sexta e Sábado das 8h às 24h.
Mais informações no site.

Viagem: Onde comer em Edimburgo – Escócia

Lugares pra se comer em Edimburgo, para vários bolsos

Quando eu e o noivo viajamos, raramente saímos comendo por restaurantes caros. A gente escolhe as opções mais em conta – às vezes até demais – mas gostamos de experimentar algumas coisas diferentes algumas vezes, e claro que em Edimburgo a gente não ia deixar algumas coisas passarem. Nos restaurantes abaixo as refeições saem entre £6 e £15.

Bread Meats Bread

Bread Meats Bread - Comer em Edimburgo

No dia que cheguei o noivo me levou neste restaurante de hamburguers deliciosos! O tamanho do lanche era bem bacana, nada exagerado – eu acho que comi inteiro – e estava delicioso! Tinha opções vegetarianas também e o atendimento foi super legal.

Onde fica?
92 Lothian Rd, Edinburgh EH3 9BE

Leia também sobre lugares para comer em Paris

Hard Rock Cafe

Comer em Edimburgo - Hard Rock Cafe

A gente que não está acostumado e só ouve histórias, sempre teve vontade de conhecer um Hard Rock Cafe. É gente que viaja e sempre conta do lugar, então resolvemos matar a curiosidade!

Não esperávamos nada mais que boa música ambiente – rock né? – e uma decoração bacana, cheio de CDs, guitarras e roupas autografadas de artistas famosos, e isso a gente teve. A comida estava boa, pedimos um bom e velho hambúrguer da casa, mas posso dizer? Do Bread Meats Bread estava mais gostoso e o preço era melhor.

Onde fica?
20 George St

The Elephant House

The Elephant House

Como uma fã de Harry Potter vai para Edimburgo, terra que inspirou tudo que vem dos livros, e não vai no lugar onde J.K.Rowling em pessoa se sentava para escrever páginas e páginas dos livros mais maravilhosos de todos os tempos? Não tem como.

O lugar é bem aconchegante, cheio de referências indianas e, claro, elefantes. Achei bem legal eles manterem o restaurante com as características originais, sem transformar em algo Pottermaníaco. O máximo que se encontra lá é um painel numa parede com recortes e matérias dedicadas a J.K.Rowling.

No The Elephant House você pode aproveitar e experimentar o prato típico da Escócia, o Haggis, Neeps and Tatties. Haggis é tipo uma carne moída de miúdos (órgãos internos), Neeps são nabos e tatties são batatas. Os vegetais vêm parecendo um purê e você pode se considerar um escocês depois dele, se você tiver coragem.

Onde fica?
21 George IV Bridge

Mais posts sobre Edimburgo? Só clicar aqui!

OINK


Indicação do noivo pra quem adora carne suína. No Oink você pode escolher tamanho do pão e o recheio, porco é o padrão claro – aliás o bicho fica inteiro na frente da vitrine da loja – mas você pode arriscar até um haggis no seu lanche.

Onde fica?
34 Victoria St

Pizzeria 1926

Pizzeria 1926

Outra que o noivo trouxe pra complementar o post. Pizza italiana, de Napoli, na Escócia sim senhor! Ele disse que é diferente de todas as pizzas daqui do Brasil e é uma delícia!

Onde fica?
85 Dalry Rd

The Last Drop

The Last Drop

Diz a história que os condenados que seriam mortos na praça do Grassmarket tinham o direito a uma última gota (Last Drop) de cerveja neste pub super tradicional da cidade. A decoração é toda cheia de imagens antigas de Edimburgo, já que o bar está no mesmo lugar desde 1873. Um lugar muito legal pra se entrar nem que seja para beber um pint – se você beber.

Onde fica?
74-78 Grassmarket

DICA EXTRA

Agora, você quer economizar? Tá achando que £8 libras tá caro pra almoçar todo dia? E é mesmo. Então se joga na dica que eu vou dar aqui pra você se alimentar baratinho numa viagem econômica: meal deal.

O meal deal é um combo que você compra no supermercado – a maioria deles oferece – que consiste em um lanche (natural, wrap, baguete), uma bebida (suco,refrigerante,chá) e uma sobremesa (chocolate, frutinha, balas). Você compra esse combo por £3. Isso mesmo, três libretinhas. É super baratinho, mas acho que no final de uma semana toda você já estará pedindo por um bom prato de comida.

Onde comer bem em Paris

Lugares para comer bem em Paris, sem gastar tanto

Quando vamos para algum pais ou cidade que não conhecemos, todas as lojas e lugares se tornam desconhecidos e nunca sabemos onde comer. Será que é bom? Será que é caro? Eu sou dessas que acha que tudo vai ser caro e muitas vezes fico no Subway comendo por ter certeza do que vou encontrar e quanto vou pagar, mas Paris é um lugar delicioso, literalmente, e as comidas merecem ser experimentadas! Eu já falei de algumas dicas da outra vez que fui visitar meu irmão, e agora eu não podia deixar de contar os outros lugares deliciosos que fui por lá. Então se você vai viajar, seguem algumas dicas de lugares pra comer coisas gostosas, boas e de vários preços.

Flam’s

Um dos primeiros lugares que meu irmão me levou pra gente almoçar com um amigo, o Flam’s é um restaurante de flammekueche, que é uma torta flambada originária do nordeste da França que se parece muito com pizza, porém com massa mais leve. Achei bem gostosa e por um preço legal (€14- €18) você come um quadradão enorme de flam! Mais que satisfatório!

ONDE FICA?
Fui na que tem perto da casa do meu irmão, Avenida du Maine, 32, região de Montparnasse, mas existem outras espalhadas pela cidade, pra encontrar é só acessar o site do Flam’s

Heureux Comme Alexandre

Heureux Comme Alexandre

O meu irmão falava sempre dos Pierrades que ele comia e que era apaixonado. Quando o noivo descobriu que se tratava de carnes na chapa, o lado Tiranossauro Rex aflorou e fomos uma noite experimentar. Foi uma delícia de jantar com um vinho gostoso e muita conversa boa, o que explica o nome do restaurante: “Feliz como Alexandre”. O preço fica entre €20 e €25 por pessoa, contando bebidas e tudo mais.

ONDE FICA?
Rua du Pot de Fer, 13 em um bairro bem charmoso de Paris. Saiba mais no site

L'Arbre de Sel - Comida Coreana em Paris

L’Arbre de Sel

O primeiro restaurante que fui para jantarmos assim que cheguei foi especial: comida coreana. Eu sou toda fã de doramas e mal me aguentei de emoção quando vi os hashis (ou seja lá como os coreanos chamam os palitos) de inox. É bobeira talvez, mas pra uma pessoa fã de cultura oriental é quase a Disney. Pedimos um prato chamado bibimbap e eu achei delicioso. Vem em uma tigela linda e uma porção bem generosa. O valor fica entre €18 e €22. Vale a pena experimentar!

ONDE FICA?
Rua de Vaugirard, 138, também na região próxima a Montparnasse. Pra saber mais é só acessar o site.

Mai Do - Comer bem em Paris

Mai Do

Me aventurando por comidas de outras nacionalidades, fui provar a paixão do meu irmão: bo bun, prato vietnamita. Pelo que pesquisei eles são meio que uma febre em Paris, e depois que comi um eu descobri porque: são deliciosos! Uma tigela linda cheia de macarrão de arroz, com um molho de peixe, carne (ou vegetais se você for vegetariano), legumes, hortelã e um sabor bem diferente pra você se deliciar. Além de adorar e repetir, ainda levamos mais pessoas para passar a palavra do bo bun pra frente.

ONDE FICA?
Boulevard Montparnasse, 23, fácil de chegar de metrô. Saiba mais no link.

Chez Suzette - Crepe em Paris

Chez Suzette

Os crepes são bem típicos da França, geralmente feitos com farinha de trigo sarraceno e uma receita bem simples, eles estão espalhados por vários locais de Paris, mas meu irmão me levou pra comer em um que é bem pequeno e charmozinho. Fui almoçar por lá duas vezes e em todas elas as combinações estavam ótimas! Por €9,90 você compra um crepe salgado, um doce e algo pra tomar (promoção) e sai satisfeitíssimo! Ainda dá pra escolher levar pra comer ou comer dentro da apertada creperia.

ONDE FICA?
Rua de la Harpe, 12, um charminho e pertinho de Notre Dame e da livraria Sheakespeare & Co. Saiba mais no site.

Sorvete! A Melhor Sobremesa

Se você almoçou e quer uma sobremesa bem boa, eu sempre indicarei sorvete. Sorvete é vida, é amor, é paixão e loucura, então aqui vão duas dicas extras de sorveterias maravilhosas pra você se deliciar!

Senoble - Sobremesa em Paris

Senoble

Além de ser um lugar lindo, acho que é impossível esta sorveteria ter algo ruim. No meio de um passeio com meu irmão pelos Jardins das Tulherias saímos andando e chegamos até a Senoble e pedimos um sorvete. Concordo que o valor é meio alto (se me lembro é algo entre $5 e $8), mas vale muito a pena! Tem desde os sorvetes normais com base de leite, até os sorbets, que são totalmente feitos de fruta e ótimos pra quem tem intolerância à lactose ou glúten.

ONDE FICA?
Rua des Petits-Champs,11, em uma região cheia de coisas legais pra se ver, rola até comprar um sorvete e ir andando até o Louvre. Saiba mais no site.

Amorino - Sobremesa em Paris

Amorino

Espalhada como Subways pela Cidade Luz estão as sorveterias Amorino. Eu sou uma grande apreciadora de sorvetes, então não perdi a oportunidade de tomar um sempre que rolava e lá estava a Amorino pra me socorrer. Os sabores são deliciosos, possuem opções com pura fruta – ótimos pra quem tem intolerâncias – sem deixar nada a desejar.

ONDE FICA?
Uma das que fui foi a da Rua de Rennes, 153, mas elas estão espalhadas pela cidade! É só olhar no site deles e achar a mais próxima.

Uffa! Deu pra deixar com vontade? Só de escrever sobre esses lugares já dá vontade de voltar.

Experimenta: Os 5 Melhores Mc Flurries do Mc Donalds

Mc Flurry

Desde pequena eu me lembro de viajar de minha cidade natal em Minas para Santos no litoral de São Paulo. Nessas viagens em que visitávamos parentes por lá, era quase obrigatória uma ida no Mc Donald’s pra comer um Mc Lanche Feliz com minha mãe, ganhar brinquedos da Disney (quando ainda deixavam) e comer um sorvetinho. Era coisa de caipira que vai pra cidade grande mesmo, não tínhamos isso e se tornava um grande evento. Eu era criança, então não precisava de muita coisa pra ser feliz, não é?

Acontece que desde aquela época eu sou uma pequena fã dos sorvetes que eram batidos com uma colher. Hoje em dia eles não fazem mais isso, o que é uma pena, mas nem por isso deixei de apreciar os Flurries. Pra então fazer uma homenagem a um dos meus preferidos do Mc, hoje trouxe meu Top 5 de melhores Mc Flurries.

Mc Flurry

Em primeiro lugar eu escolhi o de M&M. Além de ir derretendo e coloriondo a massa do sorvete, ele continua crocante como deve ser e deixa o sorvete bem gostoso. Na minha opinião é o de chocolate que fica mais agradável de se comer.

Como segundo colocado escolhi o mais recente Amor em Pedaços. Primeiro por conta da calda de morango, que não deixa a mistura ficar enjoativa, os suspiros ficam uma delícia com o sorvete e os chocolatinhos dão o toque especial. Não fica aquele super mega doce que te mata no final, o que faz ele merecer a segunda posição.

Agora, se você quer morrer de overdoce (palavra criada para descrever algo extremamente doce e que te deixa estriquinado de tão doce), o de Oreo é a melhor opção. A bolacha se mistura com a calda de chocolate e o sorvete, de uma maneira sutil e deliciosa. Indicado para dias de TPM aguda, aquele dia que necessitamos comer algo mega doce.

No quarto lugar trouxe o queridinho de Bis. As bolachinhas macias combinam lindamente com a calda e o sorvete fazendo o sorvete ficar muito gostoso e também, BEM doce. Como dentro dele é feito de waffle, o chocolate não fica duro e o sabor não some.

Por último, mas não menos importante, escolhi o saudoso Flurry de Paçoca! Sim, ele existiu há algum tempo atrás e não sei porque a Paçoquita não se uniu ao Mc Donald’s pra fazer uma ação maravilhosa dessa. Na época foi uma edição especial de festa junina, se não me engano, e lá em casa é um dos mais queridos.

E os outros?

Todos os que tem chocolate mesmo, como o Lajotinha, Língua de Gato e até o mais novo Laka com Diamante Negro não são meus preferidos. O sorvete congela demais o chocolate e o paladar, aí não sinto o gosto direito dos chocolates. Além disso ele fica duro demais e perde a graça toda da coisa. O de Nhá Benta foi uma aposta diferente com o marshmallow, mas foi estranho e doce demais pra mim.

Menção honrosa

Eu sei que não é um Flurry, mas aqui em casa o mais amado sorvete do Emecí Donáldis é o Caldo & Freddo. É até triste pensar que não existe o ano todo e que temos que esperar promoções pra ele aparecer, mas se tem algo que combina nessa vida, são as tortinhas quentes com sorvete. Ainda mais pelo fato de não ficar tão doce a mistura e ter a coisa do quente/frio. Fica aqui então uma declaração de amor.

E você? Qual o seu preferido? Conta aí nos comentários!