zumbis

Os últimos cinco filmes que assisti #6

Opinião dos últimos cinco filmes que assisti, curtas e diretas. Hoje temos “O Regresso”, “Redtails”, “Capitão América – Guerra Civil”, “Guerra Mundial Z” e “Zootopia”.

ultimos_filmes_6_1

O Regresso (2016)

Rating: ★★★★☆ “1822. Hugh Glass (Leonardo DiCaprio) parte para o oeste americano disposto a ganhar dinheiro caçando. Atacado por um urso, fica seriamente ferido e é abandonado à própria sorte pelo parceiro John Fitzgerald (Tom Hardy), que ainda rouba seus pertences. Entretanto, mesmo com toda adversidade, Glass consegue sobreviver e inicia uma árdua jornada em busca de vingança.”

Finalmente consegui ver o filme que levou nosso amado Leo DiCaprio a conseguir seu tão sonhado Oscar. Com cenas em lugares lindos o filme mostra este lado oeste americano, com mais gelo do que eu imaginava. Leo leva grande parte do filme sozinho e tem cenas incríveis de situações que ele tem que passar para sobreviver. Como ela faz tudo aquilo sem um bom antibiótico e sai vivo? Não sei, mas o filme é bom!

Redtails (2012)

Rating: ★★★☆☆ “A força aérea americana está sofrendo muitas baixas, envolvendo os bombardeiros em suas missões para as forças aliadas contra a Alemanha. Sem dinheiro para bancar novos investimentos, o Pentágono começar a ter que repensar uma opção até então descartada, que é a de considerar a possibilidade de ter pilotos afro-americanos defendendo as cores do país. E quando estes mesmos jovens formados no programa de treinamento experimental Tuskegee estariam retornando para suas casa, surge a chance de mostrar a coragem contra os poderosos Messerschmitt 262, entre outras poderosas aeronaves da Luftwaffe. Baseado em fatos reais.”

O noivo é apaixonado por aviação e passeando pelo Netflix resolvemos assistir este filme de 2012 com aviões. No começo o filme não parecia que seria tão fraco, mas com o passar das cenas eu comecei a mudar de ideia. O filme trata de um assunto real, mas não consegue dar a carga de drama necessária para o assunto e acaba virando mais um filme bem fraco. Fica a dica pra quem quer saber um pouco deste outro lado da guerra, mas não espere muito.

Capitão América – Guerra Civil (2016)

Rating: ★★★★☆ “Steve Rogers (Chris Evans) é o atual líder dos Vingadores, super-grupo de heróis formado por Viúva Negra (Scarlett Johansson), Feiticeira Escarlate (Elizabeth Olsen), Visão (Paul Bettany), Falcão (Anthony Mackie) e Máquina de Combate (Don Cheadle). O ataque de Ultron fez com que os políticos buscassem algum meio de controlar os super-heróis, já que seus atos afetam toda a humanidade. Tal decisão coloca o Capitão América em rota de colisão com Tony Stark (Robert Downey Jr.), o Homem de Ferro.”

Li muitas criticas negativas ao filme, mas eu vou dizer que gostei. Como o filme tem no título “Cap. América”, era de se esperar que o foco fosse mais no personagem de Steve, e realmente foi o que aconteceu. Eu não li a HQ, mas o filme me agradou muito, bem mais que Batman vs. Superman, com bastante ação, mas também muita história pra entendermos o que acontece com os personagens. Notinha de amor para homem-aranha que aparece maravilhoso neste filme.

ultimos_filmes_6_2

Guerra Mundial Z (2013)

Rating: ★★★☆☆ “Uma terrível e misteriosa doença se espalha pelo mundo, transformando as pessoas em uma espécie de zumbis. A velocidade do contágio é impressionante e logo o Governo americano recruta um ex-investigador da ONU (Organização das Nações Unidas) para investigar o que pode estar acontecendo e assim salvar a humanidade, tendo em vista que as previsões são as mais catastróficas possíveis. Gerry Lane (Brad Pitt) tinha optado por dedicar mais tempo a sua esposa Karen (Mireille Enos) e as filhas, mas seu amor a pátria e o desejo de salvar sua família acabam contribuindo para que ele tope a missão. Agora, ele precisa percorrer o caminho inverso da contaminação para tentar entender as causas ou, ao menos, indentificar uma maneira de conter o contágio até que se descubra uma cura antes do apocalipse. Começa uma verdadeira corrida contra o tempo, que mostra-se cada vez mais curto, na medida que a população de humanos não para de diminuir. “

Matando mais um filme que estava na lista fazia tempo, mas confesso que esperava mais. O filme tem algumas situações bizarras que me incomodaram (não vou falar aqui pra não estragar, vai que), mas consegue te fazer ficar tenso com os bichanos zumbizando e correndo. Tratando-se de zumbis, sou mais Walking Dead.

Zootopia: Essa Cidade é o Bicho (2016)

Rating: ★★★★★ “Judy Hopps é a pequena coelha de uma fazenda isolada, filha de agricultores que plantam cenouras há décadas. Mas ela tem sonhos maiores: pretende se mudar para a cidade grande, Zootopia, onde todas as espécies de animais convivem em harmonia, na intenção de se tornar a primeira coelha policial. Judy enfrenta o preconceito e as manipulações dos outros animais, mas conta com a ajuda inesperada da raposa Nick Wilde, conhecida por sua malícia e suas infrações. A inesperada dupla se dedica à busca de um animal desaparecido, descobrindo uma conspiração que afeta toda a cidade.”

Mais uma animação maravilhosa da Disney? CLARO! Com lições ótimas sobre preconceito e determinação, Zootopia trás mensagens lindas de uma maneira única e divertida. Estou simplesmente apaixonada pela animação! Assista hoje com sobrinhos, filhos ou sozinho que vai ser lindo.

E ai? Já assistiu todos? O que achou deles?

HighSchool of the Dead (2010)

Isso ae pessoal, para essa semana ao invés de um longa metragem iremos comentar um pouco dessa série de animação japonesa: “HighSchool of the Dead”.


Particularmente nunca fui muito fã dessa onda de filmes de zumbis e tudo o mais, o máximo que curti foram alguns games da franquia “Resident Evil”… por assim dizer. Mas enfim, resolvi arriscar e não me arrependi. A trama gira em torno de um grupo de alunos do 2º Grau que terão que sobreviver em meio a um surto de zumbis que atinge, inicialmente, sua escola e descobrem que esse mal se alastrou por toda a cidade. São apresentadas, explicitamente, muitas referencias sobre games e filmes do assunto por parte do protagonista Takashi, em suas falas, como a clássica de que se é mordido você tornar-se-á um zumbi também, algo que acontece com o seu melhor amigo e ele acaba tendo que estourar o crânio do camarada ao final do episódio 1.


Takashi
é o garoto que presencia quando o 1º zumbi chega a escola e tenta entender o que está acontecendo; Rei é sua paixão de infância e praticante do clube de lança; Saya é amiga desde o maternal de Takashi, uma garota gênio; Saeko é a senpai dos jovens, ela domina técnicas de espada e está na maior parte do tempo séria; Kohta é o gordinho nerds que é zoado por todos, porém perito em armas; e Shizuka é a enfermeira bonitona da escola, e a personagem destrambelhada de plantão; e Alice e Zeke são sobreviventes que o grupo encontra durante a empreitada.


A peregrinação dos estudantes, que acabam se reunindo meio que ao acaso, apresenta que terão que se preocupar não apenas com os monstros que assolam a cidade, mas com os demais sobreviventes na cidade. Série de tumultos, rebeliões, caos na Terra, dentre muitas situações de anarquia e mostrando como cada um acaba mudando sua natureza em meio a esse cenário apocalíptico.


O objetivo dos jovens é encontrar suas respectivas famílias, e dessa forma percebem que juntos terão mais chances de sobreviver ao invés de cada um seguindo por si. Esse ponto da amizade é algo que achei bem bacana, visto que quando se separam num dado momento, não pensam em deixar o camarada pra trás, mas sim em como se reencontrarem em outro local. Assim como questões de valores que os mantém juntos, mesmo perante, mais tarde a presença de adultos, e militares, que menosprezam eles por serem jovens e que deviam esquecer tudo isso. E no final mostrando que, infelizmente, nessa luta todos devem enfrentar juntos esse desastre em comum.


Em tempo, como alguns animes H.O.T.D. possuí diversas cenas de fan-service (na verdade até em demasia), o que associado ao tema de filmes de mortos-vivos – que também fazem uso de cenas dessas características, que nunca vi muito sentido – acabam sendo bastante exageradas e desconfortantes, mas enfim, o restante se salva. A trilha sonora composta por Wada Takafumi gera todo o clima adequado ao suspense da série, recomendo.


H.O.T. D. é baseado num mangá, que foi lançado em 2007 e ainda está sendo públicado… No Brasil é distribuído pela Panini (apesar de não achar nenhum a venda). A série possuí 12 episódios, o que da pra se assistir numa maratona, e tem um ova com 1 episódio que foi lançado em blu-ray acompanhando o volume 7 do mangá, entítulado como “Drifters of the Dead”, lançado em abril desse ano, no Japão. Não acrescenta muito na trama e bastante apelativo, infelizmente.


Enfim… dica para o final de semana.
Desculpem ficar devendo uma sugestão semana passado, mas é #TCC na cabeça… então acho que nem preciso terminar a frase, né? XD

Logo mais tem mais.
Ateh!

Dead Island

Dead Island é um game que foi anunciado em 2007, quase foi engavetado por falta de distribuidora e se manteve quietinho por muito tempo. Quando enfim resolveu se mostrar ao mundo, o game surpreendeu a todos com um belíssimo trailer que mostrava o drama de uma família em férias em uma ilha paradisíaca repleta de zumbis.

A trama do game se passa no Royal Palms Resort, um luxuoso complexo hoteleiro apinhado de turistas, que fica na ilha de Banoi. O que era uma viagem de sonho acaba se tornando um horrível pesadelo, quando uma epidemia zumbi se alastra pelo local, transformando turistas e trabalhadores em mortos-vivos sedentos por sangue.

O que causou esta tragédia na ilha? Ninguém sabe. Caberá ao jogador desvendar os mistério da ilha de Banoi, enquanto luta para se manter vivo e salvar quantos sobreviventes puder, em um game que é rotulado pela empresa como um “first-person zombie-slasher/action-RPG”.

Embora seja um game típico de zumbis, com todo o fator violência que o gênero demanda,Dead Island deve ser jogado de maneira estratégica. Tenha em mente que você é um turista, não um soldado super equipado. Logo, escapar de um confronto pode ser uma boa opção para garantir a integridade do seu cérebro.

Baseado em tudo que já foi mostrado posso afirmar que estou bastante empolgado pra jogar Dead Island e constatar se o game vai mesmo entregar tudo o que promete! A data de lançamento ainda não foi oficializada, mas o game deve sair ainda esse ano para PC, PS3 e Xbox 360.

Assista ao Trailer

Seriando S01E01 – Aquele de Eastwick

Decidi fazer os posts com um formato mais específico. Uma parte com a introdução de uma série, uma parte de notícias da semana (se houver), e outra com um comentário sobre as séries que estão passando. O que acham?

Indicação de Série

Quando vi o post da Michelli sobre As Bruxas de Eastwick eu lembrei na hora de uma série que passou em 2009 e foi cancelada com poucos episódios. O nome da série é Eastwick, e se passa na cidade de Eastwick. As atrizes principais são Kat Gardener, Lindsay Price e Rebecca Romijn. Elas são as sucessoras das bruxas do filme. Quem aparece na série também é o Jon Bernthal, o Shane de The Walking Dead. A série é legal, mas não acrescenta nada além do filme.

Notícias

Essa semana anunciaram a renovação de 3 séries. The Walking Dead, foi uma das séries renovadas. Na verdade já se especulava a renovação da série antes mesmo de ela etreiar, mas agora é oficial. Essa temporada terá 6 episódios e a próxima terá 13. Simpsons foi a outra série renovada, essa até 2012, e chegará até a 23ª temporada. A última série renovada foi a estreiante Lost Girl , uma série canadense, que tem como base a lenda medieval sobre demônios que assumem a forma de mulher para sugar a energia sexual dos homens.
V, uma série da ABC que vai voltar para a segunda temporada dia 4 de janeiro, teve o pôster da segunda temporada liberado. É muito parecido com o da primeira, o que mostra um certo desinteresse da emissora. V é um remake de uma série de 1983, e conta a história de alguns visitantes que vieram a Terra. Logo descobrimos que eles não estão em missão de paz, apesar de não sabermos o que eles querem aqui, e também que existem outros visitantes infiltrados na sociedade a muitos anos.

Resumo das séries

Ainda não deu pra assistir House, que foi pedido nos comentários do último post, mas acho que na próxima semana já da.

Essa semana tiveram 2 destaques de séries. A primeira foi, de novo, The Walking Dead com um episódio muito bom trazendo elementos importantes dos quadrinhos.  Algumas coisas são diferentes, mas como são mídias diferentes não tem como exigir que sejam idênticos.

Outra série que merece destaque essa semana foi No Ordinary Family, que teve o melhor episódio da série até agora nessa semana. O destaque foi em cima da dificuldade de relacionamento que a Stephanie (Julie Benz) tem com os pais.

Na parte de comédia Two and a Half Men teve a participação de Evelyn (Holland Taylor), que sempre tem comentários engraçados e sarcásticos, durante a maior parte do episódio.