viagem

ROCK IN RIO EU FUI! – Mais dicas!

Rock in Rio
Eu e o namorado entrando na bagunça!
Eu já postei algumas dicas pra quem vai no Rock in Rio, mas depois de IR ao evento venho com mais dicas preciosas e importantes!

CUIDADO COM AS FILAS FAKES – Repare na imagem acima. Este é um mapa da cidade do rock. Bem, eu fui com os ônibus do evento e com isso ele me deixou à 500 metros da entrada. Quem não vai com o ônibus, PREPARE-SE a caminhada é LONGA! Então, lembra da dica dos tênis confortável? Outra coisa a entrada é do lado esquerdo do evento, pra quem chega, inverta este mapa acima. Quando cheguei haviam duas filas visíveis, uma em direção ao Palco Mundo e Sunset (direito) e outra pro lado de mato e árvores até chegar em alguns comércios (esquerda) é pra este lado que tem a entrada! Pergunte muito! Haviam filas que eram de mentira. Galera começa a formar filas erradas e eu fiquei com mais muuuuuita gente na fila errada por mais de UMA HORA até seguranças do evento avisarem, não havia sinalização visível dizendo pra onde ir.

CHEGUE CEDO! Eu cheguei 12:30 e 14:30 já estava dentro! Isso com a minha 1hora na fila fake, então já sabe né?

LEVE COMIDA – Eu entrei com balas, barrinhas de cereal e sandubinhas, mas estava com medo de levar mais. Se você vai, LEVE COMIDA! As filas pros Bob’s, Kani, Tapioca, Spoletto e outros lugares pra comida, são ENORMES! Você só cansa seu pé nisso! Eu fiquei mais de hora pra comprar a ficha do Bobs e depois mais um tempo pra pegar os lanches, se soubesse tinha levado meus próprios comes e bebes.

LEVE ÁGUA – Eu segui a dica do amigo Iesus e lever 3 garrafinhas pra mim e pro namorado. Pensando que no dia que fui estava nublado e fresco. Lá dentro o preço da água é BISURDO! Mas isso falo na parte dos preços.

PREÇOS – Não achei SURREAL os preços das comidas. Pagar 10 reais em um lanche do Bob’s me pareceu razoável e 5 reais na salada de fruta (incrível como não tinha fila nesse) não foi grandes coisas, a Heineken está por 7 dinheiros, mas o copinho de água custa absurdos CINCO REAIS! Aí você entendeu porque levar água né?

BANHEIROS – Aqui vou separar entre femininos e masculinos… Eu juro que os de mulher estavam MARA! Já fui em baladas com banheiros 1000 vezes pior, aliás, fui surpreendida. Sempre tinha papel, estavam limpos, nada de papel jogado e sempre com sabonetes pra mãos nas pias uma graça. E o mais importante: NADA DE FILA! Ok, fui no dia do Metal e tinha uma proporção 20 vezes maior de homens, e isso nos leva ao banheiro masculino. Namorado relatou visões do inferno nos banheiros de homem, como fezes passadas em trincos de porta e tudo mais.

ASSALTOS – Digo e repito: meu medo foi meio que grande demais. Foi hiper mega tranquilo e realmente quem está sendo assaltado está dando mole demais. Sim tomei cuidados pra não passar raiva, como ir apenas com um celular velhinho, por isso minhas fotos ficaram uó, e um truque que achei legal: bolsinha carteira. Eu ia comprar, mas lá a tia do namorado emprestou. Você amarra ela na cintura e alí coloca seu Card, dinheiro maior e até celular, deixa um troquinho fácil no bolso e na mochila só comida e água. Pulei o tempo todo e nada de problemas. Uma câmera dessas Cybershot da pra levar de boa! Aliás, acho que deveria até ter levado minha Nikon, ia ter tirado fotos lindas. O segredo é, mochila sempre na frente e NÃO DÊ BOBEIRA!

Rock in Rio
AS DORES – Eu sou franga demais. Mas depois de 9 horas de pé entre shows e filas eu fui me sentar no gramado e esperar os shows principais. E depois foi dor e mais dor. Uma hora e meia nos 2 primeiros shows (bons) que eu vi, Motorhead e Slipknot. A primeira hora dos shows ia, a última meia hora era dor e mais dor. Eu achei que era só eu, mas galera tudo reclamando de dor em pé, costas, pernas, pescoço… Então, lembra as roupas confortáveis e o tênis pra amortecer sua pisada? Não ache que é brincadeira, é sério demais! Só assim pra aguentar até o foguetório final. Tá que na hora da emoção, das músicas e da bagunça você esquece, mas é só tocar o último acorde e ir pro intervalo que vira o caos.

PROBLEMAS – Além do problema da fila do começo, que nem foi tão grande assim, mas irritou MUITA gente, tivemos problemas com o som do Palco Sunset. TERRÍVEL! HORROROSO! Coitada da Tarja! E nisso seguiram-se vários coros de “AUMENTA O SOM”, “EI MESA VAI TOMAR NO **”, dentre outros.

OS SHOWS –  Nem tenho o que comentar! Foi sensacional! Valeu cada centavo, cada dor, cada intoxicação (sim, eu cheguei de viagem já passando mal e fui parar no hospital), e valeu pelos shows que não fui na adolescência. Slipknot foi demais, gritei até dizer chega, e na hora do Metallica eu achei que ia ter um troço! O namorado estava uma pilha só e acho que foi o melhor presente de aniversário dele. Diverti muito, foi simplesmente MAGNÍFICO!

E ai? Foi útil? Alguma coisa pra acrescentar? Dúvidas?

Mamma Mia!

Domingo foi um dia mega diferente. Além de ir passear em São Paulo e almoçar na Liberdade, ganhar um daruma, comer yakissoba, sorvete de feijão e uma iguariazinha de sardinha horrenda, eu e o namorado a convite do namorado da minha mãe fomos assistir “Mamma Mia”, um musical da Broadway que está em cartaz no Teatro Abril.

[rating:5/5]

Que delícia é ir ao teatro! Foi minha segunda vez, mas com certeza virão mais várias! Elenco lindo, músicas bem legais, mesmo em português, cenários, roupas, tudo! Foi uma delícia e a comédia é deliciosa!

“A magia e o significado das sempre atuais canções do ABBA inspiraram a escritora Catherine Johnson nesta história sobre amor e amizade, passada em uma pequena ilha grega. Às vésperas de seu casamento, uma filha, em busca da identidade de seu pai, convida três homens que fazem parte do passado de sua mãe e que há 20 anos não a viam. Os hits do ABBA, incluindo “Dancing Queen”; “The Winner Takes It All”; “Money, Money, Money” e “Take A Chance on Me”, fazem parte dessa deliciosa noite de pura diversão.”

Mamma Mia

Curiosidades

*MAMMA MIA! foi visto por MAIS DE 42 MILHÕES DE PESSOAS pelo mundo afora.

*MAMMA MIA! já arrecadou MAIS DE 2 BILHÕES DE DÓLARES de bilheteria.

*MAMMA MIA! estreou em mais cidades em todo o mundo com mais rapidez que qualquer outro musical na história, inaugurando em mais de 240 grandes cidades desde a primeira produção em Londres há dez anos.
MAMMA MIA! está atualmente em seu 12º ano desde a primeira produção inaugurada no West End de Londres em 06 de abril de 1999.

Local: Teatro Abril
Endereço: Av. Brigadeiro Luiz Antônio, 411 – Bela Vista – SP
Data: Quartas, Quintas e Sextas, às 21h; Sábados às 17h e 21h; Domingos, às 16h e 20h
Preço: De R$ 80 a R$ 250
http://www.musicalmammamia.com.br/

Florianópolis, e a “manezinha da ilha”

Florianópolis
Foto tirada da casa da mãe da Regina

Minhas férias esse ano foram bem diferentes! Fui com tios e primos para a ilha da magia, conhecida como Florianópolis. Era um lugar que eu queria muito conhecer, pelo namorado viver falando e todos que visitam sempre comentarem que lá é simplesmente lindo, então assim que saí da minha colação, arrumei as malas e no dia seguinte seguia rumo ao sul.

Praia dos Ingleses - Florianópolis
Praia dos Ingleses

Fiquei com meus tios e meus primos na Praia dos Ingleses. Lugar lindo de mar bem nervosinho. Ficamos em uma casa alugada, bem pertinho da praia. Mas logo no primeiro dia de praia, em uma brincadeira de sair chutando água um no outro, minha prima acertou a canela do primo dela e machucou o pé. Dá pra acreditar?
A canela ficou bem, mas o pé dela teve que ser colocado naquelas botinhas pra imobilizar e com direito a gelo quatro vezes ao dia.

Santo Antônio de Lisboa - Florianópolis
Santo Antônio de Lisboa

Mas você acha que isso impediu ela de colocar o pé na areia? NÃO!Fomos passear na praia da Lagoinha, onde uns primos estavam hospedados. Lugar lindo, mar calmo, uma delícia! Só lá consegui alguma conchinha pra minha coleção.

Praça Florianópolis - Figuera de 250 anos
Rê e eu na frente da figuera de 250 anos

Aproveitei que estava em Floripa e resolvi tentar conhecer alguém. Quem estava lá pra me levar pra passear? A Rê!!! Linda, fofa, simpática e tudo isso vale pro maridón dela que também foi junto. Passeamos por Sambaqui, Jurerê Internacional (pra eu sonhar com aquele lugar), Santo Antônio de Lisboa, uma paradinha pra comer no Shopping Floripa e ir tirar fotos lindas da janela da casa mãe dela.

Praia da Joaquina - Florianópolis
Na Joaquina

No dia seguinte fomos passear e conhecer a Joaquina. Namorado insistiu que eu tinha que conhecer, então lá fomos nós! No meio do caminho uma paradinha no mirante pra ver a Lagoa da Conceição, coisa mais linda de vista.

Infelizmente os dias passam e temos que voltar pra vida de sempre (ou não). Então pegamos nossas malas e voltamos para nossos respectivos lares. Delícia de dias pre descansar e curtir praia. E depois de sete anos ou mais eu finalmente consegui tirar minha cor branca gesso!

%d blogueiros gostam disto: