garganta
 

Há mais de um mês atrás eu peguei uma infecção de garganta. Como qualquer outra vez eu tentei ser pacífica e comecei a tratar com própolis duas vezes ao dia e gargarejos de água quente com sal. Sempre resolve, mas desta vez bastou UM dia pra acordar no dia seguinte com duas bolas de golfe na garganta. Não falava, doía o corpo, mas não tinha febre. Doía pra engolir e tive que ir em um médico. Este primeiro médico me passou uma tal de azitromicina, mas não havendo melhora, fui novamente ao hospital e me receitaram cefalexina por 10 dias e dois dias de repouso e muito macarrão, que era a única coisa que descia fácil.

Melhorei, foi ótimo, minhas amígdalas que estavam inchadas desde uma outra infecção ano passado murcharam totalmente, mas depois de 3 dias passados do fim do antibiótico, lá estava a garganta doendo e incomodando, e lá vou eu de novo pro hospital desta vez tomando uma bela benzetacil na bunda.

Sete dias depois surge um feriado e eu, não vendo progresso com a garganta, resolvi passar por mais um médico. Mais antibiótico, o quarto, agora uma tal de ceftriaxona, 3 injeções no popô. Mais alguns dias depois e nada de melhora, vou para a minha cidade em Minas, passo por um Otorrino que receita gargarejos com antisséptico bucal sempre depois de comer e um remédio pra aumentar minha resistência. Nem no terço deste processo, BUM! Mais uma infecção! E lá vou eu caçar médico no feriado. Agora ele passa mais uma injeção e mais um antibiótico: Axetilcefuroxima.

Estou agora tomando este remédio, misturado com mais métodos caseiros, como própolis e gargarejos pra ver se resolve esta situação. O médico indica operar e eu estou na dúvida: espero este antibiótico, pra ver o que ele vai fazer, se vai ajudar, ou já me enfio na faca? Confesso que estou cansada desta trabalheira, já vai pro segundo mês de remédios, dores e injeções, mas é que eu sei que depois que se tira a amígdala não significa fim de problemas, que podem vir faringites, que dizem ser pior que amigdalites, e eu posso ganhar mais problemas do que soluções. Então, fica aqui minha dúvida. Alguma sugestão?