Sem Reservas + Ironias do Amor

Sem Reservas –“Kate Armstrong (Catherine Zeta-Jones) é a chef de um sofisticado restaurante de Manhattan. Ela leva seu trabalho com muita seriedade, o que faz com que as pessoas ao seu redor se intimidem com seu jeito. Sua natureza perfeccionista é colocada à prova quando é contratado Nick (Aaron Eckhart), um animado subchef que tenta alegrar a todos na cozinha e gosta de ouvir ópera enquanto trabalha. Ao mesmo tempo Kate precisa lidar com a súbita chegada de Zoe (Abigail Breslin), sua sobrinha de 9 anos, que se sente deslocada na rotina da tia.”

O que achei- Fui assistir esse filme como se ele fosse ser mais uma comediazinha romântica e açucarada qualquer, mas achei uma história encantadora! A Abigail Breslin é super fofa, e não tem porque não se apaixonar por ela. Algumas partes são bem tristinhas, a história eu achei diferentinha, e achei uma graçinha!!

Ironias do Amor(My Sassy Girl)- “Charlie é um cara muito pé no chão e Jordan é seu total oposto, uma mulher linda mas totalmente maluca. O amor é a primeira vista. Mas imagine um relacionamento que começa da forma mais bizarra possível e que passa pelas maiores catástrofes possíveis. A grande ironia é que a única chance que lhes restam é dar o famoso tempo ao tempo.”

O que achei- Uma graça! A moça é realmente bem maluca, e de alguma maneira me vi naquela personagem, acho que foi por isso que achei legal. É fraquinho sim, sem muita carga de romance e drama, mas achei uma delícia assistí-lo.

DVD – POCAHONTAS

“Pocahontas é filha do chefe de sua tribo, mas se apaixona por um inglês que veio para sua terra em busca de ouro e da posse de sua terra.

Finalmente, depois de muito esperar, fiquei sabendo da existência do DVD que eu mais almejo nesse mundo: POCAHONTAS! E este DVD não é pra poucos não, tem até as letras das músicas pra você assistir cantando. Foi lançado em maio deste ano (como só descobri agora?)e em algumas lojas, e achei por 39,90 (Animaloja). A edição é limitada e linda!!

País de Origem: EUA
Ano de Produção: 1995
Estúdio: Walt Disney Pictures
Tempo de Duração: 81 min aprox.
Gênero: Animação
Classificação Etária: Livre
Direção: Mike Gabriel, Eric Goldberg

Avatar – The Last AirBender

Venci meus preconceitos e me apaixonei por esse desenho super divertido e cheio de ação (até pareci o cara que faz as chamadas da Sessão da Tarde agora hehe), então resolvi vir aqui falar sobre ele pra vocês.

Aang, menino de 112 anos, dobrador de ar e novo Avatar (mestre nos quatro elementos: ar, água, terra e fogo). Desapareceu por 100 anos, e agora deve aprender a dobrar água, terra e fogo antes que um meteoro atinja a terra e aumente os poderes da nação do fogo, que entrou em guerra com todas as outras.

Katara, dobradora de água de 14 anos. Ela é corajosa, determinada, responsável, mas não deixa de dar todo um toque feminino na trama, principalmente quando ela quer saber o futuro com uma velha adivinha.

Sokka, lutador da tribo da água (único homem restante na tribo dele) de 16 anos. Desastrado, impaciente, distraído, valente e SUPER engraçado! Ele da o toque engraçado do desenho juntamente com o Tio Iroh, tio do Príncipe Zuko da Nação do Fogo.

Zuko, dobrador de fogo de 16 anos, príncipe da Nação do Fogo. Expulso de casa pelo pai depois de desafiá-lo, e mandado para buscar e capturar o Avatar. Mesmo sendo o vilão, o desenho mostra o lado humano do príncipe em como ele se preocupa com os outros. Vilão não vilão.

Pra quem não sabe, está em andamento a gravação do filme do Avatar, que tem estréia prevista para 02 de julho de 2010. Noah Ringer fará Aang, Dev Patel(Quem Quer Ser Um Milionário) como Zuko, Jackson Rathbone como Sokka e Jackson Rathbone como Katara. E taí uma coisa que já não gostei: Príncipe Zuko é super branco, quase fantasmagórico, enquanto Katara e Sokka são morenos, como índios, acho que a produção pecou aí!

Assistir: Tayou no Uta (2007)

Tayou no Uta – Uma Canção ao Sol

Tayou no Uta

Sobre o J-Drama

Tayou no Uta é um dorama japonês, exibido em 2006 pela TBS. Neste dorama Kaoru Amane é portadora de uma doença chamada XP (xeroderma pigmentosum), que impossibilita que ela se exponha à raios UV. Ela sonha em gravar um CD e mostrar suas músicas, e pra isso conta com ajuda de amigos que ela conhece graças à um violão que ela vê sendo largado no lixo de um hospital. Ela, seus amigos e o namorado Kouji Kun formam a banda “Moon Child” para tentar realizar o sonho de Amane.

O que achei?

Muito fofo o dorama. Tem bastante drama mesmo (hehe), é romântico na medida que japoneses são românticos, tem músicas super fofinhas e achei que tem uma mensagem muito bonita.
Um pouco antigo, talvez difícil de encontrar, mas vale a pena pra se divertir.