Viagens e Passeios

Passeios gostosos, viagens inesquecíveis, eventos divertidos e muita coisa bacana pra fazer e conhecer.

Comic Con Experience – CCXP 2016 – Guia

guia_ccxp_topo

Ahhhh, o mundo nerd e seus eventos maravilhosos que fazem a gente ficar maluco e querer ir em tudo, não é verdade? Ano passado eu estive na CCXP e contei tudo por aqui. Minha parte favorita com certeza é a Artists’ Alley, onde ficam ilustradores, quadrinistas e artistas de vários lugares do pais. Levei minha coleção de MSP Graphics e voltei com quase tudo autografado pelos ilustradores, imagina uma pessoa feliz.

Este ano temos outros planos para o fim de semana de CCXP show do Black Sabbath, mas resolvi criar um infográfico com algumas dicas pra quem vai pela primeira vez no evento e não quer perder nada. Além das dicas contidas nele, eu ainda complemento aqui que se você chegar cedo e for embora mais tarde tem grandes chances de pegar alguns estandes bem vazios e aproveitá-los com mais calma. Fique esperto se tem alguma atração com hora marcada e agende na hora, foi o caso do Escape 60 que fomos ano passado.

guia_ccxp

Viagem e Vídeo: Rio Quente / GO

miniatura_video_blog_rio_quente

Depois de um bom tempo só ralando, o noivo combinou com os pais de irmos passear em Rio Quente, uma cidadezinha ao lado de Caldas Novas no estado de Goiás, famosa por suas águas naturalmente quentes.

Por aqui “Caldas Novas” é super famosa, mas muita gente acha que o lugar é pra “gente velha”. Minha impressão foi bem diferente disso. O lugar tem sim uma preocupação grande em termos de acessibilidade, com rampas de acesso, lugares para mães e pais trocarem fraldas de crianças e até cozinhas especiais pra preparação de comida de bebês, mas alí o que mais vi foram famílias inteiras se divertindo.

rio_quente_5Piscina quente do Parque das Fontes.

Ficamos no Hotel Pousada, um lugar ótimo, com café da manhã e almoço gostosos e o melhor de tudo: pertinho de tudo! Fomos andando para as piscinas do Parque das Fontes, onde ficam as piscinas de água quente (chegam até 38 graus), para o Hot Park, o parque aquático com as águas quentes do Rio e que tinha até uma praia artificial com piscina de ondas quentinhas.

No Hot Park desci pela primeira vez em tobogãs, realizando uma vontade de criança (antes tarde que nunca, né?), e já comecei no grande Xpirado, um escorregador de 32m de altura. Gritei antes de cair, ansioso é assim.

Também ganhamos uma cortesia no hotel para fazer um mergulho com peixes de água doce, mais especificamente pirarucus enormes. Eu fiquei com medo, coitado do noivo que me aguentou segurando ele na água, mas foi super maluco.

rio_quente_3Passeio de barco no Rio Quente.

Sobre o passeio: O hotel era em ótima localização, quartos bons, arrumados e bem cuidados. As refeições eram bem cheias de coisas e comi super bem todos os dias. O cardápio deles até tem coisas sem glúten, sem leite, bem legal. Ficando no Pousada você tem acesso a todo o complexo sem pagar nada a mais por isso. Se você fica em hotel fora do resort tem que pagar por dia de uso do Hot Park por exemplo. Pra quem curte, eles tem shows todos os dias de noite, o tema vai depender do dia e da programação.

O Hot Park estava bem tranquilo de movimento e pude ir nos brinquedos sem pegar filas enormes, tudo rapidinho e super divertido!

rio_quente_2Praia do Cerrado

As piscinas quentes são atração principal e ficávamos lá até de noite curtindo as pedras e o quentinho. Pra relaxar o corpo não tem coisa melhor.

Sobre o mergulho, os preços são bem caros pra ver só um monte de peixes no final que eles atraem com comidinhas, ainda bem que foi cortesia, porque já ia prever um noivo bem bravo. Mergulho com cilindro é dispensável.

Pontos negativos: Se você for consumir qualquer coisa por lá, prepare os bolsos! Tudo tem preço bem salgado, fora a falta de opção de comidinhas mais light de noite, senti muita falta disso.

rio_quente_1Piscinas do Hot Park.

rio_quente_4Lagarto

Como Chegar?
Fomos de carro e demoramos 8h, com parada, de Poços de Caldas para Rio Quente. A estrada foi bem tranquila, apesar de alguns trechos em mão dupla.

Mais:

Fiz um vlog rapidinho com cenas e bagunças da viagem, é só dar o play e conferir.

Passeio: Expoflora – Holambra/SP

holambra_blog
Rosas arco-íris.

Neste domingo eu e o noivo fomos encontrar a família dele na Expoflora, a maior exposição de flores e plantas ornamentais da América Latina que acontece em Holambra, cidade do estado de São Paulo há 35 anos. Mais de 300 mil pessoas visitam o evento todos os anos, minha mãe vai lá quase todos os anos, e eu sempre tive curiosidade de conhecer o lugar, então lá fomos nós!

Antiga colônia holandesa, Holambra abriga os principais produtores de flores e plantas ornamentais. Apesar de contar com pouco mais de 11 mil habitantes, a cidade é o maior centro de cultivo e comercialização de flores e plantas ornamentais do Brasil, respondendo por cerca de 40% das vendas do setor. Por isso, a cidade foi reconhecida, em junho de 2011, como a Capital Nacional das Flores.

holambra_2
Exposição de flores.

holambra_3
Lojinhas de comidas típicas holandesas.

Um evento com todas as atenções voltadas para flores e plantas não pode ser feio, não é? Todo o ambiente é repleto de vasos e canteiros super floridos, que fazem você querer levar TODAS AS PLANTAS pra sua casa, o que é ótimo já que ali mesmo vendem todas as plantas que você vê por lá.

Minha parte preferida foi a área de ambientes decorados, tudo de muito bom gosto e o mais legal: cheio de verde. Dá pra deixar qualquer ambiente bem “natureza” e aproveitar várias ideias, porém como fomos no último dia do evento, estava tudo TRI-lotado, chegando até a faltar água nos banheiros, o que deu uma dificultada na gente tirar fotos bacanas e ver com calma tudo que estava exposto.

holambra_4
Fusca em flores.

holambra_5
Minha paixão: lavandas.

Além de decoração o lugar conta com várias comidas e shows de danças típicas holandesas, pessoinhas com roupas e sapatinhos de madeira andando por aqui e por ali. Ainda tem uma “Parada das Flores”, que é um desfile de carros cheios de flores e uma chuva de pétalas de rosas, que não vimos por motivos de estar cansados e ainda estar muito cheio por isso resolvemos fugir antes do ápice pra não pegar engarrafamento e lotação pra sair de lá.

Acho que ir em um dia no começo ou no meio da exposição deve ser bem mais tranquilo, porque por mais legal que seja o lugar, se você não aproveita direito, não curte os ambientes, fica tudo bem corrido e confuso. A organização está de parabéns pois o lugar é cheio de banheiros e você até que circula bacaninha por lá, mesmo cheio. Apesar dos pesares, passar o dia do namorado do noivo com ele e pessoas queridas foi ótimo.

holambra_6

Preço: R$42 para adultos, R$21 para crianças, estudantes e idosos.

Mais informações: http://www.expoflora.com.br.

Vídeo: Festival da Cerejeira em Campos do Jordão – SP

Festival da Cerejeira

Se você mora no Vale do Paraíba ou então quer fazer uma viagem gostosa, você não pode perder o Festival da Cerejeira em Flor que acontece geralmente entre os meses de julho e agosto em Campos do Jordão.

Já tinha feito um post sobre este mesmo festival em 2013, mas eu e o noivo somos apaixonados por ele e neste fim de semana deu na telha e fomos pra lá. Pra começar a entrar em clima de vlog, gravei algumas tomadas por lá para vocês conhecerem um pouco mais do evento e da cidade, que é super fofa e estilosa.

Fotos extras pra quem veio ver o vídeo no blog? SIM!

festival_cerejeira_1

festival_cerejeira_2

festival_cerejeira_3

Preço: R$15 para adultos, R$7 para crianças, estudantes e idosos.

Como chegar: Av. Tassaburo Yamaguchi, 2173 – Campos do Jordão/SP

Mais informações: http://www.facebook.com/festadacerejeira

E vocês? Já foram em algum festival assim? Quais vocês indicam? Acham legal colocar vídeos de passeios por aqui e no canal?