Conheça Yowiya, de Hiro Kawahara

Capa da HQ Yowiya de Hiro Kawahara. Na frente temos Kipky, em amarelo, logo atrás Manon, toda em azul com as letras do título da HQ na frente. Atrás dela, bem ao fundo da composição,  Yowiya.

O Projeto

Esta HQ independente feita por Hiro Kawahara foi para o Catarse ano passado e tive o prazer de ajudá-la a vir à vida. Sou fã do Hiro desde que juntava e colecionava as lâminas das bandejas do Mc Donald’s e a admiração só aumentou quando fiz um workshop com ele há uns anos atrás.

Junto desta HQ veio o Maravilhoso, que já falei por aqui no blog.

A História

Yowiya é um deus que era adorado pelos macacos, mas com a evolução e a massificação do homem na terra, ele deixa de ser adorado, até que Kipky por algum motivo o desperta. Ele agora quer ser adorado pelos humanos, mas o que ele fará pra que isso aconteça?

Para ajudar Kipky nesta aventura temos a personagem de Manon, uma modelo que foi brutalmente assassinada e tem seu corpo astral andando pela terra.

Página mostrando Kipky e Manon andando lado a lado na rua

Sobre o quadrinho

Apesar de contar com 86 páginas, eu senti que a história tinha espaço pra muito mais coisa. A morte de Manon fica pairando no ar, apesar de ser mencionada por várias vezes e dando a entender que ela era importante para o que ia acontecer. Acho que seria legal ter abordado um pouco mais da própria Kipky, que é a personagem principal. Em alguns momentos dá a entender que ela tem alguma doença, mas nunca diz qual.

Adorei a maneira que o Hiro achou pra homenagear pessoas que ele admira, colocando artes espalhadas por todo o quadrinho. E falando em desenho, Hiro arrasou. Principalmente na parte dos macacos, eu fiquei olhando o maior tempão para a página tentando imaginar aquilo tudo acontecendo. Foi muito doido e grandioso e achei que ele conseguiu mesmo passar aquele sentimento.

No geral gostei muito da história, entendi que tem um limite de páginas e que por isso muita coisa pode ter sido deixada de fora para um próximo volume, quem sabe. Seria interessante ter mais um para fechar isso e nos explicar algumas coisas, mas o que me deixou bem chocada foi a maneira que Kipky “destrói” Yowiya. Achei BEM bizarro, mas depois de ler Maravilhoso acho que meio que aceitei. Mesmo assim pareceu bem forte e teria cuidado em indicar a HQ por ai, pois me passou um pouco uma sensação de estupro e não sei, só sei que foi assim.

Cena do quadrinho mostrando coisas caindo de um penhasco

E você, já leu essa HQ? O que achou? Conta aí nos comentários!

Você também pode gostar desses

10 Comments on HQ: Yowiya | Hiro Kawahara

  1. Vão ter mais volumes! Yowiya é o primeiro volume de uma trilogia. O 2° se chamará York e tem previsão de lançamento para 2018

  2. Que bom que vc gostou, Michelli. Vc tem razão em achar que tinha mais coisas a serem contadas, porque vai ter mais dois volumes, o segundo sai em 2018 e conta a história da morte de Manon e seu assassino – uma entidade que sofre de TOC e tem instintos assassinos metódicos, ela extermina as personificações das suas vitimas em todas as dimensões que ela aparece. Em 2020 espero fechar a história com a doença de Kipky, e as histórias se completam.

    Quanto ao final do livro, também hesitei um pouco em fazer esse final, havia outro em mente, mais leve. Mas resolvi assumir de vez o lado animal de Yowiya, vc viu que, no final, ele não queria ser deus dos homens, mas queria na verdade se tornar humano. E ele se transformou em “animal” por que sentiu desejo sexual por um momento, coisa que ele nunca sentiu em sua existencia, da mesma forma que nunca sentiu o cheiro de comida, por isso ele se transformou em um ser deformado. O quase estupro é a maneira que um animal faria para satisfazer seus instintos – nesse ponto seria um castigo, pois uma criatura que deveria ser um deus mas se comporta pior que um animal – e também foi um ato calculado de Kipky, porque ela sabia que só conseguiria se livrar dele em sua forma física, e para isso precisaria que ele se transformasse em matéria. No final, o estupro não se realiza e ela o mata, um pouco também se tornando um animal para realizar esse ato. Concordo que não é uma solução fácil, mas eu achei que faria mais sentido. No primeiro final que imaginei, Kipky e Manon dariam um jeito de transformar Yowiya em um ser palpável e ele seria dopado e transformado em um animal de laboratório. Da maneira que apresentei, o arco do desejo dele se transformar em humano seria feito pela sua propria vontade, (mesmo sendo conduzido de maneira maquiavélica por Kipky), e a sua falta de entendimento do que seria um ser de carne e osso o faria um ser deformado tanto fisicamente como psicologicamente. Não sei se vc reparou que, depois que ele se transforma, ele não consegue mais falar, apenas grunhir. De qualquer forma, espero que a explicação seja suficiente e também espero que os proximos volumes não sejam tão corridos. Tenho aprendido com cada quadrinho que façø, tanto em narrativa quanto desenho, e espero aprimorar cada vez mais.

    • Oi Hiro,

      Já diria Dona Florinda: Que prazer o senhor por aqui =D
      Eu entendi o que Kipky fez com Yowiya, entendi a parte do desejo e tals, mas foi forte hahahaha. Sei lá, é como se toda a fofura dos personagens e da história sumissem de repente, porque por mais séria que seja a história, seus personagens tem uma certa “limpeza”. Até no Maravilhoso! Mas tem sentido sim o final.

      Fico felizona de saber que haverão mais 2 volumes! Já tô aqui na espera só preparando pra chutar hehehe

      Muito obrigada por passar por aqui e deixar sua explicação. =D

  3. Ai que HQ linda..
    Fico feliz por saber no comentário acima que terá mais volumes..
    Pq achei ela bem curtinha com a sua resenha <3

    Quero ler

  4. Nossa Chell, a hq parece ser incrível, com temas bem fortes ~ e parece que vai ter continuação mesmo, né? Que bom! O traço do Hiro é demais, muito lindo. <3

  5. Eu nem sabia que o Hiro estava com uma campanha no catarse :c poxa, perdi a oportunidade!
    Amo os traços dele, e fico falando pra todo mundo que sei quem desenha as bandejas do McDonalds huahua

  6. Eu adoro HQs esse ano mesmo já me surpreendi com algumas, e fiquei super interessada em ler essa que acabei de conhecer!
    Vi que o autor explicou ai em cima que terá mais dois volumes e achei que vai complementar bem os pontos que ficaram soltos no primeiro volume, né?
    Quero conhecer <3
    Beijos!
    Colorindo Nuvens

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *