viagem

Viagem: Camden Town – Londres

Quando fui procurar ruas e feiras pra visitar na viagem, uma das primeiras que me deixaram maluca foi a que acontece em Camden Town. Esse bairro é super famoso por ter grande quantidade de gente exótica. Dizem que lá “o estranho é você”, pois tem muita gente com piercings, tatuagens e cabelos coloridos. Por mais que eu me identifique com essas três afirmações anteriores, o pessoal lá não sabe brincar. Então sabendo disso tudo, incluí o lugar no passeio e fizemos questão de andar muito por lá.

camden_town_1
Camden Lock, a feira mais expremidinha que já vi.

camden_town_2
Arts and Crafts.

camden_town_3
Lojas com letreiros malucos.

camden_town_4
Fiquei doida com essas lojas de roupas góticas. Queria tudo pra parecer uma vampira do século XVI. Imagina ter isso tudo em lojas físicas! Foi amor demais.E tem muita gente que usa pra sair na rua por lá.

camden_town_5
Eclusa pequenininha no rio.

camden_town_6
Jeito diferente de comer.

Sobre o passeio: Nos domingos é quanto tudo acontece, tudo abre e fica cheio de gente. Fomos no fim de semana e estava cheio de gente mesmo! É muita coisa e muita gente diferente, uma riqueza que faz tudo ficar bonito! Era tanta coisa bacana que não sabia nem pra onde olhar. Gostei demais de ver um lugar com tanta coisa que nunca tinha visto e acho que o passeio vale demais a pena.

Preço: É tudo na rua, espalhado e democrático, então pra olhar é de graça.

Tempo de passeio: Vai do quanto você quer andar e ver barraquinhas e lojas. Fomos em um dia logo cedo e passamos a manhã por lá.

Estação de metrô próxima: Camden Town.

Mais informações: http://www.camdenlock.net/

E ai? O que acharam dessa feira de rua? Bem diferente da de Portobello, né? Tem pra todos os gostos =D

Viagem: Museu de História Natural – Londres

museu_historia_natural_1
Entrada antiga com esqueleto de dinossauro.

O National History Museum (Museu de História Natural) de Londres, tem mais de 80 milhões de espécimes, muitos com até milhões de anos, e recebe mais de cinco milhões de visitantes anualmente. Foi fundado em 1881 e conta com muitas coleções de grande valor histórico, como as espécimes coletadas por Darwin. A arquitetura do lugar é maravilhosa, cheia de motivos botânicos e animais, combinando perfeitamente com o que tem ali dentro. A parte mais nova faz babar só de ver a escada rolante passar por um planeta.

museu_historia_natural_7
Planeta na área nova. Foto do Google.

museu_historia_natural_2
Esqueleto de dino da entrada.

museu_historia_natural_3
Fóssil gigante.

museu_historia_natural_4
Esqueletos de baleias e tubarões e simulações em tamanho natural de mamíferos.

museu_historia_natural_5
Detalhes da arquitetura do lugar.

museu_historia_natural_6
Esse dino fofo respirava e mexia as patinhas como se estivesse mesmo dormindo.

Sobre o passeio: Sabe criança no natal? Toda empolgada, maluca, ligada no 220v? Então, essa era eu dentro desse lugar. Tanta coisa magnífica, o lugar maravilhoso, cheio de dinossauros, fósseis, reproduções fiéis, coisas gigantes, crânios de homens pré-históricos, pedras vindas da lua… é de outro mundo. Fiquei imaginando eu criança em um lugar desse aprendendo sobre essas coisas, ia ter sido muito fácil de guardar.

Preço: Por incrível que pareça, é de graça!

Tempo de passeio: Gastamos uma tarde IN-TEI-RA, umas 3/4 horas e não deu pra ver tudo decentemente, mas já dá pra ficar maluco. Se quiser ver tudo direitinho, aconselho dividir o passeio em dois dias.

Estação de metrô próxima: Gloucester Road ou South Kensington.

Mais informações: http://www.nhm.ac.uk/.

Deu pra perceber que sou a doida dos museus, né? O que acharam desse? Foi um dos meus prediletos de Londres.

Viagem: Portobello Road Market – Londres

portobello_road_1
Tem em Londres? Tem pra vender aqui.

A Portobello Road é uma rua no bairro de Nothing Hill, sim aquele famoso do filme com a Julia Roberts. É realmente lindo, cheio de casas maravilhosas e carros chiques passeando pelas ruas. Como estávamos passeando, resolvi que a Portobello Road Market, ou “Mercado da Rua Portobello”, ia entrar na nossa lista de afazeres, mas como nada é perfeito, olhei errado os dias de funcionamento e acabamos indo em um dia sem muitas coisas abertas. Mesmo assim foi bem legal!

portobello_road_2
Placa com nome da rua.

portobello_road_3
Dia nublado e frio.

Este mercado tem mais de 100 anos e ao longo de todo esse tempo foi sendo modificado. As lojinhas são mimozinhas e vendem de tudo! Encontrei lojas de camisetas de banda lindas (noivo pirou e comprou uma do Pink Floyd lá), tintas para cabelos coloridos (Como falei nesse post de lojas), brechós com peças IN-CRÍ-VEIS e super diferentes do que achamos aqui no Brasil, antiguidades, loja de mapas antigos feitos à mão (babei muito) e as lojinhas cheias de bugigangas pra turista nenhum colocar defeito.

Nos dias certos você encontra coisas usadas, frutas, verduras, antiguidades e muito mais coisas pelas barraquinhas que o pessoal arma pela rua. É só conferir a agenda no site oficial deles e escolher o dia que quer fazer sua visita por lá.

portobello_road_4
Cartazes na parede.

portobello_road_5
Loja com várias máquinas de costura na parede.

portobello_road_6
O brechó mais doido que já entrei.

Sobre o passeio: Eu sou a viciada em feirinhas de rua e por isso escolhi mais este mercado pra ver. Tem bastante coisa diferente, mas tem que levar libras porque nem tudo é tão barato. Tem que saber escolher e ter paciência pra procurar. Do mais, valeu a pena pela minha tinta de cabelo e uma meia 7/8 que comprei por lá.

Preço: Por ser uma feira livre, é só se esbaldar de graça!

Tempo de passeio: Isso vai depender do dia, se você vai comprar ou não, então é só se programar considerando o que você quer ver.

Estação de metrô próxima: Nothing Hill Gate

E ai pessoal, gostaram da dica? Quem aqui mais adora uma feira livre?

Viagem: Kensington Gardens – Londres

kesington_garden_1
Kensington Palace.

O Kensington Gardens (Jardins de Kensington) é um parque que possui o tamanho de 242 acres (considere cada acre medindo 4046 m² e exploda sua cabeça) e originalmente fazia parte do Hyde Park, outro que faz parte dos Parques Reais (conjunto de oito parques da cidade de Londres). Lá estão o Palácio de Kensington, onde o rei William III e Mary II moravam e onde a Rainha Victória nasceu e viveu até se tornar rainha em 1837. Atualmente o Príncipe William e a Princesa Kate Middleton moram lá.

kesington_garden_2
Cisnes no lago.

kesington_garden_3
Folhas secas lindas.

Curiosidade sobre estas folhinhas: sempre acompanhei ilustradores de várias partes do mundo e alguns desenham folhas assim, cheias de curvinhas. Eu sempre achei que era uma coisa de estilo, até vê-las no chão e pirar.

kesington_garden_4
Pássaros com frio.

kesington_garden_5
Roedor fofo.

Uma das coisas mais amadas nos Jardins é a estátua de bronze do Peter Pan, que foi feita por Sir George Frampton em 1902 sob encomenda do próprio autor do livro, J.M. Barrie. Em um conto do personagem, “O Pequeno Pássaro Branco”, Peter voa para fora de seu quarto de criança e pousa ao lado do Long Water. A estátua está posicionada exatamente neste lugar.

kesington_garden_7
Estátua do Peter Pan.

kesington_garden_6
Detalhe da estátua de Peter Pan.

kesington_garden_8
Jardim Italiano.

kesington_garden_9
Memorial do Albert.

Sobre o passeio: Resolvemos passar pelo Kensington Gardens depois de visitar a Portobello Road em Nothing Hill (próximo post =D), e saímos andando de lá pra ir até o Museu de História Natural (logo por aqui também). Não é uma caminhada longa, mas no frio e no vento a coisa ficou bem gelada, se vocês querem saber. O parque é gigantesco e até pra achar a estátua do Peter tive que olhar no GPS. No verão deve ser mais verde e bonito ainda, mas as fotos de lá ficaram lindas e estão aqui enfeitando o post.

Preço: É um parque, então é só sair entrando e curtir.

Tempo de passeio: Vai do tanto que você quer caminhar. Como dito alí em cima, ele se junta ao Hide Park, outra monstruosidade, e sei que lá existem vários eventos e festivais, então tudo é possível nesses parques, é só estar disposto.

Estação de metrô próxima: São várias: Queensway, Lancaster Gate e a um pouco mais afastada Nothing Hill Gate, onde descemos pra visitar a Portobello e que você pode ir e aproveitar também.

Site dos Royal Parks | Twitter do Kensington Palace

%d blogueiros gostam disto: