Variedades

Produtos bacanas, promocões, eventos e tudo que pode ser uma dica valiosa pro seu dia-a-dia.

Aset Ka

E mais uma Semana em Série chegando, cheia de novidades e muita informa… oops! Nada de clichês aqui, hehe. Como já havia dito antes, vou colocar algumas vezes aqui no blog semanas tratando de assuntos específicos, e como eu sou e sempre fui fascinada por vampiros, que tema melhor para a semana que vai estrear o segundo filme da saga crepúsculo, o “Lua Nova” ? Só espero que este filme seja melhor que o primeiro…

Vampirismo – Aset Ka

Existem muitas lendas e teorias de onde surgem os vampiros, essas histórias se espalham por todo o mundo e cada um com sua versão, porém o Vampirismo é pouco conhecido entre as pessoas. Não se trata de sugar sangue, mas nós não chamamos um chefe que explora seus empregados de vampiro? Então, vampiro não é apenas aquele que suga sangue, mas o que pode “sugar” energia, conhecimento, etc. As histórias mais antigas de vampiros vem do Egito Antigo, principalmente quando se trata da Ordem Aset Ka. Aset é o nome egípcio da deusa Isis, que é o nome grego para a deusa da magia e do poder, e que a tradução literal é “trono”, e Ka significa energia vital, e também é o conceito de alma para os egípcios. A maior parte dos conhecimentos sobre a tradição do Asetianismo é mantida por esta ordem, cuja influêcia na sociedade ocultista é reconhecida  internacionalmente e sua sede fica na cidade do Porto em Portugal.

“A Ordem dos Aset Ka é uma sociedade elitista secreta. A essência e conhecimento por trás do Aset Ka não é encontrado em edifícios, objectos ou livros comuns. Seus mistérios são apenas revelados aos dignos e suas portas abertas apenas para os que são leais e verdadeiros. Para todos os outros … a Ordem nunca vai existir “. – Aset Ka Site Oficial

A versão mais tradicional e menos mediática vê o vampirismo como uma religião e sistema filosófico, sustentado por espiritualidade predatória e onde é dada uma grande ênfase à prática metafísica.

A ordem justifica que o Asetianismo é  o primeiro sistema espiritual de vampirismo na história, criada por vampiros. E embora haja muita generalização sobre o arquétipo do vampiro, Asetianismo é a única religião organizada para vampiros se encontrarem.

“Os vampiros da Casa de Aset, a Ordem de Aset Ka, não são vampiros da ficção ou do mito(…). Eles pertencem a uma metafísica e especícica raça, ou linhagem que não se adapta, nascido há milhares de anos atrás. A muito tempo morta e renascida, em um mundo em constante mudança, suas almas perduram para sempre e, em silêncio, eles andam entre nós “.
– Asetian Bíblia, Versão Pública, 2007

A Marca Negra é um conceito que membros da Aset Ka usam em um sentido mágico, sendoconhecido como selo mágico ou segredo gravado na pele do pulso dos membros.

O que pode parecer uma tatuagem normal, a marca negra da Ordem é gravada de acordo com as antigas tradições e rituais secretos de poder. De acordo com os ensinamentod o simbolo foi desenhado por Aset há mais de 8000 anos atrás e apenas pode ser gravada naqueles que tiverem sangue de Aset, nunca utilizada por membros iniciantes.

Fonte: Paranormal Encyclopedia.com

Biografia, ou não de Nicole Kidman

Nascida em Honolulu (Isso mesmo, Hawai) no dia 20 de Junho (gêmeos), Nicole Kidman mudou-se com os pais aos 3 anos de idade para Washington, e depois para Sydney na Austrália, ganhando cidadania australiana, onde começou sua carreira de atriz fazendo pequenos filmes.

Começou a ser reconhecida aos 19 anos, depois de atuar em Terror a Bordo, de 1989, no qual ela atua com Sam Neill e Billy Zane. No ano seguinte é escala para o filme ”Dias de Trovão”, e foi quando a atriz conheceu Tom Cruise e os dois começam um romance durante as filmagens. Em dezembro do mesmo ano eles se casaram, e a relação durou até agosto de 2001, quando o ator saiu de casa.

A atriz, que fez balé desde os seus 3 anos de idade, tem 1,80 de altura(mulherão!), é canhota, tem alergia a morangos, toca piano e tem Q.I. 132, o que significa que ela faz parte dos 2% da população de superdotados.

Atualmente, Nicole está casada com o guitarrista Keith Urban (gatinho!), tem dois filhos, Connor Antony, nascido em fevereiro de 1995, e Isabella Jane, em janeiro de 1993, ambos adotados durante o casamento com Tom Cruise, de quem perdeu dois filhos por aborto espontâneo.

Filmografia

* Rabbit Hole (2010)
* Nine (2009)
* Austrália (2008)
* A Bússola de Ouro (2007)
* Invasores (2007)
* Margot e o Casamento (2007)
* A Pele (2006)
* Happy Feet – O Pinguim (2006)
* A Feiticeira (2005)
* A Intérprete (2005)
* Mulheres Perfeitas (2004)
* Reencarnação (2004)
* Cold Mountain (2003)
* Dogville (2003)
* Revelações (2003)
* As Horas (2002)
* O Quarto do Pânico (2002)
* Os Segredos de Alan Smithee (2002)
* A Isca Perfeita (2001)
* Moulin Rouge – Amor em Vermelho (2001)
* Os Outros (2001)
* Stanley Kubrick: Imagens de uma Vida (2001)
* De Olhos Bem Fechados (1999)
* Da Magia à Sedução (1998)
* Saturday Night Live: O Melhor de Mike Myers (1998)
* O Pacificador (1997)
* Retrato de uma Mulher (1996)
* Batman Eternamente (1995)
* Um Sonho Sem Limites (1995)
* Minha Vida (1993)
* Um Sonho Distante (1992)
* Dias de Trovão (1990)

Produtora

* Rabbit Hole (2010)
* Em Carne Viva (2003)

Desculpe-me Sra. Rosa

Quem me conhece já está cansado de ouvir a frase “Ah! Como eu odeio rosa!”, mas hoje venho me retratar com esta cor. Por mais que eu diga que eu deteste rosa, várias peças do meu guarda roupa e coisas que possuo são rosa, muitas coisas são ganhadas, outras eu mesma comprei. Então, se uso esta cor, e não me importo de comprar coisas com ela, por que odeio-a tanto?


Aí que está, não odeio. É que quando uma menina AMA rosa ela SÓ usa e compra coisas com a bendita cor, e é isso que me incomoda, pessoas que usam descontroladamente o rosa, pois acho que já conheci umas 4 dessas na minha vida e isso me apavora. Você não vê ninguém que tenha tudo verde, azul, laranja, mas ROSA sim! Por quê? Me dá um certo nojinho tanto rosa, mas eu descobri que gosto da cor, porque acho ela alegre e ao mesmo tempo divertida. Sim rosa é uma cor divertida pra mim! Então vamos à seguinte conclusão: Não odeio rosa! E me desculpe corzinha, não terei mais nada a dizer contra ti, apenas usarei-a com responsabilidade, porque eu ainda afirmarei “quem usa rosa mais de 200 dias por ano devia ser expulso do mundo”.
Achei uma nova cor pra eu odiar agora: amarelo. E vocês eu nem tenho no guarda roupa!  AHA!

A Vida de Quem Vai pra Barzinho

Devo confessar que adoro barzinhos, não que eu seja fã de bebidas alcoólicas, mas é gostoso sentar, comer, tomar um suco e jogar conversa fora. Aliás o motivo pelo qual eu adoro é esse: conversa. Quer coisa mais gostosa que tagarelar sem parar e falar asneira com os amigos? Pra mim não tem, e o barzinho é o  lugar perfeito para isso, porém existem os chatos de barzinho, e são essas criaturas vindas de outra mesa que atrapalham o rendimento da noite de alguém.

Chato Maria-Fumaça

É o chato fumante que não tem nexo. Não levanta pra fumar longe de quem não fuma e acaba fazendo os que não o fazem passarem mal e terem suas noites estragadas por isso. Não é porque não fumo que não tenho direito de ir em um bar. Diz no dicionário:

Bar sm (ingl bar) 1 Balcão onde se servem bebidas. 2 Estabelecimento ou parte de estabelecimento com esse balcão. 3 Móvel ou compartimento em rádio-vitrola, ou em televisor, onde se guardam bebidas. Pl: bares.

Onde se servem bebidas. Nem alcoólicas está ali, ou seja, posso e tenho o direito de ir a um bar, beber suco e ficar sem feder a cigarro. Mas aqui na questão não é nem CHEIRO e sim PULMÃO. Tenho um pulmão fraco que me faz passar mal, fato. Sabe como é, não se escolhe nascer com bronquite asmática no mundo e a fumaça faz queimar os pulmões, mesmo eu não fumando o maldito pauzinho de nicotina fumegante só a fumaça do ar. Pelo menos alguns estados, como o de São Paulo, proíbiu o fumo em lugares assim: TE AMO GOVERNADOR! Aqui saio e sou uma pessoa mais feliz, levem isso logo pra Minas!

O Chato “Te quiero para mi”

Tenho namorado, mas às vezes rola de ir para bar com amigos, e aí entra o problema. Homem não pode ver mulher sozinha que acha que ela está livre e desempedida. Mas,  OK, ele tem o direito de tentar. O problema é quando você já avisou-o da situação e ele não entende. Ou melhor, da uma de “não sou ciumento”. Caros homens, nem toda mulher com namorado sai dando em cima e aceita cantada, entendam, e se o fazem não dizem que tem namorado. O duro é que saí este final de semana e: 1 – o cara não entendeu, 2- estava mais louco que o Robin de tanto álcool que já havia ingerido, 3 – eu tive que zoar com ele e 4- como ele não soube perder me chamou de “sapata”. Homens, sejam bonzinhos e saibam perder uma cantada, ainda mais se a moça já lhe informou que é comprometida.

%d blogueiros gostam disto: