Mulherzinha

Cabelo: Cuidados e produtos

cuidados_cabelo_1

Faz um tempo que coloquei por aqui alguns produtos que uso no cabelo, mas ultimamente ele tem ficado muito ressecado, o que nunca foi muito normal pra ele, por mais que ele tenha sim descoloração. Acho que ele começou a ficar judiado por motivos de: 1. não cortar e 2. suar demais. O suor estraga bastante o cabelo pra quem não sabe e meus treinos de kung fu tem contribuído pra ele ficar completamente encharcado de suor. Acho que por conta disso ele ressecou além do normal e lá fui eu comprar coisinhas pra fazer milagre. Não é que ele está mais feliz? Aí vim contar pra vocês o que andei comprando =D

Yamasterol – Yamá

cuidados_cabelo_2

Este é o queridinho de muitas meninas de cabelos coloridos pela internet, mas eu nunca tinha utilizado no cabelo e eu lhes pergunto: POR QUÊ?
Ele é um creme multifuncional com Babosa e D-Pantenol e pode ser usado tanto com ou sem enxágue em qualquer tipo de cabelo. Tenho usado ele uma vez por semana, deixando agir por 10 minutos e olha, o cabelo fica cheiroso, macio e uma delícia! Diz na embalagem que ele ainda protege o cabelo em banhos de mar e piscina. O melhor? O preço!
Preço: R$ 5,75 – 320g.

cuidados_cabelo_3

Ojonoil – Vita Seiva

Já falei da Vita Seiva por aqui no blog e olha eles aqui outra vez. Comprei desta vez um óleo restaurador de ojon, cálamo, mirra, canela e oliva. Gostei muito dele pois o cabelo fica cheiroso e tem nutrido bem minhas pontinhas que estavam tão terríveis, mesmo depois do corte. Você usa 3 gotinhas no máximo por vez, o que faz o produto durar bastante.
Preço: R$ 12,00 – 30 ml.

Semí Dí Líno – Diamante – Alfaparf

Aqui vem mais um produto que veio de dica da mamãe. Essa ampolinha azul tem um óleo que ajuda a nutrir e reparar a estrutura do cabelo e o resultado é logo na primeira aplicação. Eu usei meia ampola por vez, uma vez por mês. O bacana é que você sente o cabelo esquentar logo depois de aplicar e deixar agir por 5 minutinhos. O cheiro pode ser bem forte se você usar a ampola toda e tiver um cabelo médio como o meu. Dica: Não colocar no meio de condicionador/creme. O preço pode parecer salgado pra quantidade, mas esse produto é porreta!
Preço: Pode chegar até R$ 20 reais uma ampola.

Todos estes produtos eu comprei em uma loja de cosméticos comum lá na minha cidade natal em Minas.

Cabelo fantasia de três cores

Candy Color

E aí venho eu com mais uma piração cabelística pra vocês! Desta vez resolvi colocar mais de uma cor na cabeça pra viajar com ele bem colorido, então as minhas escolhidas foram: Candy Color Royal Pink, Tropical Green, também da Candy e a boa e velha VG (Violeta Genciana).

O resultado ficou melhor que o que eu esperava, mas fiz uma bagunça monstro na casa, foi tinta pra todo lado. Da próxima vez que resolver fazer algo do tipo vou ter que ir em um salão mesmo. Então fica aí o resultado:

Mais sobre cabelo?
Onde comprar tintas fantasia? | Como descolorir o cabelo? | Produtos que estou usando | Soap Cap

Compre tintas da Candy Color na minha loja, a Alpaka.

Outubro Rosa

Outubro Rosa

O quê?
Este movimento começou nos anos 90 nos Estados Unidos, em uma Corrida Pela Cura organizada em Nova York. Aos poucos ações foram se espalhando pelo mundo e hoje o Outubro Rosa é mundialmente conhecido como o mês de muita informação e conscientização para mulheres.

Por quê?
O câncer mais comum entre as mulheres é o de mama e se for diagnosticado em estágio inicial, pode ter cura. Se não for tratado pode se alastrar para órgãos vitais, como ossos, pulmão e fígado, e levar a morte. O câncer de mama é de difícil prevenção, pois é uma doença ligada ao histórico familiar e aos hábitos de vida. A grande arma que temos nas mãos é o diagnóstico precoce, ou seja, descobrir o tumor quando ele ainda é pequeno.

Principais Recomendações

Mamografia – anualmente após os 40 anos.
Exame clínico das mamas – a partir dos 20 anos como parte do atendimento médico integral da mulher.
Autoexame – mensalmente, de sete a dez dias após o início da menstruação, quando as mamas estão menos sensíveis. Para as mulheres que não menstruam mais, deve-se escolher um dia no mês.
Ultrassonografia – é indicada em casos específicos como exame complementar, particularmente em mulheres jovens, à procura de cistos ou nódulos ou, ainda, para diferenciá-los. Também permite orientar procedimentos como punções e biopsias.

E pra ficar legal vou fazer um #pinklipsday junto com a Renata do Mulher Vitrola. Clique pra saber mais sobre o movimento.

pinklipsday

Este post é um oferecimento de Rotaroots. Informações do site Se Toque.

Uma menina fora dos padrões

Vamos falar sobre ditadura da beleza usando de gancho o #StopTheBeautyMadness, um projeto que vai muito além do “desafio de tirar foto sem maquiagem”. Vale a pena entender o que é e principalmente o fato que tirar uma foto sem maquiagem não é um castigo nem motivo pra aposta. Um oferecimento Rotaroots.

Quando eu era adolescente eu não era uma menina muito ligada nessas coisas de beleza. Sempre gostei de me esconder por trás de roupas largas e meu All Star, e com esses ítens eu conquistava o mundo. Eu fui crescendo e minha mãe sempre ficava falando: “coloca uma sandalhinha”, porque mesmo em dias quentes eu andava de tênis, com meu shorts gigante e minhas camisetas. Acho que no fundo, depois de refletir muito, tudo isso era pra evitar olhares. Lembro também que minhas primas falavam que meu pé era feio, por isso eu devia ter vergonha de mostrá-los.

pes_1
Eu e meu irmão em Brasília em 2006. Calor e… All Star.

Sempre fui muito moleca que saía descalça pelo cimento pra correr e brincar, andar de bicicleta, jogar bola e subir em alguma árvore que desse sopa por aí. Sou muito mais amiga de meninos que de meninas e me interesso mais por Star Wars e Harry Potter do que por qual maquiagem nova saiu no mercado. Essa sou eu. Mas cresci e comecei a tirar sobrancelhas, hoje tenho uns dois tipos de rímel, alguns batons e uma paleta de 120 cores de sombras em casa, tudo pra dar uma salvada no visual em dias de olheiras profundas, casamentos, passeios ou quem sabe aquele dia que dá vontade.

OK. E o que tem tudo isso a ver?
Tem a ver que até hoje eu não acho que sou uma mulher normal comparando com uma grande maioria. Comecei a fazer muita coisa “de mulherzinha”, mas tem tanta coisa que não é prática. Maquiagem mancha meu rosto quando entra algo no olho e eu tento tirar. A unha com esmalte não dura nada quando se tem sua casa e tem que lavar roupas e louças. Não digo que é errado fazer essas coisas, mas acho que simplesmente não preciso fazer porque todo mundo faz. Quando estou com vontade, passo maquiagem pra me ver arrumada, quando acho que quero cor nas unhas, vou lá e passo esmalte e acho que toda mulher deveria se sentir livre pra fazer o que bem quisesse com seu corpo, desde que seja saudável. O problema é que conheço muitas que só se colocam pra baixo e/ou nunca vão se deixar serem vistas em uma foto sem maquiagem, pois elas são escravas de todo este padrão de mulher perfeita que as mulheres mesmo colocam nas cabeças, porque homem mesmo não liga muito pra essas coisas não.

pes
Pés sem fazer. Mas o que é fazer, certo?

Prefiro ficar com meus pés do jeito que são, porque prefiro sentir o chão da minha casa, do trabalho ou até mesmo nas aulas de luta, sem me preocupar se o esmalte descascou ou se as unhas estão sem fazer. Eles no chão me fazem lembrar que sou gente e que sou dona de mim e ninguém vai me fazer sentir mal, mesmo que não goste de algumas coisas. Um dia todo mundo aprende que não é porque todos fazem que temos que fazer, Kate sabe disso (10 Coisas Que Odeio em Você) AH! E descobri que meus pés são lindos e que meu namorado adora eles. O que isso me fez aprender? Que é tudo questão de como se vê, então permita-se ser livre.

%d blogueiros gostam disto: