comédia

Meu Malvado Favorito + Boleiros + Os Mercenários

Meu Malvado Favorito – [rating:3/5] “Num tranquilo e feliz bairro de subúrbio, onde as casas têm cercas com arranjos de flores, há uma única casa sombria e cujo jardim está morto. Os vizinhos não têm conhecimento disso, mas ali se encontra o esconderijo secreto de um vilão assustador chamado Gru (voz de Steve Carell), que planeja o maior golpe do mundo: ele vai roubar a Lua. Para tanto Gru possui um arsenal de armas como sua pistola de raios que podem encolher ou congelar, além de um veículo de guerra capaz de voar. Gru acredita que pode vencer qualquer um que cruzar o seu caminho. Isso até o dia em que conhece as garotinhas órfãs Margo, Edith e Agnes. Elas são as únicas que conseguem ver naquele homem o que ninguém jamais viu: um pai em potencial.”

Mas que gracinha de filme! Nunca pensei que um vilão poderia se tornar um protagonista. E não achei que eu ia gostar tanto de uma personagem: a Doris. Que coiziquinha mais fofucha! É tão fofa que eu achei que eu ia morrer! hehehe Ri bastante, achei muito fofo e diferente.

Boleiros – [rating:4/5] ” ”Boleiros” é o apelido dado àqueles veteranos futebolistas que vivem falando do passado do esporte. Aqui, grupo de ex-profissionais se encontra num bar para ficar contando várias histórias.”

Eu e meu preconceito com filmes nacionais. Assisti esse para a aula de cinema da faculdade e me surpreendi. Achei bem divertido o jeito que os personagens contam histórias sobre o futebol e ao mesmo tempo fazem uma crítica gigantesca a várias coisas que envolvem o esporte, como preconceito racial, comercialização de jogadores e por aí vai. Quem gosta de futebol vai adorar e quem não gosta vai se divertir!

Os Mercenários – [rating:5/5]“Os Mercenários é um filme de ação sobre um grupo de mercenários contratado para infiltrar em um país sul-americano e tirar do poder um ditador descontrolado. Quando a missão começa, eles começam a perceber que as coisas não serão tão fáceis quanto eles imaginavam, quando se vêem em uma intrincada rede de mentiras e traições. Além de seu objetivo principal, uma vida inocente é colocada em risco e os mercenários têm de encarar desafios ainda mais duros, que podem até mesmo destruir sua equipe.”

“OMG!” era só isso que vinha na minha cabeça. A cena com Bruce Willis, Stallone e Schwarzenegger (CARAMBA acertei como se escreve o nome dele!) foi uma coisa tão maluca na minha cabeça que os miolos foram parar no teto. Claro: esqueça todos os conceitos e leis da física para assistir um filme desses, mas me diverti um bocado. Como Atallone está torto, Itie está mara e Jet Li fala fofo! Simplesmente um filme pra te fazer pular da cadeira de tanta emoção!

Sinopses E-Pipoca e Cinema com Rapadura

Biografia, ou não, de Sandra Bullock

Nossa faz tempo que não coloco uma biografia por aqui! Bem, como adoro todos os filmes que essa atriz fez e acho ela super engraçada e simpática, resolvi falar dela, a vencedora do Oscar de melhor atriz deste ano: Sandra Bullock.

Nascida em 26 de julho de 1964, em Arlington no estado da Virgínia, filha de mãe cantora de ópera, o que levou ela e suas duas irmãs a viajarem sempre pela Europa, Sandra Annette Bullock vivia subindo nos palcos com sua mãe quando pequena, fazia pequenos papéis em que só aparecia rapidamente no palco. Quando ela fez 10 anos a família voltou para Virgínia, ela terminou o colégio, onde foi líder de torcida e ganhou prêmio como a mais simpática, e se formou em Teatro na East Carolina University, depois se mudando para New York em busca de uma carreira de atriz. Lá ela trabalhava como garçonete e fazia aulas de teatro,

Começou a carreira interpretando uma bela e assanhada sulista na produção Broadway No Time Flat, em 1988 e por causa da notoriedade que conseguiu pela crítica conseguiu um agente que batalhou para ela um primeiro papel na TV, a bordo de um programa especial reunindo a Mulher Biônica e o Cyborg, o Homem de Seis Milhões de Dólares, dois personagens ainda muito populares naqueles dias.

Depois ela se mudou para Los Angeles e pegou um papel secundário num filme para TV, The Preppie Murder, com William Baldwin. Fez ainda vários filmes de orçamentos menores, como Fire in the Amazon e Who Do I Gotta Kill.

Chegou ao cinema na comédia romântica Poção do Amor N.º 9 e fez par romântico com Sylvester Stallone em 93 em “O Demolidor”, o que proporcionou que ela conseguisse o papel em “Velocidade Máxima”, que foi um sucesso, com um faturamento de mais de 120 milhões de dólares.

Depois vieram mais filmes como, “Enquanto Você Dormia”, mais um sucesso, mostrando a todos que Sandra poderia ser bem engraçada.

Depois vieram “A Rede”, “Corações Roubados”, que foi mal criticado, e não durou muito nas telas, “Tempo de Matar”, “No Amor e na Guerra” e “Velocidade Máxima 2”, só que esse segundo filme foi um redondo fracasso. Com isso ela criou sua própria produtora, a Forti’s Films e produziu o filme “Quando o Amor Acontece”, um sucesso modesto dirigido pelo também ator Forest Whitaker.

Sandra também fez o roteiro e dirigiu o curta “Making Sandwiches”, apresentado no Festival de Cinema de Sundance. Atuou em seguida em “Da Magia à Sedução”, “Forças do Destino”, ao lado do galã Ben Affleck e emprestou sua voz a Miriam, personagem do desenho “O Príncipe do Egito”.

Em 16 de julho de 2005, se casou com o construtor de carros e motos Jesse James proprietario da oficina West Coast Choppers, que ficou famoso por ser o lider do programa Monster Garage, exibido pelo Discovery Channel. Em março de 2010 foi anunciado o divórcio do casal, após uma série de amantes de Jesse virem a público.
Em abril de 2010 a atriz revelou que adotou um bebê com Jesse em janeiro do mesmo ano, mas só revelou em abril após os escandâlos envolvendo o casal, Sandra continua o processo de adoção como mãe solteira.

Em 2009 Sandra protagonizou dois filmes que marcaram sua volta ao cinemas: “A Proposta” e “Um Sonho Possível”, que fizeram com que ela ganhasse o Globo de Ouro de “Melhor atriz (drama)” e o Oscar.

Eu simplesmente ADORO os trabalhos dela, principalmente o primeiro “Miss Simpatia” que me faz rir horrores! É visível como ela cresceu na profissão e também no modo de atuar, os papéis crescem com ela e acho isso muito legal! E vocês o que acham dela?

Fonte: Wikipédia

Dorama: You’re Beautiful – Você é Linda (2009)

youare_beautiful_1
You’re Beautiful é um Kdrama (dorama coreano) com 16 episódios que conta a história de uma noviça, Go Mi-Nyu, que é procurada por um produtor para que tome o lugar de seu irmão gêmeo, Go Mi-Nam, em uma banda super famosa, a A.N.JELL, enquanto ele se recupera em um hospital na America. Para isso ela se veste de homem e vai morar com Shin Woo, Jeremy e Tae Kyung, os três integrantes da banda e lá só arruma confusões.

Adoro doramas de comédia e como orientais adoram fingir que são mulheres quando são homens ou vice versa, né? Já postei sobre dois aqui que fazem isso, mas acho que é porque os homens japoneses são andrógenos demais. Dei muitas risadas com essa história, Mi-Nyu é a coisa mais fofa! O que eu achei simplesmente lindo e que chamou demais atenção foram os figurinos! Cada roupa mais maravilhosa que a outra! (I Wanna Go to Japan *___*) Além disso, a trilha é uma delícia de se ouvir!

Assista no DramaFever.

youare_beautiful_2

Post atualizado em 16/12/2016.

500 Dias com Ela + Amor Sem Escalas

500 Dias com Ela – [rating:3.5/5]“Tom Hansen (Joseph Gordon-Levitt) está em uma reunião com seu chefe, Vance (Clark Gregg), quando ele apresenta sua nova assistente, Summer Finn (Zooey Deschanel). Tom logo fica impressionado com sua beleza, o que faz com que tente, nas duas semanas seguintes, realizar algum tipo de contato. Sua grande chance surge quando seu melhor amigo o convida a ir em um karaokê, onde os colegas de trabalho costumam ir. Lá Tom encontra Summer. Eles também cantam e conversam sobre o amor, dando início a um relacionamento.”

Achei bem divertido a maneira não linear que os fatos são mostrados, assim você sai de cenas fofas para cenas deprimentes em segundos. Cena de dança muito legal, e achei a mensagem boa e simples: um pé na bunda sempre te empurra pra frente. Tambem gostei de como as árvores são utilizadas pra mostrar o humor do personagem principal, que aliás é o ator que fez o Cameron em “10 Coisas que Odeio em Você” e está um fofo!

Amor Sem Escalas –[rating:3/5] “Ryan Bingham (George Clooney) tem por função demitir pessoas. Por estar acostumado com o desespero e a angústia alheios, ele mesmo se tornou uma pessoa fria. Além disto, Ryan adora seu trabalho. Até que seu chefe contrata a arrogante Natalie Keener (Anna Kendrick), que desenvolveu um sistema de videoconferência onde as pessoas poderão ser demitidas sem que seja necessário deixar o escritório. Este sistema, caso seja implementado, põe em risco o emprego de Ryan. Ele passa então a tentar convencê-la do erro que é sua implementação, viajando com Anna para mostrar a realidade de seu trabalho.”

Confesso que quando estava quase pra acabar o filme eu ja estava rezando pra que acabasse ali mesmo. Sim, achei meio cansativo, mas gostei da maneira como mostra o aprendizado mútuo das partes citadas na sinopse acima, e de como o personagem de Cloney cresce ao longo do filme. Bem diferente de romances que andei assistindo.

Sinopses por Adoro Cinema

%d blogueiros gostam disto: