Meme

Meme e Ilustração: Como você se enxerga

como_se_ve

É engraçado como as pessoas enxergam a gente, né? Há um tempo atrás alguém me falou que eu era uma menina delicada. Na hora eu parei, dei um pulo e falei: “EU??”. Tipo, tu tem certeza que é de mim, Michelli, que você ta falando?”. Mas aí comecei a perguntar e meu noivo, minhas amigas, todos acham isso. Engraçado, sempre me senti uma mulher, sem jeito, sem lenço nem documento e sem um pingo de delicadeza. Mas aí olhei pro meu desenho no final do processo de auto-retrato. Meu desenho é delicado, tem flores, cores leves, aquarela… se eu me desenho assim, é porque sou assim.

Eu me acho bem extrovertida, saio falando com as pessoas, não sou muito de ter vergonha de falar e abordar alguém. Adoro conhecer gente diferente de lugares diferentes e que podem contar coisas bacanas e que talvez eu não saiba ou desconheça. Aliás, falar não é um problema pra mim e isso é genético, não adianta, difícil mesmo é manter a boca fechada pra não entrar mosca.

Quando me olho no espelho, me sinto uma pessoa agradável. Não me acho feia, não me acho gorda (apesar de mulher sempre achar que tem que perder alguma gordura na vida), mas aí afirmar que me acho linda e magra é diferente. Mulher é um bicho muito crítico, cruzes!

Este desenho reflete como estou agora. Eu sou colorida mesmo, adoro meu cabelo (apesar de achar que logo mudo de cor), gosto de natureza e atualmente ando em paz e em um momento de descobertas. Estou me descobrindo mais calma do que pareço, mais forte do que imaginava e mais capaz do que nunca. Claro que esta certeza toda vem e vai, mas o importante é ela passar por aqui.

“Este meme e ilustração foram feitos especialmente para o Rotaroots, grupo de blogueiros que querem resgatar a época de ouro dos blogs pessoais, incentivando a produção de conteúdo criativo e autoral, sem ser clichê e principalmente, sem regras, blogando pela diversão e pelo amor.”

Meme: 5 Habilidades que Tenho e (quase) Ninguém Sabe

habilidades

Um dos memes bacanas que o Rotaroots colocou este mês no ar é este de habilidades, é bacana saber de coisas que o pessoal sabe fazer e não estão ligadas diretamente com a internet, eu pelo menos acho super legal! Então vim contar algumas habilidades que eu tenho.

habilidades

Abertura
Eu sou uma criatura muito flexível. Desde as aulas de jazz na infância que eu fazia altas aberturas e consigo até hoje no kung fu. Da última vez que fui no ortopedista pra ver minhas dores nas costas até ele ficou impressionado.

habilidades

Ponte
É engraçado, mas poucas pessoas conseguem imitar a menina do exorcista ao desder as escadas. Pra mim é super simples.

habilidades

Assoviar alto com os dedos na boca
Demorei muito pra conseguir fazer isto e foi a custa de muito treino que hoje consigo assoviar bem alto em shows e pra chamar alguém na rua.

habilidades

Girar palitinho no nariz
A ideia consiste em grudar o palitinho no nariz, por meio de um quebradinho que fazemos nele, e soprar, assim ele gira que nem um catavento. Não tem utilidade nenhuma. Na verdade tem: fazer as pessoas rirem na mesa do bar.

habilidades

Origami
Sou apaixonada por origami e quando tenho tempo (na verdade faz tempo isso) eu paro e fico fazendo tutoriais na internet. Faz pensar, gasta uns neurônios e é fofo.

E vocês? Quais as habilidades malucas (ou não) que vocês têm?

Meme: Palavras cruzadas

meme_palavras_cruzadas
Eu demoro mais eu respondo sempre os memes que me indicam, juro! Antes tarde do que nunca, né? Então hoje vim responder esse que a Mari me indicou e eu achei bacana, porque afinal fala sobre livros e quem não ama livros?

1. “Vox Populi”: Um livro que recomendaria para todo mundo.
O Poder do Hábito – Por Que Fazemos o Que Fazemos na Vida e Nos Negócios – Charles Duhigg. Eu achei super interessante a maneira gostosa com a qual o livro te leva a pensar em hábitos e como mudá-los, tudo isso mostrando estudos e exemplos, muito bom mesmo.

2. “Maldito Plágio!”: Um livro que gostaria de ter escrito.
As Brumas de Avalon – Marion Zimmer Bradley. Livros que mostram a força das mulheres em um mundo real que se mistura ao místico. Os livros são maduros, bem escritos e fazem você viajar pra longe enquanto os lê.

3. Não vale a pena derrubar árvores por causa disto.
Acho que todo livro é válido pra alguém, então, não vou falar que não se deve escrever.

4. “Não é você, sou eu!”: Um livro bom lido na hora errada.
Dom Casmurro – Machado de Assis. Conheço MUITA gente que ama esse livro e sinceramente, acho que o meu professor não me passou na hora certa pra ler e eu odeio.

5. “Eu tentei…”: Um livro que tentou ler mas não conseguiu.
Que André Vianco me desculpe, mas não consegui ler o único livro dele que tem aqui em casa, “Bento”.

livros_gif

6. “Hã?”: Um livro que leu e não entendeu nada/ou um livro que teve um final surpreendente.
A Guerra dos Tronos – As Crônicas de Gelo e Fogo – Vol. 1 – George R.R. Martin. Li antes da série e o final do o primeiro livro eu fiquei tipo “?”.

7. “Foi bom, não foi?”: Um livro que devorou.
Harry Potter – J.K.Rowling. E pode colocar todos os livros aqui porque é frenética a coisa mesmo.

8. Entre livros e tachos: Um personagem que gostaria que cozinhasse para você.
Não lembro a personagem, acho que era a Morgana, mas queria provar o bolo de mel d’As Brumas.

9. Fast Forward: Um livro que podia ter menos páginas que não se perdia nada.
O Senhor dos Anéis – J.R.R. Tolkien. Por mais que eu adore as cenas de descrição dos lugares e tudo mais, sem elas o livro ficaria mais dinâmico.

10. Às cegas: Um livro que escolheria só por causa do título.
Jogos Vorazes – Suzanne Collins. Me faz querer ler. Eu li e devorei, mas o nome me chama atenção.

11. “O que conta é o interior”: Um livro bom com uma capa feia.
Brave New World – Aldous Huxley. Capas horrendas, mas uma história que todos sempre falam, citam e tals.

12. “Rir é o melhor remédio”: Um livro que tenha feito você rir.
O Diário da Princesa – Meg Cabot. Na verdade a coleção toda me fez rir demais. Meg escreve de uma maneira muito gostosa.

livros_gif_2

13. “Tragam-me os Kleenex, por favor.”: Um livro que tenha feito chorar.
A Menina que Roubava Livros – Markus Zusak. Tudo que mexe com guerras me faz chorar. Chorei muito mesmo e o filme também me fez chorar depois.

14. “Este livro tem um V de volta”: Um livro que não emprestaria para ninguém.
Não acho que tenha algum livro que eu não emprestaria. Sempre me devolveram tudo que emprestei.

15. “Espera aí que já te atendo”: Um livro ou autor que está adiando constantemente.
Ramsés – Christian Jacq. Comecei a ler esta coleção na faculdade quando tinha acesso a biblioteca, mas não consegui terminar. Estou adiando ler faz anos, mas nem tenho os livros também então, tô perdoada.

Vou indicar a Ana Carô, a Duds e a Babee.

Meme: 25 fatos sobre mim.

meme_25fatos

Faz um tempinho que a Cris lá do Garota Prodígio me indicou pra esse meme, mas antes tarde do que nunca, né? A ideia é falar 25 fatos sobre mim, é coisa pra caramba, tô aqui matutando pra responder e espero que vocês achem algo de interessante.

1. Não assisto filmes de terror. Tenho medo, pesadelos e fico impressionada, então não vejo.
2. Sou ansiosa demais. É antes de viagem, é quando atraso pra alguma coisa, quando trânsito não anda, quando estou em fila… sofrer por antecipação é meu “lema”.
3. Adoro muito fazer trabalhos manuais e sempre gostei, desde quando fazia as coisas que assistia na Ana Maria Braga quando eu era criança. Pode ser corte, cola, costura, qualquer coisa eu topo.
4. Aprendi a mexer sozinha nos programas que uso hoje em dia pra trabalhar quando eu tinha 12/13 anos e comecei a fazer sites de Harry Potter. Quem diria que isso ia definir minha profissão e faculdade.
5. Tenho problema com minha auto-estima. Me acho muito lerdinha, burrinha e fresca em muitos momentos, mas isso vem e vai.
6. Eu queria jogar mais vídeo-game. Eu adoro, mas sempre que vou jogar penso que poderia estar fazendo algo mais útil e desisto.
7. Depois das minhas últimas férias eu tomei gosto e quero conhecer o mundo todo, viajar é um dos dinheiros mais bem empregados que você pode ter.
8. Não gosto de dirigir. Eu dirijo se precisa, saio sozinha com o carro e tudo, mas não gosto. Gosto de andar a pé e se é difícil pra estacionar eu prefiro o ônibus.
9. Tenho mania de arrumação e limpeza. Já foi uma coisa maluca, mas hoje é controlável. Pelo menos a casa tá sempre arrumadinha e limpinha.
10. Sou chorona. Eu sempre tentei esconder isso, mas é uma verdade. Já chorei em banheiro do trabalho, dormi chorando e choro até ouvndo algumas músicas.
11. Eu gosto de comer salada. Tem gente que acha que tenho problema, mas se é bem feitinha, salada é bom demaaais.
12. Detesto falta de pontualidade. A dos outros e a minha também. Se marco, dá algum problema e não consigo chegar, fico péssima.
13. Desenhar é minha terapia. Quando estou desenhando ou brincando nas aquarelas me sinto calma e esqueço de tudo.
14. Gosto muito de fazer atividade física. Correr, andar, fazer trilhas, gosto muito mesmo. A sensação depois é de uma canseira gostosa que acalma tudo. Mas odeio academia.
15. Cinema é uma paixão de muito tempo. Teve um ano que fui 32 finais de semana no cinema. Um ano tem 52 finais de semana, ou seja, metade deles você me encontrou lá.
16. Sou uma apaixonada por cultura oriental, em especial a japonesa. Não sei de onde veio, mas sempre leio contos, histórias e me interesso por conhecer hábitos e tudo mais.
17. Ainda quero aprender duas línguas: japonês e francês (pra ser melhor tratada quando eu voltar na França e conseguir conversar com as pessoas de lá).
18. Eu guardo potes e garrafas de vidro. Todo tipo, tamanho e jeito que eu ache que vai ficar fofo ou servir pra algo. É sério. Já pedi em bares e já trouxe na mala de viagens.
19. Me preocupo em não fazer mal pro meio ambiente que vivemos, como um todo. Separo o lixo e até levo lixo pro shopping pra descartar no lugar certo. Leio sempre sobre o que posso fazer pra ajudar e causar um impacto menor nesse mundinho que vivemos.
20. Adoro plantas. Se pudesse teria mais, mas não sei cuidar direito e sempre alguma morre e eu fico chateada.
21. Papelaria e padaria são dois lugares que me fazem parecer uma criança no natal.
22. Na cozinha eu adoro fazer pães e bolos. Não sei, acho que colocar a mão na massa é coisa minha mesmo.
23. Desisti de usar esmaltes coloridos quando comecei a trabalhar e ainda tive que cuidar da casa. Durava um dia bonita e eu resolvi que não valia o trabalho.
24. Eu sou apaixonada no meu cabelo, mas me incomoda as pessoas toda hora perguntarem dele. É no supermercado, na farmácia, na rua, na fazenda e na casinha de sapê, me sinto uma vitrola quebrada. Você tá lá com presa e a pessoa fica querendo saber de tudo. Acho que tudo tem hora e lugar, vem no blog que eu conto tudo! Saudade Europa. Lá ninguém falava nada nem me olhava de rabo de olho.
25. Meu lado feminino aflorou com o passar dos anos, mas continuo sem muita maquiagem mesmo porque dá trabalho demais. Salto também não rola na minha vida.

Vix, escrevi muito? Foi chato ler tudo isso? Bem, tá respondido! Os blogs que fucei já tinham respondido esse meme, então fica aberto pra quem quiser “roubartilhar”.

%d blogueiros gostam disto: