playstation

Xperia Play confirmado e com data de lançamento para Março

Será que depois dessa já poderíamos dizer que 2011 é o ano dos portáteis? Depois de termos os anúncios oficiais e datas de lançamento do Nintendo 3DS e do NGP, a Sony acaba de confirmar o lançamento do Xperia Play para março. Tudo bem, alguns podem dizer que não se trata de um videogame em si, mas há alguma dúvida de que o aparelho será usado como plataforma para jogos?

Direto de Barcelona, no Mobile World Congress, o CEO da Sony Ericsson, Berth Nordberg, disse que esse é o primeiro aparelho telefônico com o certificado Playstation. O chefe também garantiu compatibilidade com a Playstation Suite e Certification, além de acesso aos conteúdos da PS Store, no final do ano.

Melhor notícia ainda foi a confirmação de 50 títulos na data de lançamento, entre eles Dead Space, FIFA e Assasssins Creed. O aparelho será vendido em conjunto com um jogo clássico do PS One.

Algumas fontes dizem que o preço desse brinquedinho irá ficar por volta de $400. O que significa que ficará bem caro quando chegar em terras tupiniquins… Praticamente o preço de um Iphone, outros dizem que o preço do NGP ficará em torno disso também, mas vale lembrar que o Xperia ainda é um telefone de alto nível, o que quer dizer que você não estará pagando muito por nada, estará pagando muito por muito.

Prever uma E3 focada em portáteis e seus jogos seria demais? Parece uma tendência…

Video Game: PlayStation 1 e Dreamcast

E vamos para a segunda parte da minha vida de jogatina, onde vou mostrar os vídeo games que eu brincava quando era mais nova. Pra quem se interessar, aí vai o link da parte I.

Bem depois do Super Nintendo, não tive nenhum video game MEU, só jogava na casa dos outros. Um que joguei até cansar foi o Playstation 1 da minha tia. Eu e meu irmão passávamos horas zerando todos os jogos do Crash, a rapozinha laranja que, não é do Firefox. Nosso predileto virou o Crash CTR, de corrida.

Depois tinha o Heart of Darkness. Eitha jogo capcioso! Até hoje não zeramos. Tá que o tempo na frente do Play acabou, então vai ver é isso. E o jogo tinha umas cenas nojentas, como as sombras comendo o menino, eca. Mas a história era que o cachorro do menininho era sequestrado por essas sombras-aliens, e ele tinha que resgatá-lo.

Eu também sempre fui fã de corrida e luta, então vivíamos no Need For Speed (como amo tunar carro!) e no Star Wars de luta, que no momento não me lembro do nome. Importante, o porco não era válido para ninguém jogar, já que a velocidade de ataque dele era muito grande e ninguém que estava com ele perdia.

Então, meu primo ganhou um Dreamcast, e nossos domingos (eu, maninho e primoso) eram de puro Sonic na veia! Tínhamos que escolher um personagem e jogar com ele até o fim do dia pois ele não tinha o tal VMU(Visual Memory Unit) que é praticamente um memory card, ou seja, nada de gravar.