parque

Parque Ribeirão Vermelho | Passeio em São José dos Campos

Conheça o Parque Ribeirão Vermelho em São José dos Campos.

Marido e eu no Parque Ribeirão vermelho

Já contei aqui no blog várias vezes que eu e marido adoramos explorar a cidade e vira e mexe estamos andando por algum canto pra descobrir algum lugar. Aí que há um tempo vi nos Stories de pessoas que conheço em São José dos Campos um parque bem diferente que eu não reconhecia. Deu o que fazer, mas descobri que se tratava do Parque Ribeirão Vermelho que fica na região do Urbanova.

Este bairro é meio longe de casa, mas em um dia de tédio resolvemos encontrá-lo. Jogamos no app de mapas e chegamos sem problemas.

Parquinho do Pq. Ribeirão Vermelho

Sobre o parque

O Parque Ribeirão Vermelho tem uma área de aproximadamente 250 mil metros quadrados e foi inaugurado em fevereiro de 2017, novinho né? Lá da pra jogar tênis, basquete, fazer caminhadas, andar de patins, skate e bicicleta (muita gente andando lá dentro com aquelas de locação, sabe?). Além disso, foi o único parque que vimos aparelhos de exercícios adaptados para cadeirantes.

Quiosques

O parque ainda tem alguns quiosques (piqueniques!) e parquinho para crianças. Para deixar ainda mais bacana, ele ainda tem “piscinas verticais”, que são nada mais que fontes que ficam com água para cima e para baixo para refrescar o pessoal em dias de calor. Achei super divertido! Em algumas fotos da internet da pra ver que a criançada grande e pequena se diverte muito!

O dia que fomos estava gelado, porém lindo! Sol bem gostoso e céu azul e adoramos conhecer mais esse lugarzinho de Sanja. Para completar o passeio vimos um tatuzinho cavando buraco para comer bichinhos, muito fofinho!

Quadras de tênis

Onde fica?
Avenida Maria de Lourdes Friggi, Urbanova

Horário
Segunda a sexta-feira, das 7h às 22h
Sábados, domingos e feriados, das 7h às 18h

Fonte – Finais de semana, das 10h às 17h

Parque Alberto Simões | Passeio em São José dos Campos

Há um bom tempo eu tinha descoberto sobre o Parque Alberto Simões aqui em Sanja (modo carinhoso que tratamos São José dos Campos) e eu e o marido já tínhamos tentado ir lá, mas na época o parque estava fechado.

Entrei na internet e vi que por conta de prestações de contas da Prefeitura ou algo assim, ele já estava sem funcionar fazia 6 meses, mas que iria reabrir dali algumas semanas. Acabou que esquecemos e ficou por isso mesmo.

Aí, meu irmão e minha cunhada vieram visitar a gente em maio e vi que finalmente o parque estava aberto! Resolvemos então que iríamos passear com eles e conhecer juntos o lugar. E posso falar? A gente adorou!

Parque Alberto Simões
Parque Alberto Simões
Mapa do parque Alberso Simões em São José dos Campos
Mapa do parque

Sobre o parque Alberto Simões

Naquele lugar funcionava a antiga Fazenda Boa Vista, e onde fica a casa, hoje funciona a Polícia Ambiental. O mais bacana de lá é que o lugar conta com equipamentos para a prática de esportes radicais (duas tirolesas, paredão de escalada e estrutura para arborismo), pista para skate e BMX street. E tudo estava tão novinho e bem cuidado que eu fiquei morrendo de vontade de levar minha irmãzinha pra brincar lá!

Além disso, também tem circuito para caminhada e playground para crianças e uma academia ao ar livre para adultos. Pelos cartazes que lemos, parece que o parque também oferece aulas grátis de dança e coisas do tipo.

Casa onde hoje fica a Polícia Ambiental.
Vista de São José e cabine de onde sai a tirolesa - Parque Alberto Simões
Vista de São José e cabine de onde sai a tirolesa.

Não conseguimos praticar os esportes radicais porque era dia de semana e descobrimos que essas coisas só funcionam sábado e domingo, pois precisam de monitores e ainda rola uma distribuição de senhas. A dica foi chegar cedo no sábado, que é o dia mais tranquilo. Não voltamos lá ainda, mas está nos planos!

Pista de skate, patins e bike.
“Academia” infantil.
Playground infantil (uma pena ser só pra criança, pois pareceu bem bacana).

Gostamos bastante de caminhar por lá, tem partes com árvores que deixa o caminho mais protegido do sol e com certeza queremos voltar para aproveitar a tirolesa, pois a vista de lá é bem bonita!

É de São José? Já tinha conhecido este parque? Conhece algum outro? Conta aí nos comentários!

As trilhas para caminhada são bem bacanas!

ONDE FICA?

Avenida Pico das Agulhas Negras, 112, Altos de Santana

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO DO PARQUE
Terça a sexta-feira, de 6h às 20h
Sábados, domingos e feriados, das 6h às 18h

Tirolesa, arborismo e escalada
Sábados, domingos e feriados. Participação nas atividades radicais sujeitas à retirada de senhas limitadas no local. Horário de funcionamento restrito até a última senha entregue.

Menores de 18 anos poderão participar SOMENTE com autorização dos pais, responsáveis legais ou acompanhados de parentes com documento de procuração original.
I

Turismo em Edimburgo: Jardim Botânico Real | Escócia

Viagem pela Escócia: Jardim Botânico Real em Edimburgo

turismo em edimburgo

Quando o noivo decidiu por Edimburgo como cidade pra fazer o intercâmbio rápido que ele ia fazer, eu logo dei um jeito de ir me encontrar com ele. Foi tudo sem esperar, eu ia usar a pouca economia que eu tinha feito, mas sabia que tinha que conhecer este novo lugar. Saí de Paris, onde estava com meu irmão e fui de avião pra lá. Eu e o noivo ficamos em uma Guest House – isso tudo vou contar em outro post – e o primeiro passeio que ele me levou pra fazer foi o Royal Bothanic Gardens (Jardim Botânico Real).

Sobre o Jardim Botânico Real

Surgiu em 1670 como um lugar para cultivo de plantas medicinais. É agora um renomado centro de ciência de plantas, horticultura e educação. Existem quatro destes parques espalhados e eles estão em Edinburgo, Benmore, Dawyck e Logan, e possuem uma quantidade riquíssima de plantas.

O que achei?

Eu fui sem esperar em todos os passeios que fiz na Escócia. O noivo ficou dois meses lá e tinha a missão de me impressionar, mas depois que se chega em Edimburgo, tudo que você faz é impressionante.

O jardim é bem grande e tem várias áreas temáticas: tem um jardim meio japonês, uma fonte, lago, flores de vários jeitos, inclusive suculentas que eu fiquei apaixonadíssima! Pra mim, conhecer lugares deste jeito abre minha cabeça para novas faunas e floras, o que vejo que pode me enriquecer muito como profissional das artes. Imagino que em temporadas de flores, como verão e primavera, o parque fique bem mais deslumbrante, e no inverno com a neve e os enfeites de natal seja de tirar o fôlego.

Uma das coisas que mais achei legal foi uma parte do parque dedicada a Rainha Elizabeth e que tem uma casa com o interior todo feito em conchas e pinhas. Coisinha linda e chuchu de se ver.

Como visitar?

Entrada: Grátis. Apenas algumas exibições cobram ingresso.
Horário de visitação: Varia e acordo com a estação do ano e condições climáticas, então vale olhar diretamente no site deles para saber melhor.
Como chegar? Fomos a pé mesmo da Princess Street.
Tempo de Passeio: Vai do grau de entusiasmo por plantas. O lugar é bem grande e ficamos umas duas horas por lá.

Vídeo: Hopi Hari (ou a primeira vez que fui num parque)

hopi hari

Há umas semanas atrás eu fiz um post sobre o lançamento da temática da Liga da Justiça no Hopi Hari. Acontece que ganhamos um passaporte pra passar um dia todo lá, juntamente com vários criadores de conteúdo aqui do Vale do Paraíba, e neste último fim de semana fomos lá conferir tudo. No vídeo eu conto e mostro um pouco do parque pra vocês, clique, assista e dê seu joinha.

Coleguinhas do Vale pra você conhecer e seguir:

Blogs do Vale do Paraíba – Grupo | Instagram

Armindo – Instagram | Blog

BoarDado Games – Instagram | YouTube

Gabriel Namorato – Instagram | YouTube

Nicole Eberharte – Instagram | YouTube

Felipe “O” Raphael – Instagram | YouTube

Os Mestres do Universo – Instagram | YouTube

Canal Distúrbios na Força | Canal Fabrício Filho | Canal O Quadrinheiro Véio

Gostou? Entra lá no You Tube e se inscreva para não perder nenhum vídeo.

%d blogueiros gostam disto: