Viagens e Passeios

Passeios gostosos, viagens inesquecíveis, eventos divertidos e muita coisa bacana pra fazer e conhecer.

Espetáculo Fonte Multimídia – Parque do Ibirapuera – São Paulo

ibirapuera_1

Depois de contarem sobre a apresentação do espetáculo “Fonte Multimídia”ao namorado, ele resolveu que queria ver lá no Parque Ibirapuera. A apresentação é uma dança das águas da fonte, com luzes, som e projeção que acontece no fim do ano no parque, como parte das comemorações de fim de ano da cidade.

Quando chegamos lá fomos direto para o parque e seguimos o fluxo de pessoas que estava ali esperando pra ver a apresentação, mas quando ela começou… não dava pra ver nada de projeção. Corremos e descobrimos que a apresentação é no sentido do parque e não virado para a rua. Isso poderia ser avisado em algum momento (placas/site/etc).

Conseguimos ver bem depois de mudar o lugar, mas mesmo assim, achamos que a propaganda e a expectativa foram maiores do que realmente era. Imaginei que uma história iria ser contada nas águas e no fundo foi quase uma apresentação de Power Point projetada. Tirando a parte surpresa do espetáculo, quando 200 árvores iluminadas com um milhão de lâmpadas de LED se acendem pelo Parque, daria uma nota 2 de 5 para a apresentação num todo. É bonito, mas podia ser MUITO mais legal.

ibirapuera_2

ONDE?
Portão 3
Parque do Ibirapuera – Av. Pedro Álvares Cabral – Moema – São Paulo/SP

QUANDO?
Este ano as apresentações iam até dia 6 de janeiro, mas provavelmente voltarão na época de Natal.

QUANTO?
Grátis

Exposição: Stanley Kubrick – MIS – São Paulo

Sábado foi dia de passear em São Paulo, namorado deu ideia de ver o show nas águas no Parque Ibirapuera (depois tem post) e já que íamos pra lá aproveitamos pra ver a exposição do Stanley Kubrick, diretor de váaarios filmes conhecidos do cinema como “2001 – Uma Odisséia no Espaço”, “Laranja Mecânica” e “O Iluminado”. Chegando lá enfrentamos mais de duas horas de fila, o moço que estava organizando a bendita disse que nunca viu uma fila tão grande (oi, bem no dia que vim?). Mas como estávamos com amigos esse tempo passou tranquilo com a conversa e logo entramos pra ver itens muito legais! Não costumo ir em muitas mostras (distância, valor e tals) então achei DEMAIS tudo que vimos por lá. Melhores salas: Laranja Mecânica e O Iluminado, que te deixa tenso! Fotos e mais fotos, sem spoilers, a partir de agora:


“Laranja Mecânica”.


Espiando o Tom.


Lindos estudos de A.I. (Inteligência Artificial).


Storyboards de “Spartacus”.


A cadeira do homi.


Hal 9000 de “2001”.


Eu Molokozando.

QUANDO?
Até 12 de janeiro. Terças a sextas, das 12h às 21h; sábados das 10h às 22h; domingos e feriados das 11h às 20h.
Horário especial: Sexta (10.01): das 12h até às 24h; Sábado (11.01): das 10h às 3h da madrugada; Domingo (12.01): das 10h às 23h.

ONDE?
MIS – Museu de Imagem e Som
Avenida Europa, 158 – Pinheiros, São Paulo/SP

QUANTO?
No MIS – Inteira – R$ 10,00 | Meia – R$ 5,00

Mais infos no site http://www.mis-sp.org.br/

Rock in Rio 2013 : Eu fui!


Finalmente chegou o dia de pisar novamente na Cidade do Rock e poder pular, sentir dor e suar com aquele bando de camisetas pretas!
Como perdemos a venda do RioCard, tivemos que ir de taxi/ônibus. Taxi até o terminal Alvorada e de lá um ônibus para a Cidade do Rock. Foi bem tranquilo! Dizem que nos primeiros dias foi sufoco, mas estava tudo bem organizado! Este ano chegamos um pouco mais tarde, umas 15 horas e ficamos mais de uma hora para entrar, o que foi bem chato. Outro fato desagradável: podia entrar com garrafa de água? Podia, mas só sem tampa. Agora eu te pergunto, POR QUÊ? Duas águas pro lixo e outras eu salvei escondendo as tampas nos bolsos e no sutiã. Se a preocupação com as águas era grande, com armas não, porque ninguém me revistou e nem as pessoas que estavam comigo. Ainda bem que nada de mau aconteceu.


Casal Rockenrrou!
O QUE LEVEI? 1l e meio de água (que virou 1l), 3 sandubinhas caseiros com presunto, queijo, alface e tomate, 3 barrinhas de cereal, duas maçãs e balinhas e chocolates. Foi mais do que necessário! Bem alimentada o dia todo e só gastei com um sorvetinho de pistache que fiquei com vontade, ou seja, aprendi com meu primeiro Rock in Rio.


Zépultura
Lá dentro assisti ao show do Helloween, bem legal e lotado para show do sunset, acho que da próxima vai pro palco mundo e dalí já esperamos pelo Sepultura com Zé Ramalho que foi uma surpresa. Não gosto de Sepultura, mas a junção dos dois ficou surpreendente boa. “Admirável Gado Novo” ganhou meu coração. Tenho que confessar que esperava mais do som desse palco esse ano, mas pelo visto, o som dele será ruim eternamente.

Enquanto Slayer tocava, fomos dar uma olhadinha pelos estandes do evento e fizemos selos com nossas carinhas no Correio. Ainda dava pra você mandar cartão postal do evento com seu selinho pra quem você quisesse. Fofo, né?

Dali foi palco mundo com Avenged e Iron. Não sabia muito o que esperar do show do Avenged Sevenfold, não conhecia muito a banda e o pouco que conhecia eu nem gostava muito, mas tenho que dizer que o show deles foi bem animado e bem legal, cheio de fogo no palco e animação do pessoal da banda.


Iron Maiden

Iron dispensa apresentações, foi nessa hora que o pessoal delirou, desmaiou, pirou e gritou até ficar sem voz. Eu que nem fã sou, cantei todos os “ôôôs” e refrãos em meio a pulos com a galera e delirando com o namorado.

Banheiros como sempre, bem tranquilo de usar, nada sujo e demorado. Comidas eu não sei, pois levei a minha e em resumo, foi tudo bem legal e divertido. Quem sabe 2015 eu volto.


Rock Street

Dicas: Rock in Rio 2013

dicas_rock_in_rio_1

Em 2011 eu e o namorado nos aventuramos no Rock in Rio. Foi uma experiência sem igual! Cheguei a fazer posts antes e depois do festival, com dicas pra quem ia para a cidade maravilhosa aproveitar este que é um dos maiores festivais de música do mundo. Este ano resolvi compilar tudo que passei na outra edição e juntar com as regras do site pra você ir se divertir por lá, que tal?

COMO CHEGAR?

Para evitar confusão de carros e incentivar a galera a ir de ônibus, o evento conta com cartões especiais Rio Card. Esses passes permitem você pegar um ônibus especial do evento que te deixa 500 m da entrada. Eles são meio salgados (50 dilmas), mas compensa pela facilidade e praticidade de ir e voltar do evento com rapidez, conforto e segurança. Os ônibus partem de 15 lugares diferentes da cidade do Rio.

Além disso existem os ônibus comuns. Todas as linhas de ônibus que passam normalmente próximas à Cidade do Rock serão reforçadas e operarão até à meia noite. Mais informações de itinerário dos ônibus ou compra do Rio Card clique aqui.

COMES E BEBES

Em 2011 estava proibida a entrada com QUALQUER tipo de alimento, mesmo assim consegui entrar com 6 barrinhas de cereal e 3 garrafas de água. Lá dentro as filas para os restaurantes estavam infernais, demorei mais de 1 hora para comprar um hambúrguer do Bob’s, delicinha exótica que me rendeu uma super infecção estomacal que começou no evento e me fez parar no hospital no dia seguinte. Este ano tá liberada a entrada de comida, desde que você não vá vender lá dentro. Então, aproveite e leve comida! Lá dentro os preços são salgados, principalmente da água (5 dilmas o copinho), além disso você pode ficar livre das filas e curtir mais as atrações.

dicas_rock_in_rio_2

O QUE LEVAR?

Não é permitida a entrada de coisas que representem riscos à segurança, tais como garrafas, latas, capacetes, animais, armas de fogo ou outros objetos que possam ser considerados perigosos, como o guarda-chuva por exemplo. Por isso, se o tempo for de chuva, já leve aquela capa de chuva esperta. Quando fui, a venda das capas acontecia somente fora do evento e era uma pequena fortuna. Compramos depois de negociar bastante, mas felizmente não precisamos usar, esse ano são elas que vão com a gente.

Leve também documento de identificação com foto, carteira de estudante (se você for um) e dinheiro. Lá, ao contrário de outros festivais, não existe o sistema de fichas, é tudo no dinheiro. Vão haver caixas eletrônicos por lá pra poder tirar dinheiro e é até interessante levar o cartão, pois em alguns “estandes” quem é cliente de algum banco tem vantagens. Exemplo: em 2011 cliente Itaú tinha direito a guardar as coisas no guarda-volume exclusivo pra clientes.

Levo minha câmera? Então. Assunto delicado. Em 2011 houveram muitos casos de furto dentro da Cidade do Rock em alguns dias, então se for levar, fique esperto, não dê bobeira. No dia que eu fui estava tudo muito tranquilo e me arrependi de não ter levado minha câmera.

O QUE USAR?

Esqueça sua bota linda bico fino de salto. Esqueça aquela sandalinha cheia de frufru. Você está indo para um festival de rock, com 80 mil pessoas no mesmo espaço que você. Proteja seus pés e deixe-os confortáveis. Entre deslocamento e shows você vai ficar mais ou menos umas 16 horas andando e pra aguentar tanta andança só um tênis bem confortável com amortecimento pra você aguentar tanto pulo, pisadas no pé e terminar o dia com o pé quase inteiro. Use roupas leves, o Rio é quente e abafado na maioria dos dias, veja a previsão do tempo antes e prepare-se para tudo. Quando eu fui estava bem frio de noite, então você pode sim passar frio no Rio.

DICAS ÚTEIS

Leve o dinheiro em lugares diferentes e de preferência trocado.

Cuidado com as filas. Aprendi isso depois de ficar horas pra entrar em uma fila que não levava a lugar nenhum. Não havia sinalização e todo mundo acreditava estar em uma fila de entrada. Informe-se, nem toda fila é de verdade.

Quer aproveitar tudo? Chegue cedo. Eu cheguei na Cidade do Rock 12h30, mas só entrei as 14h30. Os shows começam as 14h, então se a primeira banda é aquela que você quer ver, já sabe né?

Em 2011 os banheiros eram muito bons! Espero que isso se repita e as meninas não encontrem problema nenhum com isso.

Foi em dupla ou de galera, marque um ponto de encontro no caso de alguém se perder.

Os ônibus do evento saem até as 3h da manhã, prazo dado para o fim dos shows, mas se o show se estender, fique tranquilo que eles vão estar lá esperando por você.

As atrações (tirolesa, roda-gigante, etc) tem filas bem consideráveis, vá com paciência.

%d blogueiros gostam disto: