bebê

Enxoval do bebê: o que é realmente necessário?

Vem descobrir o que é útil e o que não é pro enxoval do seu bebê.

Aquelas duas linhas no exame de gravidez aparecem e a gente já quer sair comprando todo o enxoval do bebê: kit berço, bomba pra tirar leite, roupinhas…

Mas apesar desse universo de maternidade e bebês ser enorme e existir produtos pra tudo, muita coisa é desnecessária ou você pode nem utilizar, sabia?

Pensando nisso vim contar um pouco da minha experiência pra acalmar mães aflitas e quem sabe, te ajudar a dar uma economizada.

Quando eu começo a comprar?

Olha, eu sei que a gente se empolga um monte, mas eu sempre indicarei comprar com calma e consciência.

Comecei a comprar as coisas mesmo com 30 semanas de gravidez (isso dá mais ou menos o sexto mês), exceto as coisas que pedi pra virem dos EUA que aproveitei uma viagem do cunhado. Isso me ajudou a economizar um bocado, pois pesquisei bem o que eu queria – custo x benefício – e eu pude esperar os preços ficarem menores.

Fora que muita gente começa a te dar roupinhas e presentes, então isso te adianta um monte! Ganhei tanta roupinha (novas e usadas) que compramos mesmo só um body e uns macacões quentinhos.

Sapatinhos de crochê pra bebê

Sapatinho de crochê é sapatinho?

Enxoval do bebê no exterior?

Muita gente tem a ideia de trazer coisas de fora, mas com o dólar atual não tem compensado muito não. Aqui tivemos uma oportunidade de pedir algumas coisas e foi muita conta pra ver o que realmente iria compensar.

Além disso, compramos coisas baseadas em listas da internet, bem no começo da gravidez, tínhamos estudado pouco ainda sobre amamentação e cuidados com o bebê então algumas coisas não vamos nem utilizar.

O que pode ficar de fora do enxoval do bebê?

enxoval do bebê e Aurora dormindo no berço cheio de coisa de dia nas poucas vezes no começo.

Kit berço e bichinhos que têm que ficar de fora.

Depois que comecei a estudar soube várias informações que me fizeram repensar várias compras, vou comentar algumas aqui pra vocês:

Kit berço – Esses enfeites lindos pra berço são uma das coisas que a gente mais pensa em comprar pra deixar o quarto todo fofo, seja com os novos protetores em forma de trança, travesseiros, almofadas fofas e tudo mais. Mas sabiam que nem a ABP (Associação Brasileira de Pediatria) e nem a SAP (Sociedade Americana de Pediatria) aconselham utilizar?

Poisé, esses acessórios todos aumentam risco de sufocamento, inclusive cobertores, já que bebês não têm domínio de seus movimentos e podem acabar enroscados ou algo assim. Podem também servir de suporte pra que eles subam e caiam do berço quando maiores.

Aqui em casa comprei o kit mais enxuto e ainda assim retirei tudo do berço para Aurora dormir, fica só o lençol. A trança agora serve pra ajudar ela a aprender a sentar (hehehehe).

Mamadeiras e chupetas – Eu não sabia ainda sobre confusão de bico e o impacto que isso pode causar na amamentação, então comprei um kit enorme de mamadeiras e chupetas. Existem até regras para comercialização desses ítens, que devem conter em suas embalagens o seguinte aviso:

“O Ministério da Saúde adverte: A criança que mama no peito não necessita de mamadeira, bico ou chupeta. O uso de mamadeira, bico ou chupeta prejudica o aleitamento materno”.

Pra não dizer que não usei as mamadeiras, uso as menores na minha bomba de ordenha, e talvez as maiores sejam úteis no futuro, mas chupeta está fora de questão por aqui. Se você não pretende oferecer a chupeta de início, eu já digo: nem compre! Elas não são caras e e você mudar de ideia num futuro é simples de resolver.

Ninhos – Por aqui eu ganhei um lindo da minha mãe, mas não rolou usar. Primeiro porque a Aurora dormiu até os 3 meses no meu quarto no carrinho do meu lado na cama, as sonecas ao longo do dia eram no carrinho, na minha cama ou no berço e eu nunca cheguei a usar o produto. Então se você não quiser, pode deixar esse item de fora sem problemas.

Bolsas maternidade – Outro item lindo e que a gente acha que vai usar muito, mas ficam super desconfortáveis de carregar quando estão cheias.

Hoje em dia já existem modelos de mochila feitos para coisas de bebês, com espaço pra trocador, partes térmicas pra levar mamadeiras e modelos bem lindos (e caros). Aqui em casa nos adaptamos bem com uma boa mochila que já tínhamos, então se você não quiser gastar, esse pode ficar de fora.

Dedal de silicone – se eu soubesse que só se escova quando surgem os dentinhos e o bebê come comida (leite não causa cárie), e que o indicado é escovar com escova mesmo, essa compra teria sido evitada.

Sapatinhos – Os bebês não vão pisar no chão tão cedo, então se você quiser economizar, nem precisa se procupar com esses itens.

O que deve ter no enxoval do bebê?

enxoval do bebê - Eu amamentando a Aurora no sling

Sling, salvando vidas.

Cursos de amamentação e sono – não é bem um produto, uma coisa, mas se eu puder indicar coisas que vão realmente te ajudar a não passar perrengue e ainda deixar tudo mais simples, são esses cursos.

Encontre profissionais que sigam um pensamento que você concorde e faça esses cursos antes do seu bebê nascer. Aqui fizemos e já iniciamos as rotinas da Aurora assim que chegamos da maternidade, mantemos até hoje e é sucesso! Além disso já sabia mais ou menos o que poderia acontecer na amamentação o que me poupou de muitos palpites na maternidade e em casa.

Almofada de amamentação – Você vai precisar de uma dessas e ela vai ser sua melhor amiga! Compre uma bem gordinha, pois quanto mais alta ela deixar o bebê, mais sua coluna vai agradecer.

Um bom carrinho – Aqui compramos um que era moisés e bebê conforto. O moisés foi o berço da Aurora até os 3 meses, mas até hoje é onde Aurora tira as sonecas – ela está com 6 agora. Ele serve também pra passeios e o bebê conforto vai do carro pro carrinho, o que facilita um monte se o neném está dormindo.

Sling – Esse pode ser até opcional, mas aqui ajudou muito no começo. Existe uma teoria da exterogestação, que diz que nos primeiros três meses do bebê ele ainda deve ser considerados em gestação. Isso significa que ele gosta muito de colo, peito e soninho bem aconchegado, e aí o sling pode ajudar um monte!

Como você amarra o bebê bem juntinho, ele sente o calor do nosso corpo e fica mais calmo. Consegui almoçar alguns dias graças ao sling! Muitas mães relatam que amarram os bebês ao corpo e vão cuidar dos seus afazeres, sem problemas, então é algo que eu realmente recomendo.

Bomba de ordenha – Um dos itens mais usados por aqui! Comprei de uma elétrica de marca genérica que uma amiga me passou, e funcionou maravilhosamente bem.

Quando tive a apojadura (quando o leite desce pela primeira vez pro bebê) meus peitos ficaram super inchados e a bomba me ajudou a aliviar a sensação de que eles iam explodir.

Hoje em dia eu tiro pra fazer tetolé – picolé de leite materno – que ajudam no nascimento dos dentinhos (sim, Aurora tem dois já) e aliviar em dias de calor. Usei também quando ela me deu uma mordida e fiquei com mamilo doendo por 3 dias.

Mas o principal…

… é que o que seu bebê realmente vai precisar é de carinho, amor e atenção. O mundo da maternidade é cheio de coisas pra você comprar, mas metade é desnecessária. Então se informe antes de comprar e pesquise bastante, você tem tempo.

Lembrando que aqui são as minhas percepções. Se você quer comprar sapatos por exemplo, pra tirar fotos, manda bala e seja feliz.

Temos mães por aqui?
Me conta o que você comprou e não usou e o que foi útil!

Como fazer um chá de bebê on-line?

Em época de isolamento social, um chá de bebê on-line pode ajudar muito a dividir esse momento especial em segurança.

chá de bebê on-line

Faz tempo que eu não posto aqui, precisava contar mais sobre tantas coisas que passei na gravidez, mas com a nossa situação atual (Covid-19) e o cancelamento de todos os eventos, a gente teve que se virar nos 30 aqui para conseguir comemorar esse momento de uma forma diferente.

Com tanta gente me perguntando sobre como fizemos nosso chá on-line, achei que valia muito a pena fazer um post completinho pra quem estava lá e quem me segue no Instagram e queria saber mais. Vamos lá então?

Primeiro convite que mandei pra todo mundo ficar curioso. Fiz a tipografia pra ficar bem fofinha e personalizada. S2

1. Lista de convidados

O primeiro passo é decidir quem vai estar no seu chá de bebê on-line. Faça uma lista e crie uma Lista de Transmissão no seu WhatsApp ou um grupo no e-mail. É por essa lista que você vai enviar todas as informações sobre o encontro, como convites e links.

2. Escolha a plataforma

Com base na quantidade de pessoas, você escolhe a plataforma. O Google Hangouts permite chamadas de vídeo gratuitas e tempo ilimitado com até 25 pessoas. O Zoom permite chamadas com mais pessoas – até 100 – mas tem limite de 40 minutos nas chamadas gratuitas.

A empresa que eu trabalho, a Pier, permitiu que usasse a sala do Zoom deles e com isso eu não tive que me preocupar muito. A única coisa foi dar suporte para pessoas que não conseguiam entrar.

Pensando nisso, comecei 15 minutos antes para ajudar quem teve dificuldades e mandei as explicações de como usar a ferramenta com uma semana de antecedência, pedindo pra quem precisasse de alguma ajuda entrar em contato. Nem todo mundo tem intimidade com os programas, então vale se precaver.

3. Mande o convite

Mandei um “salve esta data” com dia e horário do chá de bebê on-line pra todo mundo que eu queria que estivesse presente com bastante antecedência. Dez dias antes enviei o convite formal, explicando como funcionaria a dinâmica, como os convidados poderiam baixar os aplicativos (com link pra Android e IOS).

Além disso, o pessoal da empresa me deu a ideia de abrir uma Vakinha On-line pra que quem quisesse mandar presentes pudesse fazer isso. Pra ajudar, criei tabelas explicando valores de algumas lembrancinhas, assim quem se sentisse a vontade poderia escolher o valor que preferisse.

Só mandei o link esta vez. Valeu a pena pois muita gente me perguntou como poderia mandar algo, que queria ajudar com fraldas, então isso foi uma mão na roda! Só lembre-se que essa plataforma cobra uma taxa.

4. Prepare as brincadeiras do chá de bebê on-line

É super comum ter brincadeiras em chás de bebê, mas com a distância tudo fica mais complicado, né? Adivinhar presentes fica bem difícil quando não se tem as pessoas perto.

Pra começar puxamos um bolãozinho pro pessoal adivinhar o tamanho da minha barriga. O pessoal começou a chutar e depois medi com uma fita métrica e já tivemos um primeiro vencedor.

Depois resolvemos fazer uma apresentação (faça em qualquer lugar que você preferir, eu usei o Google Apresentações mesmo) com uma brincadeira perguntando pro pessoal sobre mim e meu marido quando crianças. Tanto o Hangout quanto o Zoom permitem que você compartilhe sua tela, então todos podem seguir juntos.

As perguntas eram sobre “quem nasceu mais pesado?”, ou “quem andou primeiro?”. Perguntamos para nossas mães e colocamos fotos nossas bebês pra ficar fofinho. Abusei dos gifs animados e divertidos também.

Slides de brincadeiras do chá de bebê on-line

No começo falamos que o vencedor ganharia um prêmio e ao longo da brincadeira afirmávamos que nossos ajudantes estavam trabalhando em computar os dados. Era bem divertido ver o pessoal comentando e respondendo. Pra falarem as respostas, poderiam escrever no chat da plataforma ou em um papel com as nossas iniciais colocando na câmera.

No final das 9 perguntas (pra não ficar muito longo) fizemos um suspense e revelamos que todos ganharam. Agradecemos todo mundo e mandei um formulário pra que as pessoas passassem seus endereços, se quisessem, e vamos enviar lembrancinhas quando tudo ficar bem. Ainda abrimos um bolão de peso e tamanho da Aurora quando nascer e quem acertar vai ganhar algo especial – que ainda estamos pensando.

No formulário ainda tinha um campo para as pessoas deixarem uma mensagem pra Aurora.

4.1.: Teste!

Antes de começar tudo, teste suas ferramentas. Teste a apresentação. Teste áudio. Eu fiz tudo isso e na hora meu áudio não funcionava sem fone. Vale a pena testar tudo com antecedência e ainda ajudar quem você acha que terá mais dificuldades, como fiz com uma de minhas avós por exemplo.

5. Divirta-se e registre seu chá de bebê on-line!

Tenha certeza que a sua câmera está pegando você, sua barriga (a atração é o neném, né?) e seu/sua companheiro(a), afinal todos querem ver seu barrigão!

Se você conseguir, grave esse momento e tire print das pessoas, como se fosse foto mesmo. Essa vai ser sua recordação desse momento tão especial, mesmo longe de todos.

Selfie do chá de bebê on-line

Essa foi nossa experiência com o chá on-line! Quem nos deu feedback disse que foi divertido e dinâmico. A brincadeira durou uma hora mais ou menos, conseguimos juntar pessoas de lugares diferentes (trabalho meu, amigos de vários diferentes momentos da vida meu e do marido) e nos divertimos com todos.

O que acharam? Qualquer dúvida é só jogar nos comentários!

Ilustração: Quadro Sophia + Parederia

sophia_1

Se você me acompanha nas redes sociais ou no Snapchat (segue lá: merylliel), já deve saber, se não, aí vai: eu ganhei uma irmã. Sim, você leu certo, eu, no auge (cof cof) dos meus 28 anos recém completados ganhei uma irmãzinha por parte do meu pai.

A história é longa, envolve médicos que falaram que pessoas não podiam engravidar e pessoas que na verdade podiam, no meio de tudo isso a namorada de meu digníssimo pai, a Ju, trouxe ao mundo no dia 12 de junho, fazendo a felicidade de um futuro namorado que só dará um presente, a Sophia.

sophiaOi xenti, tô cum quinji dias nexa fotu.

Quem me conhece sabe que AMO dar presentes feitos por mim, aí que foi a oportunidade de fazer mais um quadrinho em aquarela pra presentear esta pequetuxa que chegou fazendo todo mundo babar um pouquinho na família.

Desta vez fiz algo meio diferente pra testar algumas técnicas de profundidade, que preciso melhorar, mas gostei do resultado final. Pra entregar eu comprei a moldura pronta no site que chama Parederia. A moldura chegou SUPER embaladinha, no maior cuidado e em um tempo muito menor que o site falava. No site eles vendem vários tamanhos de moldura e tem até kits prontos se você quiser fazer uma parede cheia de quadrinhos. O Instagram deles também é uma graça e eu, como a louca da loja de molduras que sou, fiquei super feliz com o resultado. Obrigada Vera que um dia me indicou esse site.

sophia_2

O que acharam? Se quiser encomendar quadrinhos pra dar de presente é só me mandar um e-mail no chell.cottone@gmail.com.

Ilustração de Quinta – Quadrinho de Maternidade

Quadrinho de maternidade

Ano passado foi um ano super especial para a família do meu pai, pois recebemos a notícia que a Dona Cida, minha digníssima vovó, seria bisa. O primeiro bebê na família desde 1990 veio pra fazer todo mundo babar demais, mesmo minha prima morando lá na Bahia. A Lelê, maneira carinhosa que chamamos a linda Letícia, veio ao mundo em dezembro de 2015 com cabelinhos escuros e olhos claros derretendo os corações de todo mundo.

Como presente para minha prima fiz então um quadrinho de maternidade que pode ser usado no quarto depois. Pintei rosas para combinar com o quarto da bebê e mandamos por Correio pra enfeitar o quartinho dela.

Quadrinho de maternidade

Quadrinho de maternidade

Usei papel Arches grain torchon, 300g, tintas Winsor & Newton e Lukas, pincéis Winsor & Newton e caneta gel branca.

Quadro da Letícia

Gostou? Quer encomendar um pra você ou pra dar de presente? É só mandar e-mail para chell.cottone@gmail.com.

%d blogueiros gostam disto: