Vida Real

Alô, alô, planeta Terra chamando! Este é o diário de bordo da blogueira que vos escreve.

Meme: Complete a frase

meme_frase

Foto de Gabriel Santiago

Fui indicada pela Cris lá do Leviosa para fazer esse meme que achei bem divertido, então vamos às respostas porque acho que vai ser difícil fazer.

Sou muito ansiosa. A coisa é feia, mas nunca fui em médico tratar ou ver se é algo mais sério, mas me atrapalha um pouco. Até quando eu corro! Não consigo correr num mesmo lugar em círculos por exemplo, é como se estivesse presa e me falta até o ar. Além disso, por conta da ansiedade meu estômago é quem mais sofre nessa situação toda.

Não suporto que achem que sou fraca por ser mulher. Eu sei que força muscular é mais fácil homem ter mesmo, mas gosto de dar o melhor no que faço. Pode ser trabalho, texto, ilustração ou até nas aulas de kung fu, sou extremamente competitiva comigo mesma e isso me ajuda e me atrapalha ao mesmo tempo. Só eu sei como fico nervosa por não conseguir fazer combate nas aulas de kung fu.

Eu nunca fiquei muito tempo sem postar no blog. Sério! Não me lembro de ter largado dele por um mês inteiro por exemplo. Ele é meu pedacinho de sanidade no meio de tanta doidera.

Eu já briguei com meu irmão quando era mais nova. E muito! Mas hoje em dia não temos mais porque brigar, ele mora longe e somos grandes amigos. Aliás, sinto muita saudade dele.

Quando criança eu vivia me machucando. Nunca quebrei perna, levei pontos, nem nada grave, mas lembro de sempre ter um joelho/cotovelo ralado. Lembro que eu costumava ter verruguinhas nos joelhos (viagem né?) e elas sempre saiam com essas caídas no chão de cimento que eu dava. Acabei por crescer sem nenhuma de tanto tombo. Apesar que até hoje dou meus tombos.

Nesse exato momento estou escrevendo o texto do blog em silêncio e lembrei de colocar o fone. Também estou mole porque estou meio doente e tô de saco cheio disso já.

Eu morro de medo de morrer e perder as pessoas que amo. É meu maior medo e as vezes tenho pequenas crises de pânico pensando nele. É meio viagem eu sei, bem como é inevitável também, mas isso me apavora.

Eu sempre gostei de cantar (eu ia colocar desenhar, mas isso todo mundo já sabe, né?). Fiz coral durante 3 anos na adolescência, quando estudava inglês na escola da minha mãe(foi nele que conheci o noivo) e depois mais 3 anos na faculdade, e sinto muita falta disso. Era muito gostoso, me divertia demais.

Se eu pudesse concertava tudo de errado no mundo. É utópico demais pensar que um dia as pessoas viverão em paz umas com as outras, felizes e saudáveis? Pode ser, mas “Ses” estão aí pra serem usados.

Fico feliz quando o dia está claro, com Sol, aquele céu azul lindo e eu e o noivo estamos passeando, ou indo viajar, ou conhecendo algo novo. São dias de calma, paz e diversão que eu adoro demais!

Se pudesse voltar no tempo eu aproveitaria mais algumas coisas. Uma vez vi um filme que o cara podia voltar no tempo e ele vivia o dia de maneira normal, mas depois vivia ele de novo tentando ver tudo por outro ângulo. Então eu veria tudo por outro ângulo e tentaria me divertir mais e olhar menos pra problemas. Apesar que isso pode começar a ser feito hoje né?

Adoro comer. Sério, tem coisa melhor que comer uma comida gostosa? Risoto, massas, sobremesas com sorvete… Hmmm… Mas aqui em casa estamos tentando maneirar pra ninguém sair do penso, né? Comer é bom, mas com moderação.

Quero muito viajar. PONTO. Viajar é uma delícia e não importa pra onde. Eu e o noivo adoramos desde passeios por perto até lugares mais longe então o que vier ta valendo. Mas a Disney está nos planos de um dia, isso está!

Eu preciso de internet. Calma, não preciso ser internada ainda, eu consigo ficar um final de semana inteiro sem tocar no celular, já fiz isso fácil-fácil, mas tem que ter muita coisa pra eu fazer. Não me deixe sozinha no mundo sem contato com outras pessoas pela internet que eu surto. Sério.

Não gosto de ver gente sendo mal educada. Jogando lixo no chão, fumando em local proibido, não dando lugar no ônibus, deixando a bandeja do shopping na mesa, poxa, são coisas simples e que não mata ninguém.

E ai? Que acharam? Eu deveria indicar blogs pra participar agora, então eu indico todas as meninas do Blogaholic, são elas: Angélica, Jéh, Dafne, Karina, Nique, Mari, Poly, Lívia e a Letícia.

Meme – Esportes olímpicos que eu praticaria

Os Jogos Panamericanos vieram e passaram, as Olimpíadas estão pra chegar por aqui com calção de turista com flores e o que nós queremos saber é QUAIS os esportes que você praticaria se fosse um grande esportista da nossa queridíssima delegação brasileira. Oferecimento Rotaroots.

Eu já pratico kung fu, mas infelizmente ele ainda não é considerado um esporte olímpico, bem como karatê e alguns outros que lutam pra entrar nessas competições, então vou contar aqui cinco esportes olímpicos que eu praticaria.

ginastica_ritmica_desenho

Ginástica rítmica – Sempre fui uma amante das artes da dança e ver todas aquelas meninas super ensaiadas, cheias de graça, roupas lindas e aquelas fitas… ah… aquelas fitas. Tão lindo ver o que elas aprontam com tanta habilidade.

patinacao_gelo

Patinação Artística – Mais um que tem tudo a ver com a dança. Tirando o fato de os tombos serem feios de doer só de olhar, acho este esporte muito gracioso. Se colocar o pessoal dançando trilhas de filme que gosto então, levanto e bato palmas de pé.

ginastica_artistica_desenho

Ginástica Artística – Pra mim este esporte sempre foi algo do tipo “até onde seu corpo pode ir?”. As atletas tem que mostrar a perfeição nos seus movimentos e sempre fui apaixonada em vê-las competir.

tiro_arco_desenho

Tiro com Arco –  Aqui temos um que foge de tudo que falei. Com muita calma e concentração o atleta tem que fazer tiros perfeitos, assim, quem sabe a concentração do esporte me traria mais concentração e menos ansiedade.  Além disso, quem nunca quis usar um arco e flecha?

Pra deixar o post mais legal fiz desenhos rápidos com caneta pincel e aquarela, que que vocês acharam? Gostaram dos esportes escolhidos? Quais vocês fariam?

[Blogagem Coletiva] Que super-herói meu pai seria?

super_heroi_pai

Se tem uma coisa que todo mundo concorda quando fala-se do meu pai é como ele é inteligente. Pra mim ele é inteligente até demais em alguns casos. Me lembro dele tentando me ensinar matemática, como se fosse algo banal e simples, e se irritando por eu não entender. “Mas é tão fácil!”, ele dizia.

Formado em filosofia e devorador de livros, meu pai tem conhecimentos diversos na área de psicologia,  política, antropologia e mais “IAS” por aí, então não tem quem não goste de conversar com ele sobre assuntos mais variados. Aliás, se você quiser bater um papo bacana com ele, é só aparecer no salão de cabeleireiro dele lá na minha terrinha.

Sim caros amigos, ele tem o poder de cortar cabelo como ninguém! As únicas vezes que outra pessoa encostou no meu cabelo pra fazer algo não saí 100% satisfeita, porque ele sabe muito bem o que fazer com o pente e a tesoura.

Outra habilidade que ele tem é o “super poder” de arrumar tudo. Estragou alguma coisa na sua casa que possa ser concertada, lá está ele pedindo as peças pela internet, comprando nos fornecedores da cidade e trocando tudo. Uma vez ele me salvou arrumando a caneta da minha Wacom com um pedaço de um celular estragado. Sério. Claro que todo esse poder de concertar vem com uma “super bagunça” de fios, cabos, resistores, controles, solda e ferramentas espalhadas pelo quarto dele, mas isso é outra história.

Além disso tudo, ele sempre está ajudando as pessoas. Estou pra ver gente nesse mundo pra ajudar tanto os outros como ele. No prédio onde ele mora ele sempre é chamado pra ajudar em algo, ele adora e sempre vai. Já vi ele apagar fogo da panela da casa da vizinha, trocar resistência pra senhorinha do prédio, ajudando a procurar cachorrinho perdido, dando carona… esse é o Guto!

Levando tudo isso em consideração eu fiquei realmente em dúvida em qual super-herói ele seria, mas acho que ele se enquadra bem no Reed Richards, o Homem Elástico. Pela inteligência, experiências e o cabelo! Quando o cabelo do meu pai começou a ficar branco, ficou com mechas, assim como o dele.

Esse é meu pai, super-herói nas horas vagas. Feliz dia dos pais pai!

reed_richard

No mês do Dia dos Pais, quisemos fazer diferente e perguntar pra vocês se seu pai está mais para o Sr. Incrível ou para o Batman. Oferecimento Rotaroots.

Resumão de Julho – Looks e Vídeos

E vamos aos looks e vídeos do mês de julho! Estão prontos? Este mês eu fiquei meio sem gravar vídeos no Instagram. #xatiada. Assistimos poucos filmes e fiquei meio doida com as coisas da Alpaka pra alimentar, então só teve um vídeo sobre o último filme do Exterminador do Futuro.

Looks

Nos looks deu pra ser mais feliz! Esse clima “friozinho, mas nem tanto” me agrada demais e posso ser feliz com combinações meio termo.

looks_julho

Por Aqui

Comecei o mês de julho contanto aqui no blog como surgiu a Alpaka, a loja que eu e uma amiga criamos com roupas para meninas-mulheres com estampas exclusivas e inspiradas na temática nerd. Estamos vendendo os lenços e os vestidos pelo Facebook enquanto nosso site não sai, então é só entrar em contato se você quiser algo. Dá pra pagar pelo PagSeguro ou depósito bancário.

Também continuei os lugares de Londres e desta vez contei sobre o Museu de História Natural, um dos meus lugares favoritos da viagem, e o bairro de Camden Town, cheio de gente e coisas exóticas. Os posts de Londres estão quase acabando e vocês podem conferir todos os lugares agora na lateral do blog, organizadinhos e por ordem alfabética.

Contei como foi correr a Bravus Race em São Paulo e por mais maluco que possa ser, estou inscrita na de São José dos Campos agora no dia 15 de agosto e treinando pra ela. Quando fomos buscar o kit da Bravus, aproveitamos e fomos ao teatro assistir “Mudança de Hábito” no Teatro Renault.

Este mês teve posts do Rotaroots também! Um sobre como seria minha vida em Hogwarts, caso existisse, se eu fosse uma bruxa, e se eu morasse lá. Tantos “ses”, né? E contei também as vezes que a vida me fez rockeira com desenhos em preto e branco pra combinar com o assunto.

Falando em desenho, falei do trabalho MARAVILHOSO da Liana Hee, tudo cheio de brilhos e delicadezas, e ainda de coisas que as princesas da Disney te ensinaram.

E pra não ficar de fora, contei sobre as tintas do meu cabelo novo que tem nome de “Mermaid Hair”, ou Cabelo de Sereia.

Julho não foi desses que passam correndo, mas já estamos em agosto e o ano está quase acabando! Como lidar?

%d blogueiros gostam disto: