Vida Real

Alô, alô, planeta Terra chamando! Este é o diário de bordo da blogueira que vos escreve.

Acontecimentos de Páscoa

Olá pessoal!Sumi né? Credo! Mas tudo tem uma explicação. Terça-feira da semana passada acordei de manhã parecendo que tinha sido atropelada por um ônibus e um caminhão simultaneamente: uma gripe maravilhosa me pegou de jeito. Fui para o estágio com febre e alí fiquei até as 16:50. Chegando em casa só queria dormir, estava com 39 de febre, fritando e nem fui pra aula. Quarta acordei e fui para o hospital, aí o médico deu uma olhada na bronquite e me deu um lindo atestado, assim dormi quase até a hora de pegar meu ônibus pra minha cidade.
Cheguei em Poços de Caldas 19:37 da noite, graças ao buraco, e entrando em casa, “grogue” de febre e gripe me deparei com minhas amiguinhas lindas a me esperar, meu maninho e mamãe. Que alegria me invadiu. Quase não sai, quase nem comi, graças ao antibiótico que acaba com meu estômago e me deixa com náusea, e minha páscoa foi assim: em casa, não comi chocolate nenhum do monte que ganhei(um ovo de mousse de maracujá da mamãe, um Luxe da Ferrero do namorado e 3 caixas de bombom de vovó, papai e Didi), trouxe tudo para comer quando eu estiver melhor aqui nessa terra. E também não postei nem dei sinal de vida porque o notebook da mamãe soltou fumaça e o diagnóstico foi culler queimado.
Ontem peguei o ônibus das 22h para voltar para Lorena e dar tempo de chegar na hora no estágio. Mas cheguei 5 horas da manhã e teria que acordar 6:30, mas quando agente está cansado, nossos ouvidos parece que se tampam e os dedos criam vida. Não ouvi o despertador e acordei 8:15 desesperada e sai correndo pro estágio. Fim de semana mais que corrido, mas deu pra aproveitar todo mundo! Agora acho que volto ao normal!

Não há lugar como…

Não tenho idéias pra postar, na verdade até tenho, mas o que eu quero mesmo é ir pra minha casa. Já faz mais de um mês que estou no Vale do Paraíba, e estou morrendo de saudade do cheiro da minha terra. Sei que tem pessoas que ficam sem ir pra casa por anos e anos, mas eu estou com saudade de todo mundo: mãe, pai, maninho, minhas amigas lindas e até o namorado que já foi pra lá. É dura essa vida de estudar fora, e além disso, longe. Agora minha viagem demora 3 horas a mais, e não há previsão de quando vão consertar todo o estrago, isso significa que perco 3 horas a mais na estrada ao invés de já chegar em casa e ver todo mundo. Hoje foi a terceira noite consecutiva que sonhei que estava atrasada pra pegar meu ônibus pra casa, estou muito ansiosa. É eu não estou muito boa pra postar, mas não queria ficar sem escrever nada por aqui.

Novo Estágio

Hoje vim simplesmente postar coisinhas sobre minha pessoinha, faz tempo que não faço isso!
Finalmente, depois de entrevistas frustradas, tentativas e mais currículos enviados EU CONSEGUI UM ESTÁGIO! Lindo, com parte de web, tudo que eu adoro fazer e ainda por cima remunerado, o que é maravilhoso!Vou fazer quase a mesma coisa que fazia na agência onde fiquei ano passado e estou mega empolgada! Hoje começamos meio mais ou menos, já que foi dia de apresentações aos que trabalham no mesmo lugar, aos computadores e tudo mais, mas estou confiante de que será bem legal e tranquilo. Espero agradar com meu trabalho!

A faculdade este ano está me parecendo que vai ser beeeeem puxada, esta semana já tenho 4 trabalhos pra entregar, muitos livros pra ler, e por conta de tanta coisa também me empolguei. Esse ano parece que vamos realmente ver de que seguimento gostamos dentro de nossa área. Resumindo tudo: eu tô uma pilha de empolgação!

A única coisa chata messsmo é o maldito calor dessa cidade que resido. Sexta-feira chegamos aos maravilhosos 44 graus. E como na minha cidade nunca passa dos 32, 12 graus a mais fazem meu humor ser facilmente modificado.
Por uma graça divina hoje está nubladérrimo e parece que São Pedro não vai nos poupar, pena que hojetemos que ir na faculdade entregar trabalho… se não ficava em casa curtindo a chuva montruosa que vai cair.

Kissu!

Vida de Estudante

Bem, vira e mexe agente sempre fica em cima do muro, ou pensando se algo seria bom ou ruim. Pensando nisso resolvi criar uma coluninha básica aqui no blog para analizar prós e contras de certas situações, coisas, produtos etc. Conheçam agora o que é legal e o que dá um pé no estômago de se morar sozinha(o)!

O que é legal é você poder ir e vir a qualquer momento, vai em festa e chega em casa às 4 da manhã (esse é meu record, tem gente que volta às 8 ou nem volta!) sem medo de ficar preocupado com o que vão falar, se vai acordar ou não alguém. É legal você aprender a se virar sozinho, o que ajuda a pessoa a ganhar responsabilidade, ter jogo de cintura, aprender a falar com outras pessoas (pode crer, tem gente que é travado, o que não é meu caso). É legal ter um quarto só seu, quando você nunca teve. Ou se você sempre teve um quarto e agora divide, você aprende a ser menos egoísta(que sempre quem tem quarto sozinho é mesmo) e a respeitar espaço dos outros. Se você morar em república, aprende a respeitar gostos, jeitos e manias diferentes o que ajuda muito em um futuro quando vier a trabalhar e tiver que conviver com muitas pessoas diferentes em um ambiente de trabalho. Você pode comer o que quizer, na hora que quizer, exemplo, hoje eu quero comer strogonof, vou lá e faço!

O que dá um pé no estômago, é fazer seu almoço e ver a louça suja esperando pra ninguém menos que você lavar, afinal foi você que sujou. É acordar ao meio-dia depois daqueeeela fessssta que tu chegou tarde, morrendo de fome, e ainda ter que arrumar o seu almoço. É ter que todo dia “X” descer no centro da cidade pra pagar contas, quando está 40ºC ou se estiver caindo um dilúvio. É ficar gripado e ir você mesmo comprar seu remédio, saindo com nariz escorrendo pela cidade. É lavar e passar suas roupas(e passar roupa nun calor de 40ºC não é divertido). É descobrir que o papel higiênico está acabando e se você não for AGORA comprar, de noite todo mundo vai precisar de um jornal, inclusive você. É descobrir, no momento que tu chegar da cidade, e do calor, que a água do filtro acabou e que você tem que esperar pra ela chegar, ou pra filtrar.

Bem, estes são alguns prós e contras dessa linda vida de quem mora sozinho, mora em república, divide apartamento, ou qualquer coisa do tipo. Se alguém tiver algo pra dizer, que fale nos comentários, ou cale-se para sempre! he-he-he

%d blogueiros gostam disto: